O doutor desmentido, memes que pululam e Dona Lindôra, a exterminadora da Lava Jato

Confirmando mais uma vez a tese do Mirando quê, para aceitar fazer parte do governo, ou a pessoa não tem amor-próprio ou ficha limpa, surgiram as mais variadas manchas no currículo no recém-nomeado ministro da Educação. Declarou-se doutor pela Universidade de Rosário (Argentina) e o reitor da instituição desmentiu-o, disse que não defendeu a tese. Diferentemente do Mirando, que tem provas abundantes de defesas de suas teses. O que fez o ministro? Editou seu currículo:

https://educacao.uol.com.br/noticias/2020/06/26/ministro-do-mec-edita-curriculo-apos-reitor-nao-reconhecer-doutorado.htm

Na sexta-feira (26) aconteceu o ato suprapartidário Direitos Já com o comparecimento de personalidades das mais variadas correntes políticas, todas defendendo o respeito às leis, é redundância, mas sempre vale asseverar, ao Estado Democrático de Direito. Mas houve uma exceção, Fernando Haddad foi defender Lula, não os Direitos Já.  Um condenado pela lei, o que tem efeito duplamente negativo, reforça a ideia de que as leis só devem ser respeitadas quando  interessa ao PT e reforça o ponto de vista do coiso, lei? ora a lei.

É  mais do que hora da imprensa tratar do grande interesse de alguns partidos no adiamento das próximas eleições municipais, pois há candidatos em potencial que seriam impedidos de participar por estarem impedidos pela Lei da Ficha Limpa e poderão fazê-lo porque o período de punição terá terminado com o alongamento da data.

Como miséria pouca é bobagem, há fortes indícios de plágio no trabalho final de seu mestrado na Fundação Getulio Vargas (https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/06/27/fgv-diz-que-ira-apurar-suspeita-de-plagio-em-tese-de-novo-ministro-da-educacao.ghtml) e (https://noticias.uol.com.br/colunas/constanca-rezende/2020/06/27/ministro-da-educacao-copiou-ao-menos-4-trechos-de-outras-teses-em-mestrado.htm).

Para completar, a assessoria de imprensa da Universidade de Wuppertal, na Alemanha, informa que o ministro não obteve o título de pós-doutorado  que consta em seu currículo Lattes.

Junte-se o acima às suspeitas de malfeitos durante sua gestão no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação trata-se da pessoa perfeita para assumir cargo no atual desgoverno. Não é sem motivo que ninguém decente aceitou assumir o Ministério da Saúde, os que teriam competência para assumi-lo têm noção de higiene, não querem se sujar.

(CACALO KFOURI)

                                                                 ****************

                                                                 ***************

Agora é o novo ministro da Educação (?), antes foram uma presidente, Dilma, e um governador, Witzel. Estou pensando em acrescentar em meu currículo  um doutorado no MIT, meu neto diz que tenho a ferramenta de consertar o mundo, um canivete Victorinox.

 Tem até capitão que levou a patente de brinde, era tenente, quando negociou seu pedido de reforma para não ser expulso do Exército…

                                                                 ***************

                                                                 ***************

Copiada do ntv

 Diretor da Band proíbe Bolsonaro e manda fiscalizar reprises de Lacombe

 Diretor de Programação da Band, Antonio Zimmerle destacou quatro profissionais de sua confiança para fiscalizar a finalização das edições do Aqui na Band que serão reprisadas até a próxima sexta-feira (3). Ele proibiu expressamente nas reprises qualquer menção ao presidente Jair Bolsonaro, assuntos de interesse do governo federal e a presença de convidados que falem de política.

O Aqui na Band está sob intervenção desde a última quinta-feira (25), quando a direção da emissora afastou os apresentadores Luís Ernesto Lacombe e Nathália Batista, além do diretor-geral Vildomar Batista. Toda a produção foi demitida e readmitida no dia seguinte, mas Lacombe pediu a rescisão de seu contrato, que iria até o final do ano. Desde então, a revista eletrônica está sendo reprisada.

Isto tem nome, é censura. Gostando ou não, Lacombe era contratado da emissora, o que fez está feito.Mas, cá entre nós, é só olhar para o tipo físico do rapaz e ler que é fascistinha, mas, se não notaram na hora da contratação, agora, guenta!

                                                             ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

 O manifestado (*) de jornalistas e intelectuais brasileiros no exterior contra a “clara ameaça à democracia” no país

(*) Bom, que eu saiba o certo é o manifesto por meio do qual os jornalistas tinham se manifestado, mas isso era no meu tempo, sei lá como é hoje em dia.

Com suspensão de operações policias (*) em favelas, mais de 400 vidas serão salvas, em um ano

(*) E as policiais, continuam? Errare humanum est mas, caramba, erram, é na versão digital, por que não corrigem? Na impressa não tem jeito, na digital é o não tô nem aí.

Capa com beijo em Bolsonaro faz Olavo de Carvalho entrar com nova ação contra revista

Como se sabe, Olavo de Carvalho foi derrotado, no TJ de SP, em ação contra os editores da Revista Piauí (XXX)

(XXX) Como também se sabe o nome da revista é piauí, em caixa-baixa, é só  olhar a capa para notar  E, principalmente, se informar para saber que em alguns estados existe lei de proíbe a reprodução exata de seus nomes  em publicações não oficiais? Outros exemplos: Folha de S.Paulo, Estado de S.Paulo?

