Daniel, 15 anos, rumo à Itália. Blog do Mário Marinho

DANIEL, 15 ANOS, RUMO À ITÁLIA

BLOG DO MÁRIO MARINHO

Resultado de imagem para Daniel del Tedesco Alves"

Com 15 anos de idade, 1,86 metro de altura, Daniel del Tedesco Alves acaba de receber as passagens de avião (ele, o pai e a mãe) para viajar no próximo dia 9, rumo à Itália.

Não, não se trata de mais um jovem atacante do futebol brasileiro que está se mandando para a Europa.

Daniel, ou Biônico, como é chamado pelos amigos e companheiros, é um jogador de basquete, armador, que atualmente defende o Paulistano, aqui em São Paulo.

Ele é considerado um fenômeno para a sua idade. Ágil, rápido com 328 pontos em 30 jogos na temporada de 2019 – marca considerada excelente para um armador.

Com todo bom brasileirinho que se preze, Daniel, aos cinco anos de idade queria ser jogador de futebol. Chegou a frequentar a escolinha do Corinthians, time de seu pequenino coração.

Porém, acompanhando o pai, também Daniel, que jogava basquete, passou a entrar nas quadras após os jogos para bater bola ou fazer o X1 que é um contra um. Ele contra o pai, claro.

Assim, o futebol perdeu um possível bom jogador e o basquete ganhou um craque.

Aos 9 anos, Daniel Biônico fez seu primeiro jogo oficial, na verdade uma pelada de basquete, no Complexo, um conjunto esportivo público da cidade de Barueri-SP.

Havia jogadores de todas as idades, mas ele era o mais novo.

O pai coruja filmou o jogo e colocou lances na internet.

A atuação do garoto, sua rapidez, passes certos, raciocínio rápido chamaram a atenção do GRB, Grêmio Recreativo de Barueri.

Essa foi a primeira camisa que ele defendeu.

Vieram outras até chegar ao Paulistano.

Com poucos minutos de um teste, chamou a atenção do professor Denílson Leite, responsável por aquela categoria.

– Quem é o pai desse menino?, perguntou o professor Leite. Quero falar com ele.

E foi assim que Daniel começou a treinar no Paulistano. onde conquistou títulos de torneios interclubes, torneios municipais e estaduais.

Lá na Itália, o brasileiro Diglay Marcelo era um Talent Scout depois de uma bem-sucedida carreira de jogador que começou na cidade de Campinas-SP, onde nasceu.

Em 1991, ele foi convidado a jogar basquete na Itália.

Ao longo dos anos, construiu uma bem-sucedida carreira de jogador conquistando títulos nacionais e internacionais.

Terminada a careira de jogador, Marcelo começou a de Talent Scout, Caçador de Talentos.

Já levou alguns garotos brasileiros para lá. Atualmente, conta com três jogadores.

Marcelo teve notícias do jovem Nicholas, também do Paulistano, através de um vídeo que chegou às suas mãos.

Conversou com Nicholas e disse que precisava também de um garoto para a posição de armador.

No mesmo vídeo, apareciam lances de um camisa 14 que lhe chamou a atenção.

– Quem é ele?, perguntou para Nicholas.

– É o Biônico.

Marcelo entrou em contato com o Daniel pai e os acertos foram feitos.

No próximo dia 9, Daniel pai, Daniel filho e a mãe Flávia embarcam para a Itália.

O garoto vai para ficar, como explica Diglay Marcelo:

– Ele vai jogar no Franca Villa, de Brindisi. Já cuidamos de tudo: alojamento e escola. A escola é de tempo integral, onde além de estudar as matérias do currículo, vai aprender italiano e outra língua que for do interesse dele – talvez inglês, talvez espanhol.

Assim, Marcelo deixa de lado a profissão de Talent Scout e passa a ser um agente esportivo.

– Todo garoto que deixa a casa dos pais, o lar, tem dificuldades de adaptação, sofre com a saudade. Eu passei por isso, lá na década de 1991. Eu não viso apenas colocar o garoto para jogar, mas dar todo um acompanhamento na vida profissional dele.

Ao chegar em Brindisi, na sexta-feira, Biônico e os pais receberão de Marcelo um projeto de trabalho e de vida para os próximos 10 anos.

Daniel, talvez, passe a se chamar Del Tedesco, o sobrenome de origem italiana da mãe, que lhe facilitará a nacionalidade italiana.

E já em fevereiro estará participando de um torneio internacional para jogadores sub 16 com jogos na Espanha e na Hungria.

São as portas do mundo se abrindo para o jovem Del Tedesco.

Buona fortuna ragazzo!

—————————————————————————————–

Mário Marinho – É jornalista. É mineiro. Especializado em jornalismo esportivo, foi FOTO SOFIA MARINHOdurante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

2 thoughts on “Daniel, 15 anos, rumo à Itália. Blog do Mário Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter