A Casa da Mãe Joana. Por Maria Helena RR de Sousa

A CASA DA MÃE JOANA

MARIA HELENA RR DE SOUSA

… A Mãe Joana resolveu que os laboratórios do Exército Federal fabricassem quantidades exorbitantes do remédio preferido do Bolsonaro&Filhos, a tal da hidroxicloroquina. Ninguém sabe ao certo os motivos. Ou bem o Brasil é o país da malária de norte a sul, ou bem Bolsonaro&Filhos desprezam tanto a ciência que querem que o povo tome o tal remédio…

ARTIGO PUBLICADO ORIGINALMENTE NO  BLOG DO NOBLAT VEJA ONLINE, 24 DE JULHO DE 2020 

Sempre ouvi falar na Casa da Mãe Joana, mas foi só agora, durante esta tenebrosa pandemia, que fiquei sabendo seu endereço. Pois não é que ela fica no Brasil? Ou, para explicar melhor, não é que a Casa da Mãe Joana é o Brasil?

Aqui só há Ordem e Progresso na nossa bandeira, coitadinha, tão feinha. É uma frase pomposa mas que não combina em nada com a nossa vida. Por exemplo: aqui no Estado do Rio, o governador do estado e o prefeito da cidade do Rio de Janeiro têm opiniões divergentes sobre o reinício das aulas. Um acha que já estamos preparados para reabrir as escolas, outro acha que é melhor esperar um pouco mais. E os alunos, o que acham? Esses, coitados, não acham nada pois nada lhes foi perguntado.

Outra coisa inacreditavelmente espantosa: o ministério da Saúde teve liberada uma verba de R$38,9 bilhões como emergencial para combater a Covid-19. Mas apesar do obsceno número de contaminados e mortos o governo só liberou 28% dessa verba. Por quê? Ninguém sabe ao certo; tanto pode ser por conta de uma administração desastrosa, como por implicância do governo federal com um ou outro governo estadual.

A Mãe Joana resolveu que os laboratórios do Exército Federal fabricassem quantidades exorbitantes do remédio preferido do Bolsonaro&Filhos, a tal da hidroxicloroquina. Ninguém sabe ao certo os motivos. Ou bem o Brasil é o país da malária de norte a sul, ou bem Bolsonaro&Filhos desprezam tanto a ciência que querem que o povo tome o tal remédio apesar de todos os institutos científicos do mundo dizerem que esse é um remédio ineficaz para a Covid-19 e perigoso para a saúde de um modo geral.

O marketing da cloroquina é fantástico. A foto do Bolsonaro&Filhos à beira de um laguinho erguendo a caixa do remédio como se fosse um Oscar, é a verdadeira imagem da Mãe Joana! É ou não é?

A zorra aqui é tão intensa que o paciente testado três vezes com essa gripezinha marota passeia mais de uma vez por dia ao sol, desobedecendo o mais antigo e eficiente conselho em relação a gripes: Vitamina C e Cama!

A Mãe Joana envelheceu muito mal, coitada. Essa é a triste verdade.

____________________________

Maria Helena Rubinato Rodrigues de Sousa

Professora e tradutora. Vive no Rio de Janeiro. Escreve semanalmente para o Blog do Noblat desde agosto de 2005. Colabora para diversos sites e blogs com seus artigos sobre todos os temas e conhecimentos de Arte, Cultura e História. Ainda por cima é filha do grande Adoniran Barbosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter