manguezais

Deixem nossos manguezais em paz, criminosos de governo!

MANGUEZAISO governo, não contente com os crimes contra o Ambiente cometidos ontem (28) com a extinção de regras de proteção aos manguezais e restingas, pretende, em nome do programa Renda Brasil, cometer outros, desta vez contra a educação, ao querer desviar recursos do Fundeb, e dar calote suspendendo o pagamento de precatórios, dividas que têm de, obrigatoriamente, pagar, pois assim determinou a Justiça, sem possibilidade de recursos protelatórios. Na verdade, são três crimes, os dois citados que constituem o terceiro, a pedalada que levou à cassação do mandato de Dilma Rousseff.

 Hoje ocorrerá nos EUA o primeiro debate entre Trump/Tramp e Joe Biden, candidatos presidenciais nas eleições que se aproximam. Trump, cada vez mais Tramp, segundo cuidadosa apuração do The New York Times, vem sonegando Imposto de Renda há mais de uma década – uma rachadona -, tipo de comportamento que levou Al Capone às grades.

 Este entrevero acontecido no domingo (27),  envolvendo um não sei o quê, um que arrotou ser médico (!!!), sócio de um dos restaurantes mais badalados de São Paulo, o Rubayat, deve ter envergonhado o irmão dele, Belarmino Iglesias, uma pessoa respeitável até onde o Mirando sabe. O episódio, é, infelizmente, um retrato fiel dos que se acham a “zelite” pátria, que o Mirando prefere chamar de Celite, tradicional marca de produtos para banheiros:

Ao assistir à propaganda do Itaú na TV ocorreu-me a pergunta feita quando do discurso do coiso na abertura da Assembleia Geral da ONU, quem eles pensam que estão enganando? Anuncia um mar de bondades e cobra 320% de juros no cartão de crédito ao ano Que banco bonzinho…

(CACALO KFOURI)

                                                                ***************

***************

Copiada da COLUNA RUBENS VALENTE

Bolsonaro fala em ‘índio evoluído’; APIB e antropólogos repudiam declaração

O presidente Jair Bolsonaro declarou, em uma live na última quinta-feira (24), que há no país um tipo de “índio evoluído” que poderia ter “mais liberdade sobre a sua terra.

O que faz falta a esta terra é um presidente evoluído…

***************

Copiadas da Folha

Celebração de 34 anos de Roda Viva traz de volta ex-âncoras e FHC

O mais tradicional programa de entrevistas da TV brasileira estreou em 29 de setembro de 1986. Na semana em que completa 34 anos, o “Roda Viva” traz de volta um de seus convidados mais frequentes, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, para ser sabatinado por uma bancada formada apenas por ex-apresentadores da atração: Daniela Lima, Heródoto Barbeiro, Matinas Suzuki, Rodolpho Gamberini e Paulo Markun (que participa remotamente).

Apresentadores muito bons, mas, infelizmente, o melhor morreu em 1996, Jorge Escosteguy. Com ele não tinha refresco, presença imponente, enérgico, pero sin perder la ternura jamás.

 A atual condutora do programa, Vera Magalhães, poderia ter se informado melhor a respeito da pandemia, citou que o Brasil tem 132 mil mortos quando, na verdade, são mais de 142 mil.

Médica enviada para impedir aborto em menina capixaba diz que missão foi institucional

A atuação da comitiva de médicas enviada à cidade de São Mateus (ES) para propor que uma menina de dez anos grávida após estupro tivesse o bebê, em vez de fazer um aborto legal, foi “institucional”, afirmou à Folha uma das participantes da equipe.

O caso foi revelado no dia 21 em reportagem da Folha sobre a ação coordenada pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, para tentar impedir que a vítima passasse pelo aborto legal. Por esse plano, a criança gestante seria colocada aos cuidados do Hospital São Francisco de Assis (HSFA), de Jacareí (SP), onde levaria a gravidez adiante.

Damares contestou a reportagem e a informação de que a missão de seu ministério tenha tratado de aborto.

A assistente social Mariângela Consoli de Oliveira confirmou ter estado na reunião na sede da prefeitura de São Mateus, articulada pelo ministério de Damares para discutir o caso da menina. “Foi uma iniciativa institucional, não partiu de mim”, afirmou Mariângela à Folha, na sexta-feira (25). “Prefiro não falar sobre isso, porque isso aí já passou. Tudo o que eu fiz foi por trâmites legais.”

A ministra, ao desmentir, mentiu e manteve em uso a principal modalidade esportiva praticada no atual governo, a mentira deslavada. Não mudarão o comportamento, os bolsominions gostam.

 ***************

Copiada do Blog da Andréia Sadi

3 nomes são cotados para vaga de Celso de Mello no STF

Antecipação da aposentadoria do ministro acelerou discussões dentro e fora do Planalto.

Os mais cotados são Jorge Oliveira, ministro da Secretaria-Geral da Presidência,  André Mendonça, ministro da Justiça, e o ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça. Analisados   pela aparência, melhor que o escolhido não seja nenhum dos três, não inspiram confiança.

***************

Copiada do ESTADÃO conteúdo

Com Conama nas mãos, Salles aprova extinção de regras que protegiam manguezais

Com um conselho de meio ambiente controlado majoritariamente por ministérios e membros do governo federal, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, aprovou nesta segunda-feira, 28, a extinção de duas resoluções que delimitavam as áreas de proteção permanente (APPs) de manguezais e de restingas do litoral brasileiro. A revogação dessas regras abre espaço para especulação imobiliária nas faixas de vegetação das praias e ocupação de áreas de mangues para produção de camarão.

O ministério vai mudar de nome, Ministério de Destruição do Meio Ambiente. Até o fim do mandato do coiso muito mais será destruído, o que levará o país à desertificação e ao isolamento, há sinais evidentes disso da parte da União Europeia, sem esquecer que o outro negacionista, o coisão, provavelmente não será reeleito.

 Foi aprovado também outro ataque ao Ambiente, a permissão para incinerar em fornos industriais restos de agrotóxicos e suas embalagens para transformá-los em cimento, o que resultará em emissão de fumaça venenosa.

 Algumas entidades tentam a destituição do sinistro contra o Ambiente na Justiça, o quê, se acontecer, resultará em troca de seis por meia dúzia, é política oficial destruir o Ambiente.

 ***************

Copiada da Coluna Roberto Gentile

Justiça nega a Roberto e Erasmo posse de 72 músicas, incluindo clássicos

Cabe recurso à(???) decisão.

(???) Não, cara-pálida, cabe recurso “da” decisão à Justiça.

***************

Copiada do UOL

 Duas assessoras repassaram um total de R$ 27 mil, após seus salários e auxílio-alimentação caírem em suas contas bancárias, ao advogado do atual senador Flávio Bolsonaro (hoje no Republicanos) durante o período da campanha eleitoral do ano de 2018. As informações são resultantes da quebra de sigilo bancário das funcionárias, obtidas com exclusividade pelo UOL, e mostram que a prática da rachadinha no gabinete na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) do então deputado estadual ia além dos depósitos realizados na conta do policial militar Fabrício de Queiroz.

Foram 22 repasses realizados todos os meses entre junho e dezembro de 2018, período que abrangeu as eleições, ao advogado Luis Gustavo Botto Maia, responsável pela parte jurídica da candidatura de Flávio Bolsonaro ao Senado. Ele recebeu depósitos regulares de Alessandra Cristina Oliveira (15) e Valdenice Meliga (7), de acordo com os dados bancários analisados pela reportagem.

Mantida a média da zeralhada, estoura uma picaretagem dia após dia, não falha. O Queiroz citado  é aquele que depositou R$ 89 mil na conta da madrasta de 01…?

***************

Manguezais um berçário de vida marinha

fonte: https://www.bioicos.com.br/post/manguezal-um-bercario-de-vida-marinha

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter