Copa do Brasil: Athletico vence e sai na frente.Blog do Mário Marinho

COPA DO BRASIL: ATHLETICO VENCE E SAI NA FRENTE

BLOG DO MÁRIO MARINHO

A vantagem é pequena, porém considerável. Além disso, a vitória por 1 a 0 fez justiça ao time que mais procurou o futebol, que mais fustigou o adversário.

Assim que o jogo começou, ficaram nítidos os esquemas de jogo e a pretensão de cada time.

O Internacional abriu mão de sua vocação ofensiva e passou a se defender a qualquer preço.

Do outro lado, insuflado por sua apaixonada e barulhenta torcida, o Athletico fez jus ao seu apelido, Furacão, e partiu para cima dos gaúchos.
Muito embora os dois goleiros não tenham feito defesas espetaculares, o jogo foi tenso e intenso, porém, disciplinarmente perfeito.

O Internacional passou todo o primeiro tempo dentro de seu campo, mantendo apenas o isolado e solitário Guerrero à frente. Poucas vezes a bola chegou aos pés do eficiente artilheiro peruano.

Do lado do Athletico, destaque para o criativo volante Bruno Guimarães, de apenas 21 anos de idade (foto acima), que acabou marcando o gol da vitória do Furacão.

Na metade final do segundo tempo o jogo caiu muito.

Os dois times se mostraram satisfeitos com o resultado e cautelosos em não cutucar o adversário.

Enquanto o Athletico comemorava a vitória, os gaúchos não lamentavam a derrota. Guerrero mostrou o espírito do time com esta declaração após o jogo:

– Vamos resolver isso em Porto Alegre.

Veja os melhores momentos:

Grêmio,
o primeiro campeão.

A primeira Copa do Brasil foi disputada em 1989, com a CBD (Confederação Brasileira de Desportos, que dirigia o futebol brasileiro) atendendo aos pedidos dos clubes do Norte e Nordeste do Brasil que eram discriminados no Campeonato Brasileiro, principalmente a partir de 1987, quando foi criado o Clube dos 13, e a competição foi disputada por apenas 16 participantes.

No, dia 19 de julho de 1989, teve início a primeira Copa do Brasil, com a participação de 32 equipes representando 22 estados do país (22 campeões e 10 vices campeões).

O sistema de disputa foi eliminatório, com jogos de ida e volta. Os estaduais daquele ano foram disputados no primeiro semestre e o Campeonato Brasileiro só começou depois do término da Copa do Brasil.

A fase semifinal foi disputada tendo Flamengo x Grêmio de um lado; Goiás x Sport de Recife do outro.

Depois de um empate por 2 a 2 no Maracanã, o Grêmio aplicou estrondosa goleada no rubro-negro carioca por 6 a 1, no Olímpico, e classificou-se para a grande final. No duelo entre Goiás e Sport, os goianos levaram a melhor na primeira partida, no estádio Serra Dourada, e venceram por 2 a 1.

Na partida de volta na Ilha do Retiro, o time de Recife venceu por 1 a 0 e se credenciou para a final por ter marcado um gol fora.

No dia 26 de agosto de 1989, Grêmio e Sport ficaram no 0 a 0, no Recife.

Uma semana depois, no sábado dia 02 de setembro, o Grêmio se tornou o primeiro campeão da Copa do Brasil ao vencer o Sport por 2 a 1. Gols de Assis, irmão do Ronaldinho Gaúcho, que por sua vez ainda era um pequeno garoto, e Cuca, o mesmo que depois virou treinador.

Veja os gols:

—————————————————————————————–

FOTO SOFIA MARINHO

Mário Marinho – É jornalista. Especializado em jornalismo esportivo, foi durante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *