imposto

Chacoalhadas: agora é o novo “líder” – já vem com a ficha completa

lider O coiso tem novo líder na Câmara, é o deputado Ricardo Barros. Segundo o Ministério Público Federal, Barros é praticante de improbidade administrativa. O MPF identificou ilegalidades em oito processos de compra com dispensa de licitação na época em que ele foi ministro da Saúde de Michel Temer, em 2017. Ele autorizou o pagamento de R$ 19 milhões a uma empresa contratada para fornecer medicamentos cuja entrega não foi feita, mas, ainda sim, liberou o repasse mesmo depois de ser informado de que ela não tinha os lotes informados e  não  era cadastrada pela fabricante das mercadorias para fornecê-las. A figura orna como poucas com o perfil adequado para representar este putrefato governo, é condição sine qua non  ter problemas com a Justiça – com J, não com o j do atual ministro – para ter alguma ligação com ele.

Veio à tona mais um indício de que o ministro da justiça, André Mendonça, adorador do coiso, fez coisas muito piores do que admitiu, segundo matéria publicada no UOL (12), Em resposta a um pedido feito pelo site por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI), o Ministério da Justiça argumentou que os relatórios de inteligência produzidos pela pasta têm um sigilo equivalente ao das “informações pessoais” e que o acesso só pode ser dado “àqueles que têm necessidade de conhecer”. Os cidadãos brasileiros têm necessidade e, mais que isso, o direito de conhecer, há algo de muito podre nos dossiês do que veio a conhecimento público  para que sejam escondidos. A sigla da Lei de Acesso à Informação é LAI, cuja pronúncia é igual à de lie, mentira em inglês, é o significado que ministro está usando.

Ontem (12), ao lado de Rodrigo Maia, presidente da Câmara,  e Davi Alcolumbre, presidente do Senado e do Congresso, o coiso declarou respeitar o teto de gastos. É desfaçatez para agradar o ministro da Economia Paulo Guedes, que tem dado sinais de estar tiririca, vai continuar insistindo em medidas que estourarão os gastos permitidos, não pensa mais em governar, já está em campanha para as eleições de 2022.

(CACALO KFOURI)

                                                               ***************

Copiadas do Estadão                                                                

 MEC pode ter R$ 4,2 bi a menos em 2021; federais perderiam R$ 1 bi

O Ministério da Educação (MEC) poderá ter redução de 18,2% no orçamento para despesas discricionárias (não obrigatórias) no ano que vem. O porcentual representa aproximadamente R$ 4,2 bilhões a menos para a pasta. O corte afetará as universidades federais, que devem perder R$ 1 bilhão. As instituições de ensino veem situação “insustentável” e a impossibilidade de cumprir suas atividades no ano que vem.

Bolsonaro cria setor para cuidar de gatos e cachorros

O presidente Jair Bolsonaro determinou a criação de um departamento específico para tratar de políticas públicas voltadas para pets. A Coordenação Nacional de Proteção e Defesa Animal foi instituída por meio de decreto publicado ontem, que reestruturou o Ministério do Meio Ambiente. O prazo para implementar as medidas é de 45 dias. “Esse foi um pedido do presidente. Nunca teve nada nesse sentido. É a pauta de proteção dos pets, cachorros, gatos. Vemos discussão disso todos os dias e não tinha na Esplanada quem cuidasse dessa pauta”, disse o ministro Ricardo Salles ao Estadão.

A promessa de criar esse órgão foi feita por Bolsonaro logo após se eleger presidente. ‘Em nosso governo teremos secretaria específica para tratar dos direitos dos animais, os animais merecem respeito”, dizia.

Em 1920, Washington Luis, em sua campanha eleitoral para o governo de São Paulo usou como lema “Governar é abrir estradas”. Em 1962, o então presidente dos EUA, John Kennedy, declarou que “Governar é escolher prioridades”, mas, para o coiso, em um momento em que pessoas morrem às centenas de “gripezinha”, a Educação está abandonada, a economia está indo para o buraco, mostrando o desprezo que tem pelos brasileiros, escolhe como  prioridade  cuidar de cães e gatos. Muito criterioso…

O SAMBA BRASILEIRO DE GLORIA ESTEFAN

Ao longo do disco, Gloria canta em inglês, espanhol e também português, em Magalenha, de Carlinhos Brown, que faz participação na canção. Ela conta que conheceu o músico baiano, pela primeira vez(*), quando veio ao Brasil – onde ela filmou um documentário sobre o samba, previsto para ser lançado em outubro.

(*) Cara-pálida, e quando o conheceu pela segunda vez? Encontrou-se com ele pela primeira vez, capisce?

                                                               ***************

Copiadas da Folha

Gabinete de Jair Bolsonaro abasteceu ‘rachadinha’ por meio da filha de Queiroz, indicam extratos bancários

A personal trainer Nathália Queiroz continuou repassando a maior parte de seu salário ao pai, Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), mesmo quando empregada no antigo gabinete do presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

Dados da quebra de sigilo bancário de Nathália autorizada pela Justiça mostram que ela transferiu R$ 150.539,41 para a conta do policial militar aposentado de janeiro de 2017 a setembro de 2018, período em que esteve lotada no gabinete de Bolsonaro. O valor representa 77% do que a personal trainer recebeu da Câmara dos Deputados.

A dinâmica dos repasses é a mesma descrita pelo Ministério Público do Rio de Janeiro sobre a suposta “rachadinha” no antigo gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa fluminense.

Se existisse oposição digna deste nome o processo de impeachment do coiso teria começado e acabado há muito tempo. As pedaladas de Dilma, que a levaram à perda do cargo, são passeios de criança perto das lambanças bolsonarescas, a diferença entre incompetência e desonestidade é enorme. Mas só há fazedores de média.

Ala desenvolvimentista amplia ataque e diz que Guedes é ‘idiota’ e ‘primário’

 As palavras usadas contra Paulo Guedes são duras: “idiota”, “bobo político” e “primário” são algumas delas.

A narrativa é que Paulo Guedes não consegue perceber que há alternativas que permitiriam a inclusão das obras e de gastos sociais no orçamento sem que elas alterassem o problema fiscal.

O ministro se limitaria a repetir palavras de ordem sem sentido prático, interditando uma discussão razoável sobre o problema.

Liderada pelo ministro Walter Braga Netto (Casa Civil), a ala desenvolvimentista tenta articular um programa de despesas com obras que extrapolaria o teto. Isso seria possível se elas fossem consideradas emergenciais.

Braga Netto é apoiado por outros militares e pelos ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Tarcísio Freitas (Infraestrutura).

Olha o John Lennon aí de novo, gente! The dream is over! O Posto Ipiranga está sendo rebaixado a um posteco que vende gasolina adulterada.

                                                               ***************

Copiadas do UOL

Pai de Saulo Poncio tem ordem de penhora por dívida de R$ 429,8 milhões

A Justiça Federal ordenou a citação, penhora e avaliação de bens em nome de Márcio José Matos de Souza, o Pastor Márcio Poncio, para execução de dívida tributária de R$ 429,8 milhões. Márcio Poncio é pai do cantor Saulo Poncio.

De acordo com a Justiça, Márcio e seu ex-sócio Marcello Araújo Santos eram os administradores da empresa New Ficet Indústria e Comércio de Cigarros e Importação e Exportação, que acumulou débitos em tributos federais.

Barrabás, um pastor “honestíssimo” que, além de fazer fortuna com dízimos, não satisfeito, aumentou-a vendendo artigos do Cão-Tinhoso, cigarros, e, não bastasse, sonegando impostos! Oh, céus, que “cristão” exemplar!

Juíza diz que homem negro é criminoso “em razão de sua raça” e o condena

 Deve ter frequentado a mesma escola que o desembargador  Eduardo Siqueira, o que desrespeitou GCMs em Santos,  colegas de Tribunal e vizinhos, repetiu a dose e continua impune. Muito provavelmente, nada lhe acontecerá também.

                                                              ***************

Copiada do G1

Deputado Ricardo Barros, do Centrão, anuncia que será novo líder do governo na Câmara

Ex-ministro da Saúde e deputado pelo Progressistas, Barros afirma que troca será oficializada na próxima terça. Hoje, cargo é ocupado por Vitor Hugo (PSL-GO).

O grande escritor francês Victor Hugo escreveu “Os Miseráveis”, o coiso, com a troca, é autor de “Os Comprados”. Ou será “Os Trouxas”, sobre os que votaram nele por caírem na cantilena da “antipatifaria e fim da velha política”?

                                                              ***************

Copiada do Blog do Ancelmo

Fiocruz desmente Ambev sobre doação para construção de nova fábrica para vacina da Covid-19

A Fiocruz soltou nota oficial esclarecendo que a Ambev não vai construir uma fábrica para a instituição, conforme foi anunciado pela cervejeira. Segundo a Fiocruz, a “doação deve ser investida em obras de adequação e aquisição de equipamentos para seu parque fabril já existente e reconhecido mundialmente”. Além disso, a doação ainda não foi concluída.

Epa, opa, teriam os diretores da Ambev exagerado nas brahmas?

                                                              ***************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter