Ladeira Porto Geral

Exposição espaço-lugar • Ladeira Porto Geral, 106, Centro Histórico de São Paulo

Ladeira Porto Geral, 106. Pare e olhe. Convite da Arte.

Na Ladeira Porto Geral, Centro Histórico de São Paulo, a Exposição espaço-lugar convida o olhar de quem passa a transitar entre o passado e o presente. E ao pertencimento, ao diálogo vivo entre a construção de 1926, a arte e o comércio agitado da região

Coletivo de artistas – Exposição espaço-lugar • Ladeira Porto Geral, 106, Centro Histórico de São Paulo – [Foto Sergio Fernandes]

Descendo a ladeira, subindo a ladeira, carregados ou não de compras ali na região da 25 de março, vale a pena parar. Parar para olhar a fachada do Edifício de 1926, tombado pelo Patrimônio Histórico, e nesse momento endereço de muita arte. Vale a pena parar e entrar para ver tudo o que o jovem coletivo de artistas espalhou na fachada e no andar térreo para lembrar a todos, trabalhando e transitando por lá,  que eles também pertencem a este espaço, e que ele resiste ao tempo por conta justamente de suas presenças.

Quisemos mostrar com a intervenção espaço-lugar o desejo de reconhecer o passado para celebrar a vida que pulsa e permite que o lugar continue a existir no presente”, explica Letícia Macorin, curadora e idealizadora do projeto. Bisneta do fundador do edifício, e pelo qual nutre forte valor afetivo, Letícia resolveu escancarar esse amor, em busca e defesa da constante revitalização de toda a região. “Para se ter uma ideia, o prédio abriga o terceiro elevador mais antigo de São Paulo, e se mantém pela sua própria ocupação ocupado por comércio, de maioria de produção e venda de bijuterias. Usamos a parte térrea e a fachada, dialogando com a rua, com quem passa, e com quem ali trabalha, de forma a quase prestar uma homenagem a todos”.

Letícia Macorin – curadora e idealizadora da exposição [Foto Sergio Fernandes]

Leticia Macorin (@lemacorin) é especialista em Semiótica Psicanalítica – pela Clínica da Cultura, PUC-SP. Com mais de dez anos de experiência em projetos de diversas áreas, como cinema, moda, economia criativa, educação básica e justiça juvenil. Tem forte ligação com a arte e inovação social, e é autora do livro: “É possível sublimar o trauma?”. Acredita firmemente que as narrativas expandem a consciência para além das realidades vividas, o que trouxe para a exposição, na cuidadosa escolha das obras e artistas.

  • O coletivo e suas obras

    Ladeira Porto Geral
    Exposição espaço-lugar • Ladeira Porto Geral, 106, Centro Histórico de São Paulo [Foto Sergio Fernandes]

A começar por ela própria, Leticia levou para a fachada um painel gigante com retratos atuais de trabalhadores do prédio. Ana Luíza Vastag apresenta “Espaço-lugar” – texto narrativo-poético apresentando a intervenção; Amanda Elosa, a pintura “Janelas” (registro em lona de uma pintura óleo sobre linho); Tina Sallowicz, a ilustração “Cardume social” (registro em adesivo de uma ilustração em nanquim sob papel); Diego Rimaos, a instalação “Refúgio” (tapeçaria em lã, madeira e papel); Richard Hodara, “A parede tem ouvido” – Orelhas de cerâmica; Bel Ysoh, “Prédio 106 da Ladeira Porto Geral” –  em argila; o Coletivo Vozes Periféricas, os poemas “Vivências” e  “De onde sou”;  Gabriela Shigihara, foi a designer gráfica das obras “Sem título”, “Espaço-lugar”, “Vivências” e “De onde sou”.

_____________________________________________________________________

SERVIÇO:

Exposição espaço-lugar

  • Ladeira Porto Geral, 106, Centro Histórico de São Paulo
  • Até 18 de dezembro
  • Horário: De segunda à sexta – 8h às 18h; sábados – das 8h às 13h
  • Contatoinstagram.com/@espacolugar;

 le.macorin@gmail.com (11)99221-9950

CRÉDITO DAS FOTOS: Sergio Fernandes @sergiofe.z

 

Ladeira Porto Geral
Poema Vivências – [Foto Sergio Fernandes]

1 thought on “Ladeira Porto Geral, 106. Pare e olhe. Convite da Arte.

  1. Muitas vezes, me vi assim… subindo e descendo a ladeira, procurando encontrar o necessário para a confecção de uniformes. Muitas vezes!!! Procurando tecidos, aviamentos, bijuterias…
    A estes artistas, que nos trazem uma nova roupagem e ideias tão originais e criativas deixo a minha admiração!!
    Amanda Elosa… quanto talento!!!
    Parabéns a todos !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter