Salvador Dali

Coisos, coisões, coisiformes, “cerumanos”, celerados, culpados. Incorretos.

Segundo o filósofo francês Jean-Paul Sartre, “O ser humano é um projeto fracassado”(apud Weintraub, “o cerumano”).  O que aconteceu no Leblon (RJ) quando da abertura dos bares é uma prova, centenas de pessoas sem máscara, nenhuma mantendo distância segura da outra. Nos EUA, o coisão, para comemorar o Fourth of July, reúne milhares de yankee doodle dandies sem máscara, aglomeração total. Aqui, o coiso edita medida que retira a obrigatoriedade do uso de máscaras em várias situações e participa de ato comemorativo do 4 de Julho do país do coisão também sem máscara. Em Londres, a reabertura dos pubs resultou em caos. Em resumo, irresponsabilidade total e pouco caso generalizado com a vida, não só da parte dos coisos, mas, também, de boa parte da população, suicidas em potencial.

 O resultado?

 No Brasil: 1.604.585 de infectados, 64.900 mortes (lembrando que no país há subnotificação)

Nos EUA: 2.932.047 de infectados, 132.007 mortes

Na Inglaterra: 285.416 de infectados, 44.220 mortes

No Mundo: 11.419.529 de infectados, 533.780 mortes

 A piada virou realidade, aquele que não foi sem ter sido, Carlos Alberto Decotelli, o ex sem ter sido, incluiu em seu currículo que foi ministro da Educação! Aí, caem matando e ele dirá que é racismo…

 Em se falando em ministro da Educação, um pretendido para ocupar o cargo, Ricardo Feder, diz que recusou convite de Bolsonaro para assumir comando do MEC. De acordo com o que disse ao não aceitar o convite, “Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro, por quem tenho grande apreço, mas declino do convite recebido. Sigo com o projeto no Paraná, desejo sorte ao presidente e uma boa gestão no Ministério da Educação”, não foi por respeito próprio, foi por medo da bancada evangélica, dos filhos de 00 e olavistas. Qualquer um que seja aceito por essa tropa entrará desrecomendado.

 É a repetição do que ocorre no caso do Ministério da Saúde, ninguém sério, competente e, principalmente, com princípios éticos, aceitará fazer parte deste desgoverno.

 O mercador da fé demais Edir Macedo e amigão do coiso acaba de assumir, graças ao dízimo que sua igreja/loja recebe de quem acredita em fake news,  o controle do Banco Renner. O empresário ops”  “bispo”assumiu o controle do Banco Renner com a participação indireta de 89,9020% no capital votante e de 76,3358% no capital total.          

Este texto, “Os desbancarizados”, publicado no Estadão (5), pág. B2, deixa claro como o sistema bancário, sem fazer uso de metáforas, é bandido, contra os desassistidos. E tem a cumplicidade do Banco Central:

https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,os-desbancarizados,70003353541

 Aqui vai outro artigo do mesmo Estadão, pág. A6, caso típico de matou a cobra e mostrou a cobra, ou pode ser também se ficar o bicho pega, se correr o bicho come, “heróis nem vilões”.

https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,nem-herois-nem-viloes,70003354263

(CACALO KFOURI)

                                                                 ***************

Hoje o Mirando tratará extraordinariamente, aqui,  de certos erros do Estadão como caso especial, é inacreditável a decadência da qualidade dos editores do jornal, já contei aqui, cuja leitura meu pai recomendava  por causa do português escorreito, apesar do evidente preconceito antiárabe, origem da família Kfouri.      

    Os erros são inacreditáveis, alguns por preguiça de consultar o Volp, outros por falta de acordar Tico e Teco antes de escrever. Exemplos são estes cometido nos Direto da Fonte, que nunca foi lá essas coisas, mas piorou muito com a perda de seus titulares:

Quais mudanças já podemos ver na mobilidade | Mobilidade |Na mesa 2

 Sem a prova do pagamento ou (sem justificar o voto em caso de ausência)(???), o eleitor não pode se inscrever em concurso público, obter passaporte ou carteira de identidade, por exemplo.

 (???) Como se justifica um voto que não aconteceu? Da mesma forma que a posse de Decotelli? Cara-pálida, justificar a ausência do voto, caramba! É tão difícil perceber?

 Da lei 4

Foram ouvidos 50 grupos em todas as regiões do Brasil. Entre os entrevistados haviam(???) também especialistas, advogados, defensores públicos e formadores de opinião.

(???) Haviam, cara-pálida? É das regras mais básicas da “ verborragia”, haver, no sentido de ser ou existir é impessoal. Vorta por ensino básico, vorta?

 Outro erro recorrente é este, por pura preguiça de abrir o Volp ou qualquer léxico:

 Polícia desmantela grupo neonazista na Alemanha

Membros da organização Freie Kräfte Prignitz preparavam ataque com coquetéis molotov(!!!) contra mesquita no Estado de Brandemburgo

A polícia alemã lançou ontem uma operação contra um grupo neonazista em três Estados. Os agentes acusam sete de seus membros de preparar um ataque com coquetéis molotov(!!!) contra uma mesquita e de planejar outras ações contra empresas de imigrantes.

(!!!) Coquetéis-molotovs, cara-pálida, nem precisa ir ao Volp, tem até no Orélio:

coquetel-molotov
Substantivo masculino.
1. Espécie de bomba incendiária rudimentar, de fabricação artesanal, que consiste numa garrafa contendo líquido inflamável e um pano ou pavio nele embebido. [Pl.: coquetéis-molotovs.]

Aqui é falta de atenção total:

Camaro cheio de história será leiloado

  O câmbio automático de duas marchas acrescentava outros US$ 195 à conta (o equivalente a US$ 1.500 hoje, ou R$ 7.900).

 Para comparação, nos EUA um Camaro 0-km tem preço sugerido a partir de R$ 25 mil, ou cerca de R$ 132 mil. 

Note, caro leitor, o câmbio de duas marchas vale para dinheiro, o real pode equivaler ao dólar, por exemplo, R$ 7.900 valem US$ 1500,  ou o real pode valer real também, R$ 25 mil, ou cerca de R$ 132 mil. Fantástico!                              

                                                                 ***************

Caro leitor, você é daqueles que me fazem companhia tendo engulhos cada vez que surge na TV um anúncio de banco bonzinho, que se preocupa com você, que quer ajudar você, tudo narrado por um locutante com voz mezzo boa gente mezzo constipado? Pois vai sentir-se pior ainda ao ler a proposta de empréstimo que um amigo recebeu do Itaú Personnalité:

                                                                  ***************

                                                                 ***************

                                                               ***************

Copiada do TAB.uol

Justiça brasileira reconhece a culpa do Estado na morte de Zuzu Angel

 Melhor publicar o link para que seja possível ler o texto na íntegra, conta a história toda de um entre os milhares de crimes cometidos durante a ditadura militar que, segundo o coiso, deveria ter matado muito mais gente:

https://tab.uol.com.br/noticias/redacao/2020/07/03/justica-brasileira-reconhece-a-culpa-do-estado-na-morte-de-zuzu-angel.htm

                                                                 ***************

Copiadas da Folha

Primeira-dama Bia Doria diz que não é correto dar comida ou roupa para moradores de rua

Presidente do Fundo Social de São Paulo, a primeira-dama Bia Doria recebeu Val Marchiori no Palácio dos Bandeirantes para uma entrevista publicada nas redes sociais da socialite nesta quinta-feira (2).

Na conversa, a mulher do governador João Doria (PSDB) diz que não se deve dar marmita para os moradores de rua porque eles precisam saber que têm que sair da rua, um local que hoje, segundo ela, é confortável para eles.

“Falando dos projetos sociais, algo muito importante. As pessoas que estão na rua… Não é correto você chegar lá na rua e dar marmita, porque a pessoa tem que se conscientizar de que ela tem que sair da rua. A rua hoje é um atrativo, a pessoa gosta de ficar na rua”, diz Bia Doria.

Foi o encontro da vazia com a coisa nenhuma. Mein Got, com essa nem o coiso vai concordar. “Zifía, eu fico na rua porque gosto de passar frio, fome, apanhar da polícia, é tudo o que eu quero na vida, Deus me livre de morar numa casa com comida, com conforto, o da rua é muito melhor!”.

 Juiz que liberou ida de Weintraub ao Banco Mundial é o mesmo que barrou Lula ministro

 Magistrado é tio do advogado que defende Fabricio Queiroz, ex-assessor preso de Flávio Bolsonaro

O juiz Itagiba Catta Preta Neto, que arquivou nesta sexta-feira (3) a ação popular que solicitava a suspensão da indicação do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub para o Banco Mundial, é o mesmo que suspendeu a posse do ex-presidente Lula para a chefia da Casa Civil do governo Dilma Rousseff, em 2016.

Uma coisa é uma coisa, outra coisa é uma coisa diferente, suspender a posse de Lula como ministro foi atitude certa, não passava de armação para que tivesse (desa)foro privilegiado, neste caso, se o juiz tivesse um pingo de bom senso dar-se-ia por impedido, sem entrar em juízo de valor se Weintraub estaria impedido de assumir por outro motivo que não seja a sua abissal ignorância.

 PT entrará com ações contra a força-tarefa da Lava Jato

 Partido acusa procuradores de promoverem ‘persecução penal direcionada e criminosa’

O senador José Serra, penhorado, agradece… Haverá quem consiga diferenciar as linhas de defesa de Lula e 01?

 Entenda o intenso e suspeito vaivém de verbas e salários durante 28 anos no gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara

Documentos mostram sucessivas trocas de cargos de assessores e exonerações de fachada, prática que acabou banida pela Casa

O modelo de gestão incluiu ainda exonerações de auxiliares que eram recontratados no mesmo dia, prática que acabou proibida pela Câmara dos Deputados sob o argumento de ser lesiva aos cofres públicos.

Folha se debruçou nos últimos meses sobre os boletins administrativos da Casa, identificando uma ação contínua. De um dia para o outro, assessores chegavam a ter os salários dobrados, triplicados, quadruplicados, o que não impedia que pouco tempo depois tivessem as remunerações reduzidas a menos de metade.

Este é o verdadeiro retrato daquele que se vendeu como o paladino da antipatifaria e contra a velha política. Hoje, em vez de se vender, “patifa” e compra apoio.

É como bem diz o padre:

                                                               ***************

Copiada do Estadão conteúdo

Bolsonaros aderem a rede social de direita e pedem que seguidores deixem o Twitter

 A família Bolsonaro e seus seguidores são o mais novo grupo da direita global a aderir ao Parler. A rede social criada em 2018 funciona de modo quase idêntico ao Twitter, mas com uma diferença importante: menos regulação de conteúdo ofensivo. A página inicial do Parler diz que a rede é “imparcial” e com conteúdo moderado com base na Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos e na Suprema Corte daquele país, “o que permite a liberdade de expressão sem violência e a ausência de censura”.

Além de Flávio, o escritor Olavo de Carvalho, o presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também aderiram ao Parler nos últimos dias.

Trata-se do lugar adequado para a melhor gente da pior qualidade, insuperáveis no quesito esquisito. Na verdade, estão com medo de serem expulsos do Twitter, que devem fazer uma limpeza por causa da atitude de grande número de empresas terem retirado seus anúncios da rede. Trata-se de uma reunião internacional da pior espécie de gente que há no mundo.

                                                                 ***************

Copiadas do UOL

 Sikêra Júnior diz que pediu para morrer quando contraiu o coronavírus

Sikêra Júnior, apresentador do programa “Alerta Nacional”, da RedeTV!, disse que, ao contrair o novo coronavírus em abril, passou por grandes dificuldades para respirar e pediu até para morrer.

Maldosos, que feio pensar isto… Papai do céu não gosta…

 Zé de Abreu terá que indenizar hospital por tweet sobre facada em Bolsonaro

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) condenou o ator José de Abreu a indenizar o Hospital Albert Einstein em R$ 20 mil, conforme decisão publicada hoje pelo órgão. Em janeiro de 2019, o ator publicou uma fake news em sua conta no Twitter, afirmando que a unidade de saúde da capital paulista teria sido conivente com o serviço de inteligência de Israel para arquitetar uma suposta farsa da facada sofrida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) em setembro do ano anterior, na cidade mineira de Juiz de Fora.

Este cidadão deve ser um coisiforme disfarçado, tem todas as características necessárias.

 Policial acusado de matar George Floyd paga US$ 750 mil de fiança e é solto

 O policial tinha a opção de pagar US$ 1 milhão de dólares para aguardar em liberdade até o julgamento ou US$ 750 mil para aguardar o julgamento sob condicional. A informação é do Star Tribune, de Mineápolis, que consultou os registros da cadeia onde estava preso Thao.

Isto é o que se pode chamar de jornalismo que quinta categoria, cadê a informação de onde veio a grana, ou será que acham que um policial poderia pagar com suas economias? São supremacistas brancos que pagaram, é óbvio, e se duvidar com ajuda de Trump, é só ler seus últimos discursos racistas.

                                                                ***************

Copiadas do G1

Deputado Alexandre Knoploch, do PSL-RJ, atira(*) em homem durante confusão em Brasília

Tiro atingiu pé da vítima. Parlamentar afirma(*) que foi agredido e disparou para se defender.

O deputado estadual do Rio de Janeiro Alexandre Knoploch (PSL) é suspeito(!!!) de atirar contra um homem após uma confusão na Asa Sul, em Brasília, na madrugada de quinta-feira (2). A Polícia Civil do Distrito Federal investiga o caso como lesão corporal.

(*)(*)(!!!) Barrabás, não é possível, não acredito no que acabei de ler, atira, afirma e é suspeito??? É pra isso que serve “deproma” de jornalista? Cara-pálida, ao menos abra um dicionário para tentar descobrir a incompatibilidade dos termos que usou.

Casal branco é processado por apontar arma para família negra nos EUA

Um casal de brancos foi processado criminalmente depois que a mulher foi gravada em vídeo apontando uma arma para uma mulher negra e suas crianças em um estacionamento no estado de Michigan, nos Estados Unidos.

Reproduzidas d’O Globo

Sim, estou careca de saber – nos dois sentidos do termo apesar de longe do barbeiro há três meses  –, a teoria de classificação de criminosos natos de Cesare Lombroso  pela aparência  é furada e racista, mas que, de vez em quando, dá uma tentação danada de acreditar nela, dá.

 É quase o mesmo sentimento que me assola quando vejo fotos da zeralhada reunida, só eles ou com seus “acepipes”, asseclas apud Weintraub.

 Secretária de Saúde do Amazonas deixa a prisão

Simone Papaiz é suspeita de envolvimento em esquema de compra de respiradores.

Além dela, outros dois presos na operação também foram liberados, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), e deixaram o sistema carcerário à meia-noite. São eles Perseverando da Trindade Garcia Filho e Cristiano da Silva Cordeiro. Os três estão liberados após o cumprimento do prazo de validade da prisão temporária.

Não é possível, pobres humoristas, que concorrência desleal! Papaiz, nome de renomada indústria de fechaduras e cadeados, Perseverando no que não deve, e Cordeiro em pele de lobo…

 Ficais(*) de bares sofrem ataques de clientes no Rio

 (*) Oh, irresponsáveis, por que ficais sem máscara em público e ainda atacais os fiscais?

                                                                 ***************

Copiada do Blog do Ancelmo

‘Solidariedade’ da saliência: o caso da termas que dará desconto aos clientes em sua reabertura

 Cara-pálida, cuidado, muito cuidado com o duplo sentido, reabertura do quê…?

Morro do pasmado recebe sete mil mudas de plantas típicas de Israel

Marcelo Crivella lança hoje um plano de melhorias ambientais no Morro do Pasmado,

Já eu não morro pasmado mas fico com a falta de cuidado, por que em caixa-baixa  e alta, cara-pálida? Pasmado, é o nome do acidente geográfico e gramatical.

                                                               ***************

Copiadas do Estadão

Governo negocia com militares de baixa patente

Presidente tenta conter desgaste com praças após reajuste de benefícios para oficiais

O presidente Jair Bolsonaro abriu negociações para contornar o desgaste com militares de baixa patente, reservistas e pensionistas. Um dia depois do pagamento do reajuste que beneficiou principalmente os oficiais, o governo teve de convocar uma reunião de última hora com representantes dos praças, porque o grupo ameaçava protestar com panelaços na frente dos palácios presidenciais.

Esqueceu-se de que quem toca a pescaria são os peixinhos e não os tubarões. A “compra’ vai sair mais cara que o imaginado.

Nova indicação para o MEC já tem resistência

Olavistas, militares e evangélicos criticaram fortemente a indicação; presidente avalia

O presidente Jair Bolsonaro convidou o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, para chefiar o Ministério da Educação. Mas olavistas, militares e evangélicos criticaram fortemente a indicação citando falta de experiência e possível ligação com o Centrão.

O convidado houve por bem, em respeito à sua biografia recusar o que seria uma nota negativa em seu currículo, diferentemente de Decotelli, que só tem falsidades nele. Mas, não é cômico que um dos motivos apresentados pela boçalidade integrante do desgoverno é a “possível ligação com o Centrão”, comprado pelo coiso e que, agora, tem como conselheiro Gilberto Kassab, o símbolo máximo da aglomeração partidária que sempre apoia quem paga mais?

                                                             ***************

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter