Estado e Igreja

Separem Estado e Igreja. Viva a Ciência.

▷ Cientistas: Imagens Animadas, Gifs Animados & Animações – 100% Gratuitas!Este trecho de matéria que trata da descoberta da insulina – o fato ocorreu há cem anos – publicada na Folha de S.Paulo (27) é um alerta para que as pessoas fiquem alertas em relação ao perigo de se permitir a influência de uma religião, seja ela qual for, em assuntos laicos, a importância de manter a separação total entre Estado e Igreja:

Séculos mais tarde, já no ano 120 da era cristã, o grande médico Arateus da Capadócia descreveu em detalhes a descompensação do diabetes e o coma diabético. Durante o apogeu da medicina árabe no século 10, o médico Avicena delineou as complicações do diabetes, incluindo a gangrena diabética e o “colapso da função sexual”, atualmente denominada disfunção erétil.

O advento do cristianismo, no entanto, impediu até certo ponto a evolução da medicina no Ocidente, especialmente na era medieval, uma vez que a cura ou a melhora das doenças só podiam acontecer pelos milagres. A intervenção médica era desestimulada.

Esse cenário somente começaria a mudar a partir do século 18, quando a metodologia científica foi introduzida na medicina. Médicos passaram a investigar como e por quais causas as doenças ocorriam. O termo fisiopatologia passou a ser utilizado para uma melhor compreensão das doenças em geral e para o desenvolvimento de tratamentos mais adequados.”.

O coiso embromou, enrolou, disfarçou e… deu posse ao implicadérrimo com a Justiça Ciro Nogueira como ministro da Casa Civil. O Centrão, definitivamente, assumiu o Poder e, assim, a velha política e a corrupção subiram juntas. Para fechar a mutreta com chave de ouro – e sabe-se lá de onde veio o ouro – a mãe do novo ministro, Eliane Nogueira Lima,  assumirá o lugar dele no Senado.

 A próxima façanha será o veto de araque do Fundo Partidário. As nobres excelências, sempre legislando em causa própria, aumentaram o valor para mais de R$ 5 bi. O coiso, “indignado”, mas falso como sempre, vai vetar e aprovar um valor ao redor de R$ 4 bi!, o dobro do que seria se corrigido simplesmente pelo índice de inflação, pouco mais de R$ 2 bi, o que já seria um absurdo.

 Duas meninas, Simone Biles,24 anos, e Rayssa Leal,13, deram uma importante lição nos Jogos Olímpicos, há que respeitar o lema do barão Pierre de Coubertin, criador dos Jogos modernos, “O importante não é vencer, mas competir e com dignidade.”.  Simone, ao sentir que sobre seus ombros estavam as mesmas responsabilidades do confronto EUA vs a então URSS durante a Guerra Fria, optou por abandonar a competição, o que possibilitou com que a ROC – Russian Olympic Committee – levasse a medalha de ouro na competição. Simone declarou que “Eu acho que a saúde mental é mais prevalente nos esportes agora. Temos que proteger nossas mentes e nossos corpos e não apenas sair e fazer o que o mundo quer que façamos.”.

Já a nossa Rayssa, com seu comportamento alegre, deixou claro que estava se divertindo, ganhasse ou perdesse, o comportamento seria o mesmo. 

Orlando Drummond, o Seu Peru Morreu, ontem, Orlando Drummond, para as gerações mais novas, o inesquecível “Seu Peru”, da Escolinha do Professor Raimundo, que, hoje, correria o risco de ser alvo dos inomináveis politicamente corretos por exagerar nos trejeitos de uma personagem homossexual. Mas, para quem tem RG baixo, no caso, eu, a lembrança começa muito antes, pois testemunhei o início das dublagens do que era apresentado na TV. Orlando dublou Popeye, Scooby-Doo, Alf o ETeimoso, Puro Osso, Vingador, Gargamel, Atchim, Gato Guerreiro, Bionicão.

O pessoal do canal Viva, do Grupo Globo,  que reprisa a Escolinha diariamente, não teve a sensibilidade de cancelar a reprise do abominável Big Brother Brasil e exibir, no lugar, o programa em que Seu Peru brilhou. Tristes tempos de muita incompetência generalizada. A prova é a existência do “Mirando”.

 Barrabás, ouvido na Globo News, mas sem conseguir registrar a frase toda: sei lá o quê “decidiu de que”! Uau!!!

(CACALO KFOURI)

                                                             ***************

                                                             ***************

Olha o “chegar em”, leitor, dominando o português. Está na capa fake da Folha à guisa de publicidade. Não é maldade, é a realidade, presente da TV Globo, que tem inegável influência no jeito de as pessoas falarem e, depois, escreverem. Em 90% das vezes, e faz tempo, os repórteres usam “Fulano chegou em XPTO”, “O avião chegou em YZXR” e por aí afora.

                                                              ***************

Copiadas da Folha

O ensino médio se move

Outra alteração relevante é o aumento da carga horária mínima, de 800 para 1.000 horas anuais, que encontra maiores dificuldades de implementação no período noturno, onde estão(!!!) mais de um quinto dos alunos do ensino médio.

(!!!) Peraí, se a concordância por proximidade – a famosa 10% da população é ou 1% das pessoas são – já é discutível, a por “distância” é indiscutivelmente errada, onde está mais de um quinto e não se fala mais nisso. Zé fini!

 Deputado defende trabalho infantil ao comemorar vitória de Rayssa nas Olimpíada

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) publicou na madrugada desta segunda-feira (26) um texto em defesa do trabalho infantil e mencionou a skatista maranhense Rayssa Leal, 13, como exemplo para defender o seu posicionamento.

É ofensivo dizer que o posicionamento dele é de quatro, se alimentando…? Caramba, isso só poderia mesmo sair da cabeça de um apoiador daquele em que levaram horas para descobrir em que parte do corpo houve a obstrução…

“As crianças brasileiras de 13 anos não podem trabalhar, mas a skatista Rayssa Leal ganhou a medalha de prata na Olimpíadas… Ué! É pra pensar… Parabéns a nossa medalhista olímpica! E revisão do Estatuto da Criança e Adolescente já!”, disse em suas redes sociais.

É o caso de fazer a velha pergunta: o que é que o etc. tem a ver com as calças se tem uma etc.eca separando os dois.

 E pensar que  o Sóstenes original, judeu, foi um chefe de sinagoga na Grécia Antiga, que foi castigado pelo seu povo em lugar de seu irmão Paulo, que não aceitava a menção ao nome de Jesus e à Boa Nova. Como não  conseguiram castigar Paulo, impuseram a pena a ele que acolheu seu irmão que pregava a palavra de Cristo. Mesmo punido,  Sóstenes não abandonou a fé em Cristo e a atividade missionária de Paulo. Pelo menos, é o que está na Bíblia.

                                                             ***************

Copiadas do G1

O que se sabe do ‘apagão do CNPq’ que deixou cientistas sem acesso ao currículo Lattes

Todos os serviços de órgão do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação apresentam sérios problemas nos últimos dias. Paralisação afeta diretamente a Ciência brasileira.

Desde 24 de junho, cientistas brasileiros relatam dificuldade para acessar o currículo Lattes e diversos sistemas de informática do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O órgão, vinculado ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), está entre as principais agências de fomento à pesquisa no país e suas plataformas online são essenciais para a concessão de bolsas aos estudantes e para a coordenação de estudos entre diferentes grupos espalhados pelo Brasil e pelo mundo.

Nas redes sociais, os cientistas estão usando o termo “apagão do CNPq” para se manifestar sobre a situação e contar como o trabalho deles é prejudicado por essa indisponibilidade.

Entre todos os sistemas afetados, aquele que vem gerando a maior comoção entre os especialistas é a indisponibilidade da Plataforma Lattes.

É o retrato completo e acabado do respeito que os atuais ocupantes do atual governo pensam do conhecimento, querem o país nas trevas e não é as que estão previstas para novembro devido  ao apagão. O MCTI está sob a responsabilidade do “astronauta de araque” Marcos Pontes, mais um militar incompetente a desmoralizar as Forças Armadas,  é tenente-coronel da Força Aérea Brasileira.

 

O astronauta sonso só foi ao espaço porque o governo do Estados Unidos estava implementando uma política de agradar a Brasil e quem, quem, quem era o presidente? Lula! E quem era o dos EUA? George W. Bush!!!

Junte-se ao problema o fato de que está prevista uma gigantesca evasão escolar devido à pandemia em um país em que a educação sempre foi ruim, é grande a possibilidade de o Brasil retornar ao nível de conhecimento que havia no século 19.

Bolsonaro diz que está entregando a ‘alma do governo’ a líder do centrão(*)

Horas após sacramentar o senador Ciro Nogueira (PP-PI) como novo ministro-chefe da Casa Civil, Jair Bolsonaro disse, em entrevista a uma rádio, que está entregando ao líder do Centrão(*) a “alma do governo”.

(*) Cara-pálida, decida-se, qual é o Fausto do coiso?

Tradução: “Eh eh eh, enganei todos vocês, trouxas, que votaram em mim! Quem mandou não se informarem a respeito de quem iria receber seu voto? Sempre fui um horror, terrorista quando no Exército, um crápula quando deputado estadual e federal. Agora, engula e diga que está arrependido. Não adianta, não tem perdão, vai morrer com o pecado.”.

                                                             ***************

Copiada do Blog do Ancelmo

Defesa alega investigação ilegal na Operação Fumus(*)

(Eles pretendem anular o processo e a revogação da prisão preventiva)(???) de Coutinho, decretada pela 1ª Vara Criminal Especializada, em 14 de junho deste ano, em virtude de delação premiada da Operação FUMUS(*)

(???) Barrabás, são advogados de defesa ou de ataque? Querem anular a revogação da prisão preventiva e manter o cliente preso? Cara-pálida, foi isso que escreveu… Pretendem anular o processo e pedir a revogação da prisão, capisce?

 (*) A caixa-altabaixite é crônica mesmo, não tem jeito… Fumus, escriba, vortemus a ter o problema.

LIvro(!!!) revela entrevista inédita de Leonel Brizola sobre infância pobre

(!!!) Vixi, a crise está brava, LI… Milagrosamente, foi corrigido.

No(???) livro, (…), mostrará fatos marcantes contados pelo próprio político

(Cara-pálida, O livro (…) mostrará, né mermo?

(…) o dia inteiro e estudava à noite. .(*) Brizola dizia que não.(*) era nem

(*) Pontos sobejam. Cara-pálida, uma sugestão, troque-os por hífens, o blog carece deles.

Dono de clube de canoa é mais rápido do que polícia e recupera bicicletário em ferro(*)velho

(*) Não disse? “Carca” hífen generalizado, escriba.

Esse bicicletário foi instalado por Helio Teixeira,

(…) correr os ferros(*)velhos da cidade. (…), o bicicletário em um ferro(*)velho

Estava no ferro(*)velho do Largo da Batalha.

(*) A troca, se feita, não será suficiente, faltam quatro hifens e sobram só dois pontos…

 Flamengo ‘perdeu’ R$ 150 milhões com o Maracanã fechado

O Flamengo vai protocolar daqui a pouco junto a(à)(*) Secretaria de Saúde do Rio,

(*) Em bom português é na, cara-pálida.

Morre o ator Orlando Drummond, o ‘Seu Peru’ da ‘Escolinha do Professor Raimundo’

Ele tinha 101 anos e deixa dois filhos, cinco neto(!!!)

(!!!) E pensar que a história do “um chopes e dois pastel” foi criada pelos cariocas pra zoar com paulistas… netos, cara-pálida.

(…). O carioca de Vila Isabel (entrou para o Entrou para)(!!!) o Guinness Book,

(!!!) Que capricho, que consideração com o leitor… Quantas vezes ele entrou, cara-pálida?

O tradicional Festival Internacional da Sanfona 2021 será online(*)

(*) Desta vez, na próxima poderá ser on-line, não está errado, mas mostra falta de padronização.

Targino Gondim (na foto com Lucy Alves), autor de “Esperando na janela”, está a(*) frente do O(!) VII Festival Internacional da Sanfona

(*) À frente, escriba.

(!) Ela não resiste, não perde uma chance de usar uma caixa-alta nem que para isso tenha de fazer uso inadequado de um artigo. Tira o bicho daí, cara-pálida.

“Reparei que aumentou bastante o número de mulheres sanfoneiras nessa(*) edição do evento”

(*) Na VI? Por quê, se for na VII é nesta. Vale ali pra baixo também.

Nessa(*) edição,  as oficinas e na Jam Sanfona Session contam com as presença das sanfoneiras Alessia Civalleri(Itália),  Amandine Musichini(França), Anne Mari Kanniainen(Finlândia), Las Damas del Litoral(Argentina); e as brasileiras Anne Louise Sanfoneira(Roraima) e Liz Ferraz(Campinas) que só não fizeram apresentações pois(XXX) não tinham trabalhos prontos.

(XXX) Porque, cara-pálida, não tem cabimento pois se usou “só”, capisce? E por que comeu todos os espaços depois dos nomes das partícipes, quebrou a tecla?

Dia dos Pais aquece comércio: 5,6 milhões de fluminenses devem comprar presente

 (…),  está prevista uma injeção financeira de R$ 901 milhões na economia do estado, (frente aos)(!!!) R$ 873 milhões de 2020.

(!!!) Trata-se de uma invenção do economês que não tem paralelo no português. Na língua pátria é em comparação aos, ante os, em relação aos. Para com ilso, deixa dilso, cara-pálida.

                                                             ***************

errar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter