O líder agradece a forcinha… Coluna Mário Marinho

O LÍDER AGRADECE A FORCINHA…

COLUNA MÁRIO MARINHO

Sem dúvida alguma, o São Paulo foi o time que mais soube aproveitar a paralisação da Copa do Mundo para colocar a casa em ordem.

Encontrou o seu padrão de jogo dentro de uma tática de eficiência de resultados.

Se não é um time com grandes estrelas, faz do desenho tático, da aplicação e das lições simples de seu técnico Diego Aguirre o caminho que trilha com segurança no Brasileirão.

Seus números são excelentes.

Lidera com 45 pontos ganhos, conquistados com 13 vitórias, 6 empates e apenas 2 derrotas. Seu ataque já marcou 34 gols e sofreu 17. Bom saldo positivo de 17 gols.

Seu mais próximo perseguidor é o Internacional com 42 pontos e depois o Flamengo com 41.

Os dois próximos jogos do São Paulo são o Fluminense em casa e o Atlético Mineiro fora.

Já o Internacional pega o Cruzeiro no Mineirão e o Flamengo no Beira Rio.
O Flamengo pega o Cruzeiro (quarta-feira, pela Libertadores) e depois o Inter. Os dois jogos fora de casa.

Além do trabalho competente e do quase perfeito encaixe de suas peças, o São Paulo está agora focado em apenas uma competição, o Brasileirão.

Somando-se os jogos da Copa Sul-Americana que disputou, o São Paulo jogará este ano o total de 64 vezes.

O Inter, seu mais próximo perseguidor, também tem esta vantagem: está focado apenas no Brasileirão. Fará o total de 57 jogos, pois não participou de outra competição.

Outros clubes sofrem com o excesso de jogos.

O Corinthians é o principal deles e pode chegar a 84 jogos até o final do ano. Depois, seguem o Palmeiras, 83; Cruzeiro, 79 jogos; Grêmio, 78; Flamengo, 77; Santos, 76.

A rodada que passou, de número 21, foi totalmente favorável ao Tricolor de São Paulo.

O Flamengo, que fungando no cangote do são Paulo, foi pardo lá em Minas Gerais, no estádio Independência, pelo América, mineiro como eu, no jogo que mais teve gols nesta rodada: 2 a 2, todos os quatro gols de cabeça.

O Internacional ficou no empate com o Palmeiras num jogo confuso para quem viu pela televisão, pois os times pareciam jogar com camisas da mesma cor no primeiro tempo. No segundo, o Palmeiras voltou de camisas brancas.

O Palmeiras, que vem sendo tocado a coices pelo Felipão, como diria um bom gaúcho, manteve distância do líder: oito pontos.

Mas, está longe, muito longe, de o São Paulo se sentir confortável na liderança.

Os 6 primeiros colocados – São Paulo, Inter, Flamengo, Palmeiras, Grêmio e Atlético – tem totais chances de chegar ao título E não se pode contar como carta fora do baralho: o Cruzeiro, que é hoje o sétimo colocado.

Esses números reforçam minha tese expressada já algumas vezes aqui neste espaço: dentre os mais importantes do mundo, o Campeonato Brasileiro é o mais disputado de todos.

Já passamos da metade da disputa e ainda temos pelo menos 7 times em condições de chegar ao título.

Outros campeonatos como o badalado espanhol é disputado sempre por dois times. O mesmo acontece, com pequenas variações, na Inglaterra, na França, na Alemanha, na Holanda, em Portugal…

Nenhum deles chega à segunda rodada do segundo turno com 7 candidatos potenciais.

Agora, veja os gols da rodada. Destaque para o jogo cabeça do Independência: Ameriquinha 2 x 2 Flamengo.

_____________________________

FOTO SOFIA MARINHOMário Marinho – É jornalista. Especializado em jornalismo esportivo, foi durante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *