Balas, armas: tudo vai se tornar um imenso bang bang… Ferrados de verde e amarelo

 Foi lançado ontem (21) o partido Aliança pelo Brasil em que bolsonaro pretende continuar sua marcha rumo à obscuridade. Fala em defender a família – deve ser  só a dele, pois as dos brasileiros tem prejudicado com suas medidas; defenderá também o uso de armas como se já não houvesse homicídios em grande número no país. E, finalmente, “reconhecer o lugar de Deus na vida, na história e na alma do povo brasileiro”, o que não faz, a única coisa que pratica em relação a Ele é tomar Seu Santo Nome em vão, contrariando o Segundo Mandamento da lei da religião que diz seguir.

 Na mesma direção vão os “católicos” cheios de amor cristão que tentaram anteontem (20) impedir a celebração de uma missa em homenagem ao Dia da Consciência Negra em uma igreja na Zona Sul carioca. A missa é celebrada segundo o rito católico tradicional, mas com a inclusão de cantos e danças africanas.  Um grupo, dizem testemunhas, com 20 pessoas, chegou e tentou impedir o padre de celebrar a missa, que, segundo eles, desrespeitava o ritual católico. Os homens usavam ternos e as mulheres, vestidos e véus.  Mais um sinal evidente de gente que não entende nada do que recomenda a religião que diz praticar. Essas pessoas só teriam lugar nos tempos da sanguinária Inquisição.

 Existe uma expressão popular para descrever a situação de quem é prejudicado, entra em um fria, é “ferrei-me de verde e amarelo”. É o mote que o governo adotou para nomear o programa com que pretende gerar empregos, o Verde Amarelo. Não contente com a ideia de taxar os desempregados que recebem seguro-desemprego resolveu ir para cima dos pescadores que recebem seguro-defeso – defeso é o período em que é proibido pescar a fim de proteger a reprodução dos peixes.

 O ministro Alexandre de Moraes (STF) votou ontem (21) no caso da necessidade de autorização judicial para compartilhamento de dados sigilosos. Diferentemente do voto de Toffoli no dia anterior, sua posição foi entendida por todos, o sigilo não existe para proteger criminosos. Simples assim.

 O locutor Galvão Bueno (TV Globo) passou mal, teve um princípio de enfarte, submeteu-se a um cateterismo. Ele está bem, mas não poderá narrar a final da Libertadores entre Flamengo e River Plate no próximo sábado em Lima (Peru). Nem proferir seus bordões “Haja coração” e “Teste para cardíacos”.

 Em um anúncio de banco (Itaú), pretensamente engraçadinho, a estrela declara que é casada com a instituição há mais tempo do que com o marido. Torço para que não tenha problemas conjugais, pois o Itaucard (do grupo) acaba de ser multado pela Prefeitura paulistana em R$ 3,8 bi  por sonegação de ISS. https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2019/11/22/prefeitura-acusa-itau-de-fraude-e-cobra-r-3-8-bi.htm

 (CACALO KFOURI)

                                                              ***************

Copiada do G1

 Professor do DF que pediu redação sobre ‘sexo oral e anal’ a alunos vai ser ouvido pela polícia

 Diretor do CEF 104, da Asa Norte, e cinco famílias registraram queixa contra educador. ‘Investigação está como prioridade’, diz delegado.

A Polícia Civil do Distrito Federal vai ouvir o professor de português que foi afastado após usar expressões de sexo explícito durante aula a alunos do 6º ano. A informação foi confirmada ao G1 pelo delegado da 2ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte, Laércio Rossetto, nesta terça-feira(19).

Não há necessidade de criação de canal de denúncias como pretende a ministra Damares nunca antes navegados a não ser em países comunistas, o caminho é o que está na reportagem. O professor, evidentemente, é uma pessoa totalmente inadequada para a função e deve ser afastado, além de encaminhado a um psiquiatra daqueles bem radicais, não bate bem dos pinos.

 

Bolsonaro diz que, se TSE barrar a assinatura eletrônica, seu partido ficará fora das eleições 2020

 Para participar da eleição municipal no ano que vem, o novo partido precisa cumprir uma série de requisitos, como coletar uma quantidade mínima de assinaturas até março.

Barra, TSE, barra! Dê-nos ao menos uma boa notícia este ano. E podem até usar argumentos dele, que quer voto impresso por achar que urna eletrônica – cuja segurança já foi mais que provada – pode ser facilmente fraudada. Imagine então assinatura eletrônica…

 Netanyahu é indiciado por crimes de suborno, fraude e quebra de confiança

 Acusações foram feitas pela procuradoria-geral de Israel nesta quinta (21). O premiê não tem obrigação legal de renunciar após ser acusado.

A decisão da procuradoria foi anunciada em um comunicado. Netanyahu, que negou irregularidades em três casos de corrupção, não tem obrigação legal de renunciar após ser acusado – somente se for condenado.

Em quantas instâncias…?

                                                              ***************

Copiada da Folha

 Bolsonaro envia ao Congresso projeto para isentar de punição militares e policiais

 Ladrão de celular tem que ir para o pau’, disse o presidente ao anunciar a medida

“Matem à vontade, farta distribuição de balas! Só pode rachadinha, aí não tem problema.”

                                                                ***************

Copiada do UOL

 PT diz que Fernando Pimentel foi condenado “sem evidência de culpa”

O PT parece disco riscado – será que alguém ainda sabe o que é isso…–?, repete sempre a mesma coisa, um monte condenado pego com a boca na botija e “todos inocentes vítimas de julgamentos políticos”. Já que pediram – e tiveram – apoio de Paulo Maluf para eleger Fernando Haddad poderiam ter pedido umas lições de como escapar da Justiça praticamente a vida toda.

                                                               ***************

 


__________________________________________________________________

IMAGEM ABERTURA : Obra do  artista colombiano Federico Uribe (arte pela paz)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *