medo

Covardão mais mentirosos mais injustiças. Igual a muito medo

Não há como adjetivar de outra maneira, o presidente da Câmara Rodrigo Maia é covardão, a cada 15 minutos o coiso dá motivo para ser alvo – linguagem adequada para ele – de impeachment e o parlamentar tranca na gaveta os vários pedidos já encaminhados. O fato de sua gestão estar chegando ao fim não representa esperança de tempos melhores, entre os eventuais substitutos não há nenhum melhor e um deles é, certamente, pior.

 O coiso mente desbragadamente. Em mais uma zurrada declarou no dia 18 que “O 13º  salário do Bolsa Família. Não teve esse ano porque o presidente da Câmara deixou caducar. Cobra do presidente da Câmara”. Rodrigo Maia retrucou, “Já que o governo quer o 13º do Bolsa Família, vão poder defender a medida na MP do auxílio”.  Fora a mentira, um monte de erros gramaticais com sói acontecer quando semianalfabetos se manifestam. Por causa da resposta a verdade veio à tona, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, declarou que a medida provisória não foi votada a pedido do Ministério da Economia, portanto, do governo. Maia, o que não tem coragem de desengavetar ao menos um dos pedidos de impeachment, encheu-se de brios e tascou, corretamente, o que é o coiso, MENTIROSO!

 De grão em grão a galinha enche o papo, de derrota em derrota o coiso enche o saco, quatro no mesmo dia. Seu líder na Câmara e o ministro Paulo Guedes confirmaram que é mentiroso no caso do 13º do Bolsa Família, STF veta medida de política de escola especial, Câmara derruba termo de consentimento para vacinação e a ministra Carmén Lucia manda a PGR apurar a ajuda da Abin a 01, o rachador.

 Isso sem mencionar a tunda no STF a respeito da obrigatoriedade de as pessoas serem vacinadas, no que a Corte tem apoio até de ministros do (des)governo dele.

 E como mau militar que sempre foi, mente ao negar a vacina, pois militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, desde o início dos anos 1970,  são obrigados, por lei, a se imunizar, “visando ao controle, à eliminação e à erradicação de doenças imunoprevisíveis”. São obrigados a vacinar-se contra difteria, tétano, sarampo, coqueluche, caxumba, rubéola e febre amarela e hepatite B, o que significa que tomou todas elas, pois entrou para o Exército em 1973.

No Estadão (21), na página A6, uma perfeita do desgoverno do coiso, coisa ruim dos diabos: “Saldo dos 2 anos no fim de uma década perdida”

https://politica.estadao.com.br/blogs/carlos-melo/saldo-ainda-mais-negativo/

A vida prega peças, o Reino Unido saiu da União Europeia apesar de esta não querer e, agora, por causa de uma mutação do novo coronavírus, a UE bloqueou os reinados pela longeva rainha Elizabeth…

Morreu, aos 86 anos, Doca Street, assassino confesso de Ângela Diniz, que recebeu o título de “mulher fatal” do fútil colunismo social. Admitiu que a matou, foi defendido por um brilhante advogado, Evandro Lins e Silva, que usou como argumento de defesa a  execrável tese de “legítima defesa da honra”. Em todas as notícias a respeito da morte do assassino o fato   é citado, mas o nome do advogado é omitido. Falta de isenção. Doca foi condenado a 15 anos de prisão, cumpriu três, sumiu, quando foi reencontrado pela polícia este digitador, então repórter fotográfico do Estadão, fotografou o acontecimento.

 O fato de Evandro ter defendido a tese mostra que a ética dos advogados varia conforme o pagamento envolvido, o que é triste, pois é uma categoria fundamental nos regimes democráticos e, muitas vezes, até nos ditatoriais, como é o caso de Evandro.

Segundo Ignácio de Loyola Brandão, em sua crônica de sexta-feira (18) no Estadão, faltam selos nas agências dos Correios e não há previsão de quando a situação será normalizada. Isso está cheirando a treta para forçar a privatização da empresa.

 A alardeada compra por R$ 57,5 milhões do quadro Caipirinha, de autoria de Tarsila do Amaral, em um leilão é mais uma prova da insensibilidade dos afortunados deste país injusto. Milhões de brasileiros passando fome, perdendo emprego, empresas fechando e uma única pessoa tem dinheiro de sobra para gastar em um quadro. Sim, de sobra, alguém consegue imaginar o tamanho da fortuna de quem faz esse gasto?

 Nas séries policiais do tipo dos vários CSIs, SUVs  e outros parecidos uma coincidência é sempre apresentar advogados, jornalistas e componentes da corregedoria como pessoas injustas, apoiadoras do que é errado. Não há dúvidas de que exista gente assim em todas as categorias citadas, falta o registro de que 90% são pessoas, decentes, mas os roteiros, neste quesito, parecem ter sido escritos pelo coiso ou seus seguidores, “Não se esqueçam disso, essa imprensa jamais estará do lado da verdade, da honra e da lei. Sempre estará contra vocês.”.

 O Mirando recomenda enfaticamente aos que  que têm TV por assinatura que assistam a um filme exibido no Telecine Cult de nome “I, Daniel Blake”, mostra que a falta de respeito e consideração do Poder Público pelos cidadãos é universal.

(CACALO KFOURI)

                                                             ***************

Indepedência é libedade total? Independência, cara-pálida. O erro está na capa do UOL há mais de 10 horas e ninguém viu…

 

Quanto à declaração de Gleisi, ainda bem que não influenciou, caso contrário o partido poderia apoiar Lira como foi ventilado inicialmente.

                                                              ***************

 Copiadas do Estadão

 São Paulo

 O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, derrubou a liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo que havia permitido a venda de bebidas alcoólicas após às(*) 20 horas no Estado, alegando “potencial risco à saúde pública”.

(*) Cara-pálida, e após “ao” meio-dia, após “ao” almoço? Tira a crase daí.

Lei do Senado pode frear concorrência no transporte

O projeto de lei aprovado por senadores que muda as regras no transporte rodoviário interestadual pode, na prática, frear a concorrência no setor e suspender mais de 11 mil novas linhas em todo o País. O relator do projeto, senador Acir Gurgacz (PDTRO), que tem familiares donos de duas empresas de ônibus consolidadas há anos no mercado, a Eucatur e a Solimões, colocou critérios que limitam a entrada de novas companhias no setor.

O texto foi alvo de disputa entre o Senado e o Ministério da Infraestrutura nos últimos meses. O senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), o nome de Davi Alcolumbre (DEM-AP) para sucedê-lo na Presidência do Senado, emplacou durante as negociações uma indicação para a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do advogado e ex-deputado estadual Arnaldo Silva Júnior.

O escolhido trabalha no gabinete de Pacheco, herdeiro das empresas Santa Rita e Viação Real. Pacheco afirmou não ter “interesse pessoal algum”, “só o de cumprir a Constituição”, e disse que a indicação de Silva Júnior foi uma “recomendação do Ministério da Infraestrutura e decorre do seu currículo e da sua qualificação”.

Legislando em causa própria, não representam que os elegeu e, sim, eles mesmos. Se o atual presidente do Senado já é ruim o substituto que apoia é pior.

 Fernando Reinach

Solicitar essa assinatura da população demonstra que o governo federal não conhece o por quê(*) da existência da Anvisa, do FDA e das outras agências regulatórias.

(*) Em termos de desconhecimento o governo tem companhia, o editor desconhece que é o porquê. E por que é erro do editor e não do autor? Porque, no texto tem Butantã e o autor é um respeitado biólogo e sabe que é Butantan, a grafia errada do nome do instituto indica interferência externa.

Red Bull fecha com o mexicano Sergio Pérez

Em bom momento no fim da temporada da Fórmula 1, o mexicano Sergio Pérez não ficará em(*) carro para 2021.

(*) Uau, vai correr em bicicleta? Patinete? Vai ser emocionante! Sem carro, cara-pálida.

Trump minimiza papel dá(*) Rússia em ataque hacker

(*) O Estadão está se transformando no UOL impresso, é um festival de erros que só tem paralelo no portal.

                                                             ***************

Copiadas do UOL

Brasil volta a registrar mais de mil novas mortes por covid-19 em 24 h

O Brasil voltou a registrar, hoje, mais de mil novas mortes por causa da covid-19 em um intervalo de 24 horas. De ontem para hoje, foram 1.054 novos óbitos confirmados pela doença em todo o país, atingindo um total de 184.876 desde o início da pandemia.

Puxa, ainda bem quê, segundo o coiso, a pandemia está no finzinho e quê, para o sossego do general da banda Pazuello, ninguém precisa ficar angustiado esperando pela vacina. O Brasil estaria em excelentes mãos… se o caso fosse de genocídio.

 Após apalpar deputada, Cury é afastado do Cidadania; expulsão é avaliada

O Cidadania informou na tarde de hoje que afastou o deputado estadual Fernando Cury de todas as funções do partido. A decisão acontece após Cury ser filmado apalpando a deputada estadual Isa Penna (PSOL) durante uma sessão na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo).

À Folha, a deputada Maria Lúcia Amary (PSDB), presidente do conselho, estimou para até março uma decisão sobre as medidas que podem ser tomadas contra o deputado

Por que tanta demora? Por causa do recesso? Suspendam o recesso, o caso é gravíssimo.

 Bia e Branca Feres respondem fã sobre ‘BBB 21’

 Aí então perguntaram pra elas o que achavam do BBB 21 e elas responderam fã. Respondem a fã, cara-pálida, tenha dó, vai?

Ramagem levou para Abin seguranças que atuaram na campanha de Bolsonaro

Tramagem, cara-pálida, tramagem…

Reunião de Trump com conselheiros tem “gritos” e ideias para anular eleição

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve uma reunião acalorada com conselheiros na última sexta-feira, no Salão Oval da Casa Branca. Assessores voltaram a sugerir que ele usasse a lei marcial para reverter o resultado da eleição presidencial, na qual ele foi derrotado pelo democrata Joe Biden, e que a Venezuela estaria por trás das fraudes.

Participaram além do presidente Sidney Katherine Powell, advogada e ex-promotora federal; o advogado pessoal de Trump, Rudolph Giuliani, por telefone; Michael Flynn, ex-assessor de segurança nacional do presidente, entre outros funcionários do alto escalão do governo. Flynn teria sugerido novamente que Trump deveria invocar a lei marcial para reverter a derrota na eleição.

Já Powel, advogada da campanha de Trump, vem insistindo na teoria de um plano venezuelano para fraudar urnas eletrônicas nos Estados Unidos.

Barrabás, o ídolo é mais alucinado que o fã, só não consegue desmoralizar os EUA com mais intensidade que o coiso desmoraliza o Brasil porque que não é capacho como o seu admirador-mor.

Plano venezuelano? Do país do Maduro, o Podrão? Geraldo Mayrink, desculpe-me por incomodá-lo de novo, mas a sua frase serve feito uma luva, “A insânia não tem limites!”.

 Dr. Furlan vira, vence irmão de Alcolumbre e é eleito prefeito de Macapá

Dr. Furlan (Cidadania), 47, venceu Josiel Alcolumbre (DEM), irmão do senador Davi Alcolumbre (DEM), e é o novo prefeito de Macapá. Com 100% das urnas apuradas, Furlan teve 55,67% dos votos válidos (101.091), enquanto Josiel conquistou 44,33% (80.499).

Hummm… será um resultado premonitório?

                                                            ***************

Copiadas da Folha

Empresa americana apoiada por Eduardo Bolsonaro fará pistolas com o Exército

Após lobby do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, uma empresa norte-americana recebeu autorização do Exército para fabricar suas pistolas em versão nacional na Imbel, estatal de armas ligada à Força.

O decreto do comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, foi publicado nesta quinta (17) no Diário Oficial da União.

Tá tudo dominado!!! Este é o “glorioso inzélcito nacionar”, via seu alto-comando dobra-se a 03, filho do capitão que era tenente e foi promovido automaticamente ao ir para a reserva para não ser expulso da Força. Augusto – nem um pouco – Heleno… Eduardo Pazuello… Walter Braga Netto… já imaginaram a tunda que o Brasil levaria com tropas comandadas por esses generais se entrasse em conflito com algum vizinho? Se fosse no tempo da guerra com o Paraguai  estaríamos hablando castellano.

Moraes, do STF, determina prisão de blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio

Na decisão, Moraes ressaltou que a detenção do blogueiro é necessária porque ele estaria(???) desobedecendo as medidas alternativas à prisão impostas anteriormente.

(???) Que ministro  mais injusto, mandou recolher o pobrezinho sem ter certeza de que desobedeceu o determinado… Cara-pálida, é necessária porque ele desobedeceu as medidas alternativas, capisce?

 Canal Viva fecha o ano na liderança da TV paga pela segunda vez consecutiva

Posição vale para média total e também na faixa nobre: canal completou dez anos

O ano ainda nem terminou, mas a essa(*) altura já é possível cravar que o Viva fechará 2020 mais uma vez na liderança entre os canais pagos. O feito foi conquistado pela primeira vez em 2019, destronando os infantis Discovery Kids e Cartoon Network.

(*) Esta, cara-pálida, da que se fala.

 O escriba, talvez por falta de faro, o que nenhum diploma dá, perdeu a chance de fazer uma análise do resultado. O canal vive de reprises, será um indicativo de que a TV do passado é mais atraente do que a atual?

                                                            ***************

Copiadas do G1

 Bolsonaro diz a PMs que imprensa ‘sempre estará contra vocês’

Porque uma fração de segundo, está em risco a sua vida, dom(*) cidadão de bem ou de um canalha defendido pela imprensa brasileira. Não se esqueçam disso, essa imprensa jamais estará do lado da verdade, da honra e da lei. Sempre estará contra vocês. Pensem dessa forma para poderem agir”, disse Bolsonaro.

(*) Do, cara-pálida.

Este é o maior elogio que a imprensa já recebeu, a confirmação de que cumpre adequadamente o seu fundamental papel. Obrigado em meu nome e dos colegas de profissão.

 Tradução do zurro: “Matem a vontade  à vontade!”.

MP-AL recorre de decisão que inocentou Arthur Lira de acusação de ‘rachadinha’ na Assembleia Legislativa

O Ministério Público do Estado de Alagoas recorreu da decisão judicial que absolveu o deputado Arthur Lira (PP-AL) da acusação de ‘rachadinha’, esquema de apropriação de parte dos salários de servidores na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE).

De acordo com a sentença de 1º grau que absolveu Arthur Lira, as provas utilizadas na acusação são ilícitas, e por isso não poderiam ser consideradas na análise do processo.

A ação penal, que havia sido apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF), agora tramita na 3ª Vara Criminal da Capital. Em nota, o Ministério Público de Alagoas já havia se pronunciado contra a absolvição do deputado.

E ninguém vai investigar o juiz que inocentou o rachador? O que tem de juiz fazendo barbaridades não está no gibi e o CNJ quietinho, quietinho, que nem a OAB, que chia contra tudo menos quando tem advogado no rolo. Ah, e o Prerrogativas quando se trata de Moro.

 Nunes Marques suspende trecho da Lei da Ficha Limpa que fixa contagem de inelegibilidade após condenação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nunes Marques suspendeu neste sábado (19) um trecho da Lei da Ficha Limpa que determina que o prazo de inelegibilidade de oito anos para condenados por órgãos colegiados terá efeitos após o cumprimento da pena.

O ministro suspendeu a expressão “após o cumprimento da pena”, contida em um dispositivo da lei que estabelece as regras sobre a inelegibilidade de candidatos.

Segundo a Lei da Ficha Limpa, são inelegíveis, para qualquer cargo, os cidadãos que forem condenados, em decisão transitada em julgado (quando não cabem mais recursos) ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação até o transcurso do prazo de 8 anos após o cumprimento da pena.

Liberou geral! Ninguém começa a cumprir pena antes do famigerado “transitado em julgado” e, agora, o ministro do coiso dá mais um presentinho, é provável que o réu se torne elegível antes do julgamento final. Isso é que se chama de jogar “aquila” no ventilador, o ministro ad hoc rides again!

 

Justiça manda criança de 8 anos, adotada há 6 por casal, ser devolvida à avó

Menina foi ainda bebê para abrigo após denúncias de maus tratos(*) contra os pais biológicos; avó diz ter condições de criar.

“Eram no sentido de negligência, maus tratos(*), mãe usava drogas ilícitas e álcool. (…). A avó chegou a dizer, na época, que era até melhor ela ser adotada porque não estava bem cuidada”, contou a advogada.

(*) Dada a dificuldade generalizada que coleguinhas “possuem” no uso do hífen não é possível determinar se o erro é do transcrevedor do que disse a avvocata ou se é dos dois. De qualquer forma, é maus-tratos, cara- ou caras- pálida ou pálidas.

                                                             ***************

Copiada do NOSSA VIAGEM

 Por erro técnico, aeroporto de Guarulhos diz que não há covid no Brasil  

 Questionada pela reportagem, a Anvisa explicou que um problema técnico ocasionou “o resgate inoportuno de uma informação desatualizada, originalmente veiculada em janeiro deste ano”, quando realmente ainda não haviam casos no país.

De acordo com a GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto, tratou-se de uma queda de energia no terminal 3. “Ao retomar a atividade, o sistema carregou com imagens antigas”, informou em nota.

O sistema chegou a contar que o 14-Bis pousou no aeroporto? Que desculpa esfarrapada, hein?  

                                                                ***************

Copiada da Coluna JAMIL CHADE

Itamaraty sofre revés e candidatura de brasileira para Haia fica ameaçada

O governo de Jair Bolsonaro sofre para conseguir apoios dos demais países para uma candidata brasileira para ocupar o posto de juíza no Tribunal Penal Internacional. A votação começou nesta sexta-feira e continuará na semana que vem. Mas os primeiros resultados revelam uma dificuldade de o Itamaraty reunir votos entre os demais países.

Com o coiso no Poder e Ernesto Araújo nas Relações Exteriores o único lugar em que o país terá sucesso é no ai, ai, ai.

                                                               ***************

Copiada do Estadão conteúdo

Após decisão de ministros do STF, Maia diz que Congresso não deveria parar

“Parabéns aos ministros do STF pela decisão. Continuo defendendo que o Congresso deveria trabalhar no mês de janeiro e organizar uma pauta com o governo. A pandemia e a situação econômica do país exige um esforço maior de todos nós”, escreveu o deputado em uma rede social.

Não é o caso de parabéns, a decisão foi tomada pelos “bonzinhos” que amam livrar a barra de criminosos, o que os quatro ministros querem é tirar o poder de decisão do presidente da Corte, Luiz Fux, que não vai aliviar nada que chegue envolvendo lava-jatados. Mas, no atacado, Maia acerta, nada deveria entrar em recesso durante a pandemia em um país (des)governado por um celerado  que deveria estar internado em um hospício vestindo camisa de força.

                                                               ***************

 

1 thought on “Covardão mais mentirosos mais injustiças. Igual a muito medo

  1. A história do GRU faz lembrar que o Brasil (pelo que se sabe até agora) ainda recebe livremente voos da Inglaterra, mesmo com uma variação ainda pouco conhecida do vírus se multiplicando rapidamente por lá. O Canadá, p.ex. – faz parte do Reino Unido, hein! -, fechou aeroportos aos britânicos por 72 horas a contar de hoje, e já cogita prolongar o prazo da restrição, até que o caso se esclareça. O mundo inteiro – Europa, particularmente -, assustado com o que essa novidade virológica pode significar, já se mexe e se protege. Por aqui, pra variar, lhufas… Em vez do aviso antigo sobre não haver casos de covid por aqui, a administração do GRU deveria era declarar que ainda não há casos confirmados da nova variante, mas que ansiamos muito por pegá-la…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter