O Brasil fica de fora mais uma vez. Coluna Mário Marinho

O BRASIL FICA DE FORA MAIS UMA VEZ

COLUNA MÁRIO MARINHO

A Fifa publicou a relação dos 10 jogadores indicados para o prêmio de Melhor do Mundo e, com aconteceu no ano passado, o Brasil não tem nenhum concorrente.

Mais uma vez fica comprovada a Neymar dependência do nosso futebol.

Recentemente a Seleção Brasileira venceu a Copa América disputada aqui no Brasil e o feito foi intensamente comemorado.

Claro, todo título deve ser comemorado. Ainda mais por uma seleção que há anos não comemora nada.

Mas, convenhamos, a Copa América é uma espécie de Série B se comparada com competições europeias. É bom ganhar, sim. Porém, há que se manter os pés no chão.

Comemorou-se muito a vitória sem Neymar. Pareceu um grito de independência: já não dependemos de Neymar.

Até parece.

O futebol brasileiro, principalmente o jogado lá fora, está repleto de bons jogadores. Mas, craque mesmo, Craque com “C” maiúsculo, só temos o Neymar.

Pena que ele foi ficando velho, tempo passando e nada de ele amadurecer. Aos 27 anos, ainda é a mesma cabeça avoada dos 17 anos.

Depois que foi para o PSG, praticamente eclipsou-se, escafedeu-se. Trocou o noticiário esportivo pelas notícias de saúde, graças às contusões, e as colunas sociais e policiais.

A disputa de Melhor do Mundo deverá, novamente, ficar entre Cristiano Ronaldo e Messi.

Veja a relação dos indicados:

• Cristiano Ronaldo – Portugal e Juventus
• Frenkie De Jong – Holanda e Ajax/Barcelona
• De Ligt – Holanda e Ajax/Juventus
• Hazard – Bélgica e Chelsea/Real Madrid
• Kane – Inglaterra e Tottenham
• Mané – Senegal e Liverpool
• Mbappé – França e PSG
• Messi – Argentina e Barcelona
• Salah – Egito e Liverpool
• Van Dijk – Holanda e Liverpool

A lista foi elaborada por um grupo de ex-jogadores e técnicos que analisaram o desempenho dos jogadores no período compreendido entre 16 de julho de 2018 a 19 de julho de 2019.

Eis o corpo de jurados:

• Franco Baresi (ITA)
• Cha Bumkun (COR)
• Fabio Capello (ITA)
• Ricki Herbert (NZL)
• Kaká (BRA)
• Lothar Matthäus (ALE)
• Francisco Maturana (COL)
• Hugo Sánchez (MEX)
• Juan Sebastián Verón (ARG)
• Xavi (ESP)

Só um
do Brasil

O técnico Tite é o único brasileiro a figurar na lista de candidatos a melhor do ano.

E terá fortes adversários. Veja a relação:

Jürgen Klopp, do Liverpool; Pep Guardiola, do Manchester City; Mauricio Pochettino, do Tottenham Hotspur; Marcelo Gallardo, do River Plate; Fernando Santos, de Portugal; Ricardo Gareca, do Peru; Didier Deschamps, da França; Djamel Belmadi, da Argélia.

Nem
Mesmo a Marta

Também no futebol feminino o Brasil ficou de fora. Marta, nossa craque, e recordista de prêmios de melhor do mundo com seis conquistas não foi indicada.

A americana Rapinoe, destaque dos Estados Unidos na Copa do Mundo de 2019, é a grande favorita da lista de 12 indicadas.

Os candidatos agora passarão por um processo de votação popular no site da Fifa, que ocorrerá paralelamente a uma eleição entre jornalistas de cada país filiado à entidade, além dos treinadores e capitães das seleções.

Os vencedores serão anunciados no dia 23 de setembro.

Veja os gols da quarta-feira:

—————————————————————————————–

FOTO SOFIA MARINHO

Mário Marinho – É jornalista. Especializado em jornalismo esportivo, foi durante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *