Afiado, na mira: Cacalo Kfouri caneta a imprensa

cneta vermelhaBrasileiros e brasileiras, parece que no feriado prolongado não foi só quem pôde folgou, uma parte dos que trabalharam deixou os neurônios descansar. Tem erros para todos os gostos, de concordância, de grafia, de uso inapropriado de palavras. Um erro que me estarreceu foi este no Estadão, no editorial do domingo (22): que os dicionários definem como o exercício de “raciocínio vicioso, aparentemente correto e concebido com a intenção de induzir EM erro”. Então, fui aos dicionários e encontrei isto: “raciocínio vicioso, aparentemente correto e concebido com a intenção de induzir A erro”.

Mas, o pior de todos está em um artigo da Folha, em que textos publicados pelo próprio jornal desmentem os argumentos do articulista.

Mais adiante estão os links das matérias e os trechos desmentidos por elas.

Ah, em tempo: srs editores de Economia, o desempregado não é um desocupado, ele está sem emprego formal, trabalhando por conta própria.

( CACALO KFOURI)

***************

Impropriedades na Folha e no Estadão

A Bélgica é o país europeu que mais possui (XXX) (tem, abriga) militantes

(…) e que as salas de aulas possuem(XXX)(têm) de 40 a 55 estudantes.

Gente, o uso de possuir por ter ainda vai dar rolo. É certo que os muçulmanos não leem a Bíblia, o livro deles é o Alcorão, mas já pensaram se lerem e descobrirem qual é o sentido bíblico de possuir? Então, essa história de a Bélgica possuir militantes redundará numa baita encrenca.

***************

Na Folha

Desgoverno travestido de eficiência

Dentro desse paradigma de governo, governar não é resolver problemas, mas gerenciar a língua e as informações. O número de homicídios caem porque eles não são declarados(*). Documentos da Sabesp, do Metrô e da PM entram em sigilo de décadas(**).

(*) Eis o link de matéria publicada na Folha sobre o assunto, parece que escapou ao articulista: http://m.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/11/1705764-folha-errou-em-texto-sobre-numeros-da-policia-militar-de-sp.shtml?mobile

(**) Como se poderá ver nos links, a própria Folha publicou matérias informando que as medidas foram revogadas pelo governo:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/10/1691901-governo-alckmin-revoga-sigilo-de-documentos-do-metro.shtml

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/10/1694120-sabesp-recua-e-divulga-entidades-que-ficariam-fora-de-eventual-rodizio.shtml

Como de praxe, a resposta padrão do governo consiste em mandar sua polícia espancar professores e jogar spray de pimenta em alunos.

Melhor fingir que não li…

Não restam dúvidas de que o projeto de realocação de estudantes é um desastre e não foi discutido como se deveria fazer, não foram avaliadas as consequências. Mas, precisava distorcer os fatos para atacá-lo? Interessante isso, fazer aquilo que acusa o governo de ter feito…

Na coluna de Mônica Bergamo

  • folha de sp/ coluna monica bergamoNo impresso: MUITAS CORDAS

O cantor Yamandu Costa vai se apresentar

  • No digital: MUITAS CORDAS

O músico Yamandu Costa vai se apresentar

Curioso, no jornal impresso tem Yamandu cantor, e é violonista. Na versão digital aparece corrigido, músico em vez de cantor. E nada de “erramos” no impresso.

estado islâmico S/A

Esses caminhões compram o petróleo e vendem para contrabandistas ou direto
para refinarias

Puxa, que caminhões espertos, compram e vendem?

No Estadão

Santos corre atrás do prejuízo (???)

Conseguiu o que queria, perdeu do Coritiba! Se em vez de correr atrás do prejuízo tivesse corrido atrás da vitória, do ganho, quem sabe, teria vencido.

TV Senado

Senado na História
Sinopse

Neste (Este) episódio da série “Senado na História trata do pacote de abril, onde (com o qual) Ernesto Geisel, Presidente do Brasil (,) (decreta o AI-5 e)(XXX) fecha o Congresso Nacional

Pessoal que vai fazer o Enem cuidado! Além de errar no português, há (quase escrevi possui…) erros ridículos de história. Aliás, vindo de onde vem, não é de se estranhar. O AI-5 foi decretado por Costa e Silva no dia 13 de dezembro de 1968. O Pacote de Abril, que fechou o Congresso, foi decretado por Geisel no dia 13 de abril de 1977. Juntarei uma foto da tela da TV para não acharem que me excedi na comemoração do hexacampeonato do Timão.

inacreditável - Ligue Tv para desaprender

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *