Não cuidam da deles, nem do país. Mas querem se meter na nossa vida. Mira

Está em debate no STF a descriminação do aborto. Creio que, em sã consciência ninguém é a favor do aborto e sim da permissão de sua prática em casos especiais. Por exemplo, a lei atual permite o aborto em caso de gravidez superveniente a um estupro. “Religiosos”, aqueles que se dizem cristãos, que só querem o “bem do próximo” são contra até nesse caso, sua caridade cristã não consegue alcançar o tamanho do sofrimento de uma mulher estuprada que, segundo eles, teria de manter a gravidez até o fim e gerar o fruto do crime que sofreu.

Fé religiosa, crença,  é questão de foro íntimo, não deve e não deveria entrar em debate nem influenciar questões legais, quem é contra por razões religiosas não tem o direito – sim, o direito – de impor isso ao resto da sociedade.

 A propósito, o Estadão de ontem (6) publicou editorial em que afirma não ser da competência da Corte tratar do assunto. Quem escreveu esqueceu-se do – ou desconhece – o artigo 102, que diz, com todas as letras: “A ADPF (arguição de descumprimento de preceito fundamental) decorrente desta Constituição será apreciada pelo Supremo Tribunal Federal.” É o caso.

 O que mais se vê nos jornais e TVs é o uso de palavras no contexto errado, coisa fácil de evitar, bastaria que o pessoal abrisse um dicionário, nem precisa ser uma gramática. O Estadão, que já foi um primor na escrita, decaiu muito, não passa um dia sem que os escribas se atrapalhem com o uso de hífen, errem a grafia de nomes, principalmente em relação a acentos e ao de, falta onde tem, sobra onde não cabe. Além de erros chocantes de concordância gramatical.

A Folha de S.Paulo melhorou muito, O Globo peca pelos erros no emprego do hífen. Mais uma vez, adapto a frase de Ferreira Gullar sobre a crase: “O hífen não foi feito para humilhar ninguém.”.

 (CACALO KFOURI)

                                                             ***************

No UOL

 Oficializado candidato, Lula vai à Justiça para participar de debate

 Obs.: – Informação capenga, cara-pálida, faltou contar que foi oficializada pelo PT e não “oficialmente”, a Lei da Ficha Limpa impede. O pedido é única e exclusivamente para afrontar a Justiça e manter a aura de perseguido, de preso político, mártir, padim, classificações que só colam entre os membros de sua seita. Trata-se, na verdade, do “me engana que eu góstchio”, a chapa será composta por Fernando Haddad e Manuela D’Ávila (PCdoB).

 Justiça recusa pedido do PT para que Lula participe de debate da Band

 Obs.: – Estava na cara, foi só para “causar”. E ele continua mandando no PT a partir da cela. No caso, ele não precisa de celular como ocorre em outras situações, tem pombos-correios aos montes.

 Roger Moreira não foge da raia

Não quero me casar com Bolsonaro, mas é único jeito de mudar, diz músico

Obs.: – Por esta e por outras que jamais acreditei na rebeldia de muitos dos que se dizem rebeldes. Por falar nisso, repararam que a maior parte deles está trilhardária?

 Governo de SP suspende licitação após reportagem do UOL revelar que já sabia o vencedor 12 dias antes do pregão     

Obs.: – Mas, claro, como sempre, todos os envolvidos disseram que não sabem de nada, que tudo é um engano etc. etc. etc. e tal. Nas palavras da empresa vencedora “”Recebemos com perplexidade esta absurda e infundada denúncia de fonte anônima que distorce fatos para induzir pessoas a erro e criar notícia falsa com o único objetivo de prejudicar a imagem de empresa concorrente. Nossa empresa atua no segmento de turismo e eventos desde 1992 e jamais participou ou participaria de qualquer fraude em licitação ou em qualquer outra esfera, não fazendo parte dos princípios éticos e morais que norteiam nossas atividades.”

Tsk, tsk, tsk

***************

No Estadão 

Apoio dos militares é ponto-chave

A câmera tremeu, o áudio da transmissão ao vivo da TV estatal foi interrompido e a câmera abruptamente cortou para centenas de soldados em fila após a explosão ouvida em meio ao discurso de Nicolás Maduro no sábado. A formação dos militares foi então rapidamente desfeita, com soldados correndo em pânico antes que a transmissão desse lugar a reprises.

Obs.: – Ponto-chave ou ponto-chávez?

Três em cada dez são analfabetos funcionais no País

Estudo é do Instituto Paulo Montenegro e da ONG Ação Educativa; essa parcela da população não consegue ler um texto simples

Obs.: – E se levarmos em conta o grande número de mal alfabetizados portadores de diplomas de curso superior a coisa fica mais triste ainda.

Mourão liga índio à ‘indolência’ e negro à ‘malandragem’

“E o nosso Brasil? Já citei nosso porte estratégico. Mas tem uma dificuldade para transformar isso em poder. Ainda existe o famoso ‘complexo de vira-lata’ aqui no nosso País, infelizmente”, disse Mourão. “Essa herança do privilégio é uma herança ibérica. Temos uma certa herança da indolência, que vem da cultura indígena. Eu sou indígena. Meu pai é amazonense. E a malandragem. Nada contra, mas a malandragem é oriunda do africano. Então, esse é o nosso ‘cadinho’ cultural.”

Obs.: – Juntou a fome com a vontade de comer, apocalipse!

Editora Abril fecha títulos e demitirá cerca de 800

‘Elle’, ‘Cosmopolitan’ e ‘Casa Claudia’ estão entre as revistas encerradas; prejuízo do grupo em 2017 foi de R$ 330 milhões

As medidas, que vão resultar na demissão de cerca de 800 funcionários, segundo apurou o Estado, vêm cerca de duas semanas depois de a empresa de reestruturação Alvarez & Marsal ter assumido o comando da companhia de mídia. No comunicado em que anunciou a reestruturação, a Abril mencionou os cortes, mas não informou o total de demitidos. O Sindicato dos Jornalistas calcula que, em São Paulo, cerca de 100 jornalistas foram demitidos ontem.

Obs.: – É o fim de uma editora que dignificou a profissão de jornalista, nela os jornalistas começaram a receber salários decentes. Teve sua época de ouro nos anos 1960/70 e parte de 1980. Em seguida, começou a decadência, cuja velocidade acentuou-se a partir de decisões erradas de Roberto Civita, um dos filhos do fundador da empresa. Os netos do “seu” Victor jogaram a pá de cal. Como sói acontecer no país, as empresas quebram, mas seus antigos donos continuam a nadar em dinheiro. Triste, muito triste.

                                                             ***************

Na Folha

Trump admite que filho encontrou russos para falar de Hillary

 Obs.: – Ontem, 6 de agosto de 2018.

Trump diz que filho é inocente em acusação sobre contato com a Rússia

 Obs.: – Em 12 de julho de 2017. E no Twitter ele tem a desfaçatez de alardear que a imprensa publica notícias falsas…

 Desembargadora do caso Marielle apoia Bolsonaro e ataca OEA

A magistrada Marília de Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio, é alvo de apurações do Conselho Nacional de Justiça

Obs.: – O caso deveria estar resolvido há muito tempo, não faltam registros das barbaridades que falou. A lentidão para resolver este caso e mais o de Lula tem como consequência o descrédito na Justiça. Como bem disse Millôr Fernandes, livre pensar é só pensar, mas uma pessoa que diz apoiar alguém que declaradamente não respeita as leis não pode julgar ninguém.

                                                             ***************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter