doido - china

Na pior hora, doido coiso invoca com a China e desanda a pirar na batatinha

Hoodie Clipart , Png Download - Crazy People Drawing , Free Transparent Clipart - ClipartKey O coiso, o ignóbil genocida, ontem (5), desferiu mais um irracional ataque à China, o que não é surpresa, tudo o que faz é irracional. Declarou que o vírus causador da covid-19  “É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou por algum ser humano [que] ingeriu um animal inadequado. Mas está aí. Os militares sabem que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra?”, disse o presidente em evento no Palácio do Planalto, em Brasília. “Qual o país que mais cresceu seu PIB? Não vou dizer para vocês.”

Para quem soma dois com dois está claro que se referiu à China, na sua limitada capacidade de intelecção acha que criou uma charada, mas como se dirigiu aos bolsominions, QIs de ostra, haverá quem não entenda.  Ganhou de presente uma avaliação do deputado federal Fausto Pinato, do Progressistas, presidente da Frente Parlamentar Brasil-China:

Repetindo mais uma vez Millôr Fernandes, livre pensar é só pensar, este digitador acha que o ataque foi feito com objetivo de efeito colateral, para atingir o governador de São Paulo, João Doria. O governo fechou contrato de fornecimento de vacinas com a Pfizer e, apesar de o número de vacinas a serem entregues já estar reduzido à metade, no parco entendimento do coiso, secundado pelo ministro da Saúde dr. Quedroga, será o suficiente para vacinar todos os brasileiros. Com o ataque, imagina ele, a China deixará de entregar IFA para o Instituto Butantan, que não terá como continuar fabricando a CoronaVac. A não entrega também prejudicará a Fiocruz, mas dentro da mediocridade governamental, isso não tem importância.

Enquanto isto, o presidente do ainda país mais poderoso do mundo, EUA, Joe Biden, em uma decisão histórica, decidiu  apoiar a ideia de suspender patentes de vacinas e se alia aos países emergentes na  Organização Mundial de Comércio.  É mais uma decisão que deixa o coiso, adorador de um medíocre da mesma laia, Trump/Tramp, sem escada ao pintar o teto, pendurado na brocha(*).

(*) Aqui cabe uma explicação antes de que os “heróis das hashtags”, ignorantes totais