Do niilismo, do jeitinho, da jabuticaba e da…corrupção. Por Meraldo Zisman

DO NIILISMO, do JEITINHO, da JABUTICABA e da…CORRUPÇÃO

Por Meraldo Zisman

… No âmbito político isso é traduzido na forma de ‘todo político é ladrão’. A nossa tradição é outra. Os meios definirão os fins, não o contrário.

Niilismo é a doutrina que afirma não terem fundamento, sentido nem utilidade as crenças, as verdades e os valores tradicionais.

Do ponto de vista político, niilismo é a teoria segundo a qual o progresso social só será possível depois da destruição da estrutura social existente. O vocábulo niilismo tem como sinônimo: descrença, derrotismo.

O niilista deve fazer jus ao nihilo (“nada” em latim, do qual deriva a palavra niilismo) e ter uma posição imparcial, neutra e cética sobre o que ocorre, em tempos de Lava a jato & assemelhados. Não é isto que está ocorrendo com a maioria da população brasileira, em todos os níveis. Muito pelo contrário, estamos cometendo uma polarização política estranha à nossa formação psicossocial. Insisto. Cuidado com os extremismos, com a intolerância, a raiva e com o preconceito. A falta de diálogo e tantas outras insensatezes conduzem ao nada.

Quanto ao jeitinho, pode ser entendido como um tipo de ação que visa obter algo em benefício próprio ou a solução de um problema prático, através do uso de criatividade, cordialidade, embuste e outros processos sociais, o que não é patente exclusiva brasileira. Quanto à corrupção, esta está espalhada pelo Mundo. Tornou-se pandêmica (epidemia mundial).

No âmbito político isso é traduzido na forma de ‘todo político é ladrão’. A nossa tradição é outra. Os meios definirão os fins, não o contrário.

Assim dizendo, volto-me ao jeitinho, à corrupção e à jabuticaba, que não ocorrem exclusivamente no Brasil, ao contrário do que proclamam as mídias de todos os tipos, as conversas e as fofocas, não importa se verdadeiras ou mentirosas ou oportunistas. Vamos pôr ordem: a jabuticaba, apesar de ter origem brasileira, não existe só por aqui. Vivem exemplares dessa árvore em vários países da América Latina.

Quanto ao jeitinho, pode ser entendido como um tipo de ação que visa obter algo em benefício próprio ou a solução de um problema prático, através do uso de criatividade, cordialidade, embuste e outros processos sociais, o que não é patente exclusiva brasileira. Quanto à corrupção, esta está espalhada pelo Mundo. Tornou-se pandêmica (epidemia mundial).

As crescentes autonomia e efetividade da atuação das Instituições de controle, fiscalização e punição têm sido um caminho positivo. Mas, para que os esforços sejam eficientes, é preciso que iniciemos discussões consistentes a respeito. Um primeiro passo para tanto seria admitirmos que a corrupção não é um mal exclusivamente brasileiro, ou seja, não decorre apenas do “jeitinho brasileiro”, nem é como a jabuticaba.

… Quando é que vamos acabar com essa intrincada patologia de que as coisas ruins só acontecem no Brasil? Caso continuemos desse jeito terminaremos nos psiquiatras e nos psicólogos. Isso é ameaçador até para os profissionais dessas áreas.

Vamos ter calma e reagir de forma madura, acabando com apelidos ofensivos e agressivos como coxinha e petralha. Coxinha, que no Sudeste Brasileiro ainda designa um salgadinho, tem agora um significado ideológico. Petralha são as pessoas que agem simultaneamente como filiados do PT e como os Irmãos Metralha (The Beagle Boys em inglês), que formavam uma quadrilha de ladrões atrapalhados nas histórias em quadrinhos e nos desenhos animados (animação da Disney).

Quando é que vamos acabar com essa intrincada patologia de que as coisas ruins só acontecem no Brasil? Caso continuemos desse jeito terminaremos nos psiquiatras e nos psicólogos. Isso é ameaçador até para os profissionais dessas áreas.

E vale lembrar: tudo tem solução, menos a morte…

____________________

23/02/2011. Credito: Cecilia de Sa Pereira/DP/D.A Press. Recife/PE. Vida Urbana. Materia sobre a visita do presidente nacional da Associacao dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, o brigadeiro Helio Goncalves a sede dos Diarios Associados PE. O brigadeiro esteve acompanhado pelos senhores Eudes Souza Leao e Meraldo Zisman (NA FOTO).

Meraldo Zisman – Médico, psicoterapeuta. Foi um dos primeiros neonatologistas brasileiros. Consultante Honorário da Universidade de Oxford (Grã-Bretanha)

About

Brickmann & Associados Comunicação - B&A / Tel. (11) 3885-6656 / www. brickmann.com.br / E-mail: contato@chumbogordo.com.br / Twitter: twitter.com/ChumboGordo / Facebook: facebook.com/chumbogordo

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.