                                                            ***************

Copiadas da Folha

Maioria dos brasileiros considera Bolsonaro pouco inteligente, aponta Datafolha

 Taxas se invertem em relação a 2019, e presidente tem série de características pessoais avaliadas negativamente

De acordo com pesquisa do instituto feita terça (23) e quarta-feira (24), 54% dos entrevistados dizem que ele é “pouco inteligente”, ante 40% que o consideram “muito inteligente”. Não souberam responder 6%.

Pouco inteligente é eufemismo para

Vale também para 46% dos que responderam à pesquisa.

Proposta do Ministério Público por ‘eleições limpas’ tem resistência de partidos

Lançada há mais de um mês e discutida desde março, uma proposta do Ministério Público Eleitoral em São Paulo para que partidos distribuam o fundo eleitoral de forma “mais democrática”, combatam fake news e lancem candidaturas femininas reais e competitivas ainda não foi assinada por mais da metade das legendas.

Alguma surpresa? Se assinassem estariam indo contra seus ideais, os laranjais que, assim como no agronegócio, são grandes fontes de lucro.

No Brasil, apenas 0,05% de grupos de pesquisa se dedicam a desvendar influenza

 Tom Jobim dizia que o Brasil não é para amadores, a língua portuguesa também não, tem razões que a lógica desconhece, valem 0,05% de grupos se dedicam e 99% da população se dedica, Barrabás, que acinte ao pensamento lógico.

Não é à toa que tanta gente diz a gente fomos…

Advogada assume plágio em artigo jurídico e pede desculpas a Moro

A advogada Beathrys Ricci Emerich publicou hoje uma nota de esclarecimento em que assume toda a responsabilidade pelo plágio em um artigo jurídico assinado por ela e pelo ex-ministro Sergio Moro. O texto, publicado este ano no site da revista Relações Internacionais no Mundo Atual, da Unicuritiba, tratava de lavagem de dinheiro do crime organizado por meio do pagamento a advogados.

O trecho foi copiado de artigo do advogado Marcelo Augusto Rodrigues de Lemos publicado em 2019 no site Conjur em resposta a um projeto de lei apresentado pelo deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) que pretendia criminalizar o recebimento de pagamentos a advogados tenham conhecimento da origem criminosa do dinheiro. A pergunta que não está no artigo jurídico da aluna de Moro é qual o advogado que não conhece a origem do dinheiro que está recebendo se os seus clientes lhes abrem suas histórias para que as defesas sejam possíveis? A falta é mais grave que o plágio. Para quem quiser ler a íntegra do texto cuja parte foi copiada:

 https://www.conjur.com.br/2019-set-01/marcelo-lemos-aviltamento-advocacia-tempos-crise

 ***************

 Copiadas do UOL

Em ‘comunhão’ com Bolsonaro, Mario Frias chama auxilio de R$ 600 de esmola

 Frias também falou que os artistas não querem “esmola”, em referência ao auxílio emergencial de R$ 600 aprovado pelo Congresso à categoria.

“Artista não quer esmola. A maioria que eu vejo diz: ‘Me deixa trabalhar’. Não quero auxílio.”.

Não bastassem todas as humilhações já distribuídas a rodo pelo coiso, seu novo “acepipe” acaba de chamar os brasileiros dependentes do auxílio emergencial de vagabundos.

Pivô de crise com a Lava Jato retira candidatura para conselho do MPF

A subprocuradora-geral Lindôra Araújo, aliada do procurador-geral da República, Augusto Aras, desistiu de concorrer a uma vaga para o Conselho Superior do MPF (Ministério Público Federal).

Aliou-se a Aras, perdeu a chance da vaga e, se depender dos colegas, vai ter de mudar o nome para Feiôra.

                                                            ***************

Copiada do Estadão conteúdo

Aras quer dados da Lava Jato no Rio, território de interesse de Bolsonaro

 O procurador-geral da República Augusto Aras solicitou dados da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, área de interesse da família Bolsonaro, aponta ofício enviado pelo PGR à força-tarefa local. Assim como em Curitiba e São Paulo, a justificativa seria “subsidiar o exercício” da Procuradoria. Apurações da Lava Jato Rio levaram à Operação Furna da Onça, deflagrada em 2018 para apurar esquema sistêmico de corrupção na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Que coincidência, não? Alerj, parquinho de diversões de 01 e Queiroz. Aras é tal e qual quem o escolheu, quando se acha que sossegou logo tem uma recaída e cai a máscara, no caso do chefe dele só uma, não usa a outra.

Resultado? Três integrantes do grupo de trabalho da Lava Jato na PGR (Procuradoria-Geral da República) pediram para se desligar da função por discordar da coordenação dos trabalhos, a cargo da subprocuradora Lindôra Araújo. Em se falando nela, a grafia de seu nome ora tem chapéu ora não. No site da PGR consta com, mas poucos se dão ao trabalho de verificar.

                                                            ***************

 

1 thought on “O doutor desmentido, memes que pululam e Dona Lindôra, a exterminadora da Lava Jato

  1. Não se trata apenas do doutorado fake e do mestrado by the way – by the bad way, de fato. O pós-doutorado desse sujeito, coisa que só poderia existir em presença de um diploma de doutor, evidentemente nunca existiu. É a razão pela qual o espertalhão eliminou hoje, de seu Lattes, a menção a mais esse delírio. Nota: não o teria feito se o reitor da universidade de Wuppertal, na Alemanha, já não tivesse desmentido o trouxa…

    Nessas horas, pergunto-me por que Pinocchio não escolheu o Brasil pra nascer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *