Advocacia – coragem para exercê-la. Por Raimundo Ribeiro, André Gomes e Kaydher Lasmar

ADVOCACIA – CORAGEM PARA EXERCÊ-LA

RAIMUNDO RIBEIRO

ANDRÉ GOMES

KAYDHER LASMAR

… Neste dia 11/08 em que comemoramos o Dia do Advogado, cremos que a maior homenagem que se pode prestar é recordar que o exercício da advocacia exige coragem para combater, mesmo em situação desigual, o viés autoritário e ilegal que contamina…

“Os obstáculos não podem servir para justificar derrotas mas como desafios a vencer”.

A advocacia sempre foi,  naturalmente uma atividade difícil, embora gratificante.

Hoje, tais dificuldades são maximizadas porque além dos obstáculos naturais e legais, temos outros como “especialistas” que na TV procuram criminalizá-la.

Tão grave quanto essa manipulação da informação é o fato de que o estado-acusador, desde quando “promovido” a detetive deixou de atuar na promoção de justiça e revelou um perfil “janeteclair” engendrando enredos draconianos onde tenta enfiar seus alvos, sem qualquer compromisso com a verdade real.

Mas como o que tá ruim sempre pode piorar, ventos do Sul trouxeram uma novidade: a “parceria” entre o estado-detetive/acusador e o estado -juiz;

Obviamente que essa “aliança“ não corria o risco de dar certo e aí surgem vazamentos que exalam odor fétido dos porões de Curitiba.

Claro que tais situações são inaceitáveis pois prostituem o processo legal e desarmam a sociedade que se vê à mercê de maus agentes públicos, despreparados para o exercício de funções públicas.

Neste dia 11/08 em que comemoramos o Dia do Advogado, cremos que a maior homenagem que se pode prestar é recordar que o exercício da advocacia exige coragem para combater, mesmo em situação desigual, o viés autoritário e ilegal que contamina parte dos agentes do estado que entorpecidos pela vaidade, egocentrismo e arrogância se desviam de suas nobres funções.

Finalizamos lembrando que tão importante quanto defender os interesses do cliente que nos confiou sua causa é defender o devido processo legal, e que uma carta apelidada cidadão nos honrou com status constitucional ao estampar que “o advogado é indispensável à administração da Justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei.”

Parabéns a todos os advogados que atuam como tal.

[11/08/2020]

_________________________________________________________________

Raimundo Ribeiro (@RaimundoRibeiro) | TwitterRaimundo Ribeiroé advogado da União aposentado, foi secretário de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do DF e deputado distrital por dois mandatos

raimundoribeiro.rr@gmail.com

OAB/DF 3.971

COM A COLABORAÇÃO DE:

André Gomes – OAB/DF 7.998

Kaydher Lasmar – OAB/DF 44.343

1 thought on “Advocacia – coragem para exercê-la. Por Raimundo Ribeiro, André Gomes e Kaydher Lasmar

  1. Tal qual Diógenes de Sinope, que “procurava um homem honesto” portando uma lâmpada, pela cidade de Atenas, na Grécia Antiga, o texto aponta o corolário que representa a advocacia – a defesa a que todos têm direito, respeitados os fundamentos da lei. O estado, no entanto, de fato, vem fazendo da advocacia um desafio às suas tenebrosas transações. Parabéns aos advogados no seu dia. E coragem para exercê-la.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter