Deflação não é exatamente uma notícia boa. É sinal negativo também

Resultado de imagem para sinal de menos animated Ontem (10), boa  parte da imprensa, com exceção dos que escrevem em português e não em economistês,  noticiou que foi constatada uma “inflação negativa” de 0,04% . Isso é uma bobagem do nível do “crescimento negativo”, que só ocorre com rabo de cavalo e raízes de plantas, ambos crescem para baixo. A Agência Brasil e o G1 foram dos poucos a usar deflação, o termo correto.

 Hoje (11), pelo menos nos jornais impressos, a língua pátria voltou a ser utilizada, saiu a “inflação negativa”, entrou a deflação.

 Deflação seria motivo para comemorações, mas não é o caso, o que aconteceu na verdade foi uma enorme queda na atividade econômica, que teve mais influência do que a queda de preço no setor de alimentação.

 Os jornais de hoje informam que a União paga aos servidores federais o dobro do salário do setor privado, que os servidores estaduais recebem 36% a mais e os municipais estão em igualdade salarial. O governo federal manifesta a intenção de fazer uma reforma administrativa para diminuir a despesa com pessoal, o que será uma luta árdua e com pouca possibilidade de sucesso, vai esbarrar na maior força corporativa existente no país.

 Está na edição do dia 9 da Folha de S.Paulo, pág. A2, “Shazam! ao contrário”. Feitas todas as devidas ressalvas, acontecem coisas muito parecidas, não importa quem ocupa o cargo: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/ruycastro/2019/10/shazam-ao-contrario.shtml

 Na edição de hoje do Estadão, na pág. A2, uma lição do que deve ser a atuação do jornalista: “Imprensa, objetividade e militância”: https://opiniao.estadao.com.br/noticias/espaco-aberto,imprensa-objetividade-e-militancia,70003043982

 (CACALO KFOURI)

                                                               ***************

Trump está mais enrascado do que imagina, a pesquisa foi feita pela Fox, aliada do presidente até o último fio de TV por assinatura.

                                                             ***************

Copiadas do Estadão

 Corte analisa direito de demitir funcionário gay

 A Suprema Corte dos EUA começou a analisar ontem um caso envolvendo o direito de demitir um funcionário gay ou trans, em uma audiência histórica sobre um assunto que provoca profundas divisões na sociedade e também nos tribunais. O governo Donald Trump apoia os empregadores e se ampara em uma leitura estrita de uma lei federal de 1964 que proíbe, entre outros pontos, a discriminação “com base no sexo”, não na orientação sexual.

EUA punem empresas por abusos a uigures

O governo dos EUA incluiu 28 órgãos e empresas da China, que supostamente cometeram abusos contra os uigures e outras minorias muçulmanas, em uma lista de entidades proibidas de fazer negócios com americanos.

Que ironia,Trump quer exclusividade, só ele pode discriminar e mais ninguém.

  Reforma de militares vai custar R$ 14,9 bi a mais

 Reajuste e reformulação das carreiras terão gastos maiores do que os anunciados; projeto deve ser votado hoje em Comissão Especial

Nada como ter armamento poderoso…

                                                              ***************

 

 

 

Copiadas da Folha

Mônica Bergamo

 Janot batucou e falou de futebol em lançamento esvaziado de seu livro

Dezenas de jornalistas o cercam —mas o paredão humano dos seguranças se impõe. Um carro preto vai embora levando Janot após 43 exemplares, dos 550 disponibilizados, serem vendidos. Antes de sair, autografou 15 livros que deixou na Livraria da Vila para quem chegasse após sua saída. Quatro foram vendidos até a noite de terça (8). Onze estão nas prateleiras, à espera de um comprador.

Lançamento esvaziado de um livro vazio escrito por alguém que jamais poderia ter ocupado o cargo para o qual foi escolhido.

                                                              ***************

Copiadas do UOL

Bolsonaro quer descartar PSL para se reeleger, diz Bivar

“No mundo político não dá para entender tudo. (…) Bolsonaro é muito intuitivo. No momento que ele tem o sentimento de que é hora de descartar o PSL para ser reeleito, então é uma estratégia”, afirmou Bivar à reportagem no início desta tarde.

Ué, quer dizer o o presidente do PSL acha que o partido é tão ruim que se bolsonaro continuar nele não terá chance de ser reeleito? Que confissão, hein?

O que resta para Neymar? Camisa 10 chega a 100 jogos pela seleção e defende seus privilégios: “Já carreguei nas costas”

Neymar deve ter se inspirado no PT, não aprendeu nada com os erros que cometeu.

                                                            ***************

Copiada do Blog do Ancelmo

A Petrobras alterou os nomes de 11 de suas usinas termoelétricas (UTE), que no governo Lula ganharam nomes de personalidades, quase todas de esquerda ou nacionalistas. Nem mesmo o índio Sepé Tiarajú (1723-1756), que morreu durante a batalha em que tentava proteger 30 mil índios de uma remoção feita pelo exército unificado dos reinos de Portugal e Espanha, e cujo processo de canonização corre no Vaticano, escapou. A lista de cassados inclui também Aureliano Chaves, Barbosa Lima Sobrinho, Euzébio Rocha, Fernando Gasparian, Leonel Brizola, Luiz Carlos Prestes, Mario Lago, Celso Furtado, Jesus Soares Pereira e Rômulo Almeida. Com a mudança, a maioria volta a ter o nome original, que faz referência à região onde a usina está localizada. A estatal, que pretende privatizar 15 das 26 termoelétricas que possui, diz que a Aneel, no último dia 25, autorizou a mudança “para facilitar o registro dos nomes no INPI”. É. Pode ser.”

Pode ser, mas vindo deste governo que vê comunismo até em quem é canhoto, é mais provável que não seja isso e sim caça às bruxas.

                                                             ***************

Copiada do G1

Imagem relacionada Adema aguarda chegada de boias absorventes para conter avanço de óleo na costa sergipana

 A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) aguarda, nesta quarta-feira (9), a chegada de boias absorventes para conter o avanço das manchas de óleo na foz do Rio Vaza-Barris(*), uma das regiões mais afetadas de Aracaju e que faz conexão com outros rios importantes em Sergipe e estados vizinhos.

(*) Até a natureza faz piadas de mau gosto…

A Petrobras informou que não tem como fornecer as boias e o governo sergipano terá de comprá-las. O fato demonstra mais uma falha do paquiderme estatal, não tem preparo para emergências, só é rápido para aumentar preços.

                                                             ***************

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *