Você perdeu, Neymar. Coluna Mário Marinho

Você perdeu, Neymar.

COLUNA MÁRIO MARINHO

Não se trata apenas de perder um jogo.

Não se trata apenas de perder o duelo com Cristiano Ronaldo.

Trata-se de uma derrota que pode significar a eliminação na Champions League e, por tabela, tirar o brasileiro da vitrine que pode levá-lo ao título de melhor do mundo.

Se não conseguir reverter a situação no jogo de volta, em Paris, Neymar estará abrindo caminho para que o título de melhor do mundo fique, novamente, entre Messi e Ronaldo.

A imprensa europeia não perdoou Neymar.

Diversos jornais usaram “Neymal” no título.

Os jornais franceses não foram tão ácidos, mas deram nota 4 à atuação do namorado da Marquezine.

A verdade é que a forma irreverente de ser do Neymar não ajuda muito na imagem.

Em campo, ele começou bem, começou caçado, como parece gostar, exagerando nas fores e nas caretas, mas produtivo para o time, mesmo quando segurou a bola demais.

O Paris Saint Germain chegou a dominar o jogo e levou perigo ao gol do Real Madrid. Não só levou perigo, como também fez o primeiro gol.

Mas, do outro lado, havia um Real Madri, um Cristiano Ronaldo.

Veio a reação com o gol de Ronaldo, resultado de um pênalti infantil cometido pelo zagueiro Lo Celso e bem cobrado por Ronaldo.

O português encarna a expressão inglesa “right man, rigth place, right time” – o homem certo, no lugar certo, na hora certa. E foi assim que a bola rebatida pelo goleiro encontrou seu competente joelho para virar o jogo.

Até então, perder por 2 a 1, não era um resultado assim tão ruim. Mas eis que apareceu Marcelo, o melhor em campo, para fazer 3 a 1, num golaço.

Mas a derrota parece que pesou mais para o técnico do PSG, Unay Emery.

Ninguém conseguiu entender o por que de ter deixado no banco o brasileiro e capitão Thiago Silva, para entrar em seu lugar Kjmpembe – que não jogou mal, mas, talvez, a experiência de Thiago Silva tivesse dado mais resultado.

Outra ausência inexplicável foi do rápido atacante Di Maria.

Aliás, as esposas dos dois jogadores usaram as chamadas redes sociais para dar um pau no técnico. Diz a boa sabedoria que não é de bom tom arranjar briga com as mulheres. Elas são poderosas.

Mas foi um jogaço.

Veja os melhores momentos:

Foi mal,
Corinthians.

A derrota para o São Bento, 1 a 0, mostra que o Timão ainda não fez sua estreia neste ano de 2018.

Confuso em campo a ponto de seus jogadores trombarem, o Corinthians até que criou algumas jogadas, perdidas de forma às vezes bizarra. Foram muitos os erros de passes de distância mínima.

Jadson voltou a jogar mal; Rodriguinho anda assim, meia boca.

O Santos se deu bem e venceu a primeira na Vila.

Mas, o Paulistão, se terminasse sua fase de classificação hoje, teria os quatro grandes entre os finalistas.

Veja os
Gols da rodada

https://youtu.be/SfPzTxZ4MOc

FOTO SOFIA MARINHO

Mario Marinho – É jornalista. Especializado em jornalismo esportivo foi durante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Culturam de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.
 (DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

2 thoughts on “Você perdeu, Neymar. Coluna Mário Marinho

  1. Assisti os dois últimos jogos do Neymar e em ambos o seu desempenho foi semelhante. Se a jogada der certo é gênio se der errada foi fominha. Acontece que tem dado mais pra fominha do que dado certo. Daí a crítica. E quando o time perde, então, salve-se quem puder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter