Chumbo Gordo

Ministério da Saúde, Meio Ambiente, Justiça, Energia…todos! Cadê?

Questionado – no verdadeiro sentido do verbo – sobre providências a serem tomadas a respeito da mais do que certa segunda onda do novo coronavírus,  o Ministério da Saúde declarou que vai esperar pelos acontecimentos para, então, tomar providências, o quê, trocando em miúdos,  é o popular vamos deixar como está pra ver como é que fica. Desconhece que a prevenção é o melhor remédio, não é a ineficiente cloroquina.

 O coiso, mais uma vez, enfiou o rabo entre as pernas e recuou, desistiu da mentira que contou ao dizer que países europeus compram madeira ilegal do Brasil. Declarou que dará o nome de empresas que compram. Vai se afundar mais, compram com aval do afrouxamento das regras de fiscalização determinadas pelo sinistro contra o Ambiente Ricardo Salles.

 Terminou a recontagem manual de votos na Geórgia e a vitória de Joe Biden foi confirmada. Mas o Coisão não desiste, mudou a estratégia e passou a jogar mais sujo ainda, passou a pressionar para que o resultado das urnas seja desprezado e que sejam escolhidos fiéis a ele para compor o Colégio Eleitoral. Desonesto até o fim.

 (CACALO KFOURI)

                                                              ***************

                                                             ***************

                                                             ***************

Copiada do G1

Crivella xinga Doria e depois pede desculpas ao governador de SP pelo excesso

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), e candidato à reeleição, xingou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de “vagabundo” e “viado” durante uma reunião do partido, na noite de quarta-feira (18), com filiados que disputaram a eleição para vereador.

Assistam ao vídeo e percebam quão “cristãos” são os evangélicos, o que xingou e os que aplaudiram…

O ofendido saiu-se bem, replicou educada e contundentemente:

“Lamento que o prefeito do Rio de Janeiro, um pastor que deveria ser um exemplo, faça ataques, use palavrões e o preconceito para se referir a um governador. O prefeito Crivella se apequena e lamentavelmente encerra seu ciclo de forma melancólica.”

Justiça afasta diretoria da Aneel e do ONS após crise energética no Amapá

A Justiça Federal no Amapá determinou, nesta quinta-feira (19), o afastamento da atual diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e também dos atuais diretores do Operador Nacional do Sistema (ONS) por 30 dias.

A medida busca evitar que os gestores interfiram na apuração das responsabilidades pelo apagão que atinge o Amapá há 17 dias. O afastamento acontecerá quando os diretores forem notificados formalmente da decisão.

O ministro das Minas e Energia é o almirante Bento Albuquerque quê, mesmo vendo tudo afundar, demorou para agir e ir para o Amapá comandar os trabalhos, demonstrando mais uma vez que a maior característica dos militares que assumiram cargos no governo é a inépcia. Estão desonrando e desmoralizando as Forças Armadas.

                                                             ***************

Copiada do UOL

Finalistas da Copa do BR serão definidos entre Natal e Ano(*)Novo; veja datas

(*) Dá nele, hífen! Ano-Novo, cara-pálida, todo ano novo é a mesma coisa, a turma se esquece de que Ano-Novo é o evento de um novo ano.

Confirmando com ajuda dos universitários, no Orélio:

ano-novo

Substantivo masculino.

1. O próximo ano; o ano entrante:
“Estamos com sono, vamos dormir. Damos boa noite, bom ano-novo, eu abraço meu tio.” (Ricardo Ramos, Matar um Homem, p. 168.)
2. A meia-noite do dia 31 de dezembro; ano-bom.
3. O dia 1.o de janeiro; ano-bom. [Pl.: anos-novos.]

                                                             ***************

Copiada da Coluna RUBENS VALENTE

Invasores de terra indígena cercam base e ameaçam fiscais do Ibama     

Um grupo de invasores da Terra Indígena Apyterewa, no sul do Pará, neste momento cerca uma base de fiscalização utilizada por equipes do Ibama, Funai e Força Nacional. Vídeos mostram um grupo de homens hostilizando a equipe de fiscalização e incendiando uma ponte de madeira que dá acesso à terra indígena. Uma barricada com pneus e madeira foi erguida na frente da base e os invasores ameaçam fazer um incêndio para impedir que os fiscais continuem seu trabalho. A coluna apurou que foi solicitado a Brasília um reforço urgente da Força Nacional. O clima é de tensão e os servidores públicos temem pela sua segurança física.

Onde está o vice-presidente Mourão, presidente do Conselho Nacional da Amazônia que não manda o glorioso Exército Brasileiro agir? Onde está a Polícia Federal? E o presidente do Ibama? E o  sinistro contra o Ambiente Ricardo Salles?

Juiz requisita PF e PM contra bloqueio à fiscalização em terra indígena

O juiz federal de Redenção (PA) Francisco Antonio de Moura Junior determinou, no início da tarde desta quinta-feira (19), o fim do bloqueio realizado por invasores à base utilizada por equipes de fiscalização da Funai, do Ibama e da Força Nacional na Terra Indígena Apyterewa, dos índios parakanãs, em São Félix do Xingu (PA). Ele requisitou a ação da Polícia Militar do Pará e da Polícia Federal de Redenção para acabar com o bloqueio.

O juiz por quê? Porque o sinistro contra o Ambiente não tomou providência alguma, o presidente do Ibama nomeado pelo sinistro nada fez, o vice-presidente Mourão, presidente do Conselho Nacional da Amazônia não agiu.

                                                             ***************

Copiada do Brasil 247

Nomeado por Salles, superintendente do Ibama cancela multa e libera obras de resort

Nomeado pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para comandar o Ibama na Bahia, o superintendente Rodrigo Santos Alves liberou obras de um resort de luxo em uma praia conhecida pela procriação de tartarugas marinhas. Ele retirou uma multa superior a R$ 7 milhões que havia sido aplicada pelos técnicos do Ibama.

Por uma extrema coincidência, mera coincidência com certeza, Alves é sócio da Remax Jazz, corretora  que cuida de imóveis de luxo no litoral baiano. Mais um escolhido a dedo pelo governo que prometeu acabar com a patifaria.

Isto somado ao que acontece no Pará faz com que se tema o que pode acontecer com os funcionários cercados, ou seja, nenhuma ação para protegê-los.

                                                             ***************

Copiada da Coluna ROGÉRIO GENTILE

Após nove anos, mulher que atropelou Vitor Gurman em SP será julgada

 O administrador de empresas Vitor Gurman, de 24 anos, caminhava pela calçada da rua Natingui, na Vila Madalena, cidade de São Paulo, quando foi atropelado por uma Land Rover. Depois de atingir o rapaz, o carro ainda derrubou um poste de iluminação e capotou. Submetido a uma cirurgia ainda naquela madrugada do dia 23 de julho de 2011, Vitor não resistiu.

Nove anos depois e pode ficar pior, ser condenada a entregar 10 cestas básicas.

                                                             ***************

Copiada do ESTADÃO conteúdo

‘Se for reeleito, só volto a ser candidato em 2026’, diz Covas

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, Bruno Covas, prometeu terminar o mandato caso seja reeleito e que, neste caso, só será candidato novamente em 2026. Durante a sabatina do Estadão, ele rebateu a possibilidade de concorrer ao governo estadual nas próximas.

E quem acredita nisto? Em 2006, um ano e três meses depois de assumir a Prefeitura, apesar de em campanha ter prometido que cumpriria o mandato até o fim, saiu e deixou a cidade de São Paulo nas mãos do  vice Gilberto Kassab, aquele que ninguém nunca  sabe o que irá fazer. O atual governador, João Doria, fez a mesma coisa e deixou o cargo para Covas. É tradição do PSDB, descer do muro na hora errada

                                                             ***************

Copiada da Coluna JAMIL CHADE

Na pandemia, 99 países defendem fim de patente para vacina; Brasil é contra

No total, 99 dos cerca de 160 países membros da entidade anunciaram o apoio ao projeto de suspender a aplicação de patentes para produtos relacionados com a covid-19. A meta é a de garantir que a propriedade intelectual não seja um obstáculo para o acesso de bilhões de pessoas pelo mundo à vacina, até que haja uma imunidade de rebanho contra o vírus no mundo.

Entidades internacionais, como a OMS, saíram em apoio da ideia, além de movimentos sociais e igrejas de todo o mundo. Mas, revertendo décadas de uma postura tradicional da diplomacia brasileira, o Itamaraty optou por se recusar a se unir ao grupo que sugere a suspensão das patentes.

O Coisão mandou e seu pet obedeceu: sitz! A caterva transformou o país em  pobre metido a besta…

                                                             ***************

Copiada da Coluna JOSIAS DE SOUZA

Com água pelo nariz, Crivella abraça Bolsonaro

Ao receber Crivella nesta quinta-feira, Jair Bolsonaro confirma sua paixão pelo risco. Abraçando-se novamente ao prefeito do Rio de Janeiro, o presidente marca para 29 de novembro, dia do segundo turno da eleição municipal, mais um encontro com o fiasco.

Uai, normalmente os afogados se abraçam a boias, não a lastros… Atestado com firma reconhecida de sua proverbial e bíblica incompetência.

Mas, tem um aspecto positivo, indicação de que o mito está se transformando em um mito venenoso, apoiou, o apoiado afundou, só os que se recusam a enxergar a realidade, os negacionistas e terraplanistas continuam a acreditar nele.

                                                              ***************

Sair da versão mobile