pedidos

Três pedidos ou Se eu for antes do que você. Por Alexandre H. Santos

 TRÊS PEDIDOS

ou

SE EU FOR ANTES DO QUE VOCÊ

ALEXANDRE HENRIQUE SANTOS

“Entramos num momento decisivo do capitalismo,  no qual não se pode apenas explorar e retirar todos os recursos naturais. É preciso pensar nas futuras gerações e em qual mundo estamos deixando para nossos filhos e netos.”

                                                                       John Elkington

Temos parentes, amigos, amigos de parentes e parentes de amigos que pegaram o Covid-19. Muitos escaparam, outros não; e você deve ter se flagrado várias vezes pensando na morte. Na própria, na das pessoas próximas, queridas, e até na de gente distante e desconhecida. Eu também.

A finitude da vida se mostra palpável nas tragédias, como a guerra, a fome, os desastres naturais e as pandemias, igual à que temos agora. Segundo a epidemiologia, chegará o momento em que não haverá um único ser humano na face da Terra que não tenha mantido contato com o vírus. Com vacina ou sem vacina eu e você, vivos ou mortos, teremos nosso encontro com a estatística.

Seja como for, a biologia tem razões que a razão desconhece; em certas ocasiões o organismo reage e se supera. É o exemplo da frágil senhora centenária, cheia de doenças crônicas que, após meses de internação, venceu o vírus e saiu sorrindo do hospital, mesmo que numa cadeira de rodas, aplaudida por médicos e enfermeiros. O caso surpreende porque quase 100% dos quadros similares resultam em óbito.

E há, claro, o oposto; gente forte e saudável que não resistiu. Quem pode prever?

A morte da minha amiga Sol me fez pensar que posso deixar esse mundo antes do que você. Se isso ocorrer, quero lhe fazer três pedidos importantes e urgentes:

1º pedido – Ajude a salvar a natureza.

Há décadas que a pista ecológica grita pela nossa atenção. O termo é técnico e indica a quantidade de recursos naturais necessários para produzir os bens que uma população consome. Essa conta não fecha porque nos habituamos a gastar mais do que temos. Isso não pode continuar. A cada ano que passa o overshoot day (o dia do ano em que a natureza se esgota, colapsa e entra no vermelho) chega mais cedo. Em 2020 nosso planeta quebrou no dia 22 de agosto. A Terra pede socorro!

E se você faz parte dos negacionistas, dos que acham que questões ecológicas são perfumaria, quero lhe informar que você está dormindo. Por favor, desperte!

2º Pedido: Ajude a salvar a humanidade.

Só a tola vaidade humana nos faz supor que a espécie Sapiens é imprescindível. Não é! Os cemitérios estão lotados com pessoas imprescindíveis. Precisamos mudar e rápido, se quisermos sobreviver. Parte significativa dos dramáticos impasses que enfrentamos agora, é produto dos milênios de nossa história conduzidos de modo imperial pela testosterona. Na visão de mundo masculina tem excesso de força e rara sutileza, escassa ternura e demasiada rudeza, sobram chefes e há pouca liderança…

O caminho para o futuro da humanidade atravessa o coração, e quem reina nele é a progesterona. A maneira feminina de ver a vida nos fará mais inclusivos, empáticos, afetivos. E se você não percebeu a necessidade de confiarmos no poder transformador das mulheres, você está dormindo. Por favor, desperte!

3º Pedido: Ajude a criar a economia cooperativa e solidária.

É tóxico viver e lidar com tão graves e profundos abismos sociais e econômicos. Ver uma cena de pobreza e não corar delata nossa falta de empatia, de solidariedade, de compaixão. A pobreza não deveria existir. Ninguém nasceu para passar fome, morar na rua, adoecer sem cuidados, não ter educação… Pode ser diferente; não tem por que ser assim. Se você ainda pensa que as carências alheias são só alheias, você está dormindo. Por favor, desperte!

Uma sociedade mais solidária e cooperativa não significa comunismo ou socialismo; e, é óbvio, muito menos capitalismo neoliberal. Nada disso nos fez mais pacíficos e fraternos. Precisamos inventar um modo de convivência que respeite a natureza, não produza sofrimento e trate com dignidade todos os seres vivos. Nós precisamos sair do quadrado. Como? Uma tradição oriental milenar nos sugere que “sonhar com o impossível é o primeiro passo para torná-lo possível.” O ser humano do século XXI precisa despertar e se atrever a sonhar!

________________________

Foto: @catherinekrulik

*Alexandre Henrique Santos – é sociólogo, consultor de empresas, terapeuta e coach. Atuou mais de 30 anos em e para grandes corporações na área do desenvolvimento humano. Mora em Madri e dá palestras, consultorias e workshops presenciais e à distância na Península Ibérica e na América Latina. É meditante, vegano, ecologista, participa de trabalhos voluntários e campanhas de solidariedade. Publicou O Poder de uma Boa Conversa e Planejamento Pessoal, ambos editados pela Vozes.

Contato: alex@ndre.com.br

1 thought on “Três pedidos ou Se eu for antes do que você. Por Alexandre H. Santos

  1. Precisamos acordar em diversos fatores se quisermos mudar essa realidade e despertar sobre nossas responsabilidades, pois tudo que estamos colhendo hoje foi criado pelo homem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter