Ives Gandra Martins defende prisão somente após trânsito em julgado. Veja vídeo com essa análise

Ives Gandra Martins comenta condenação em segunda instância

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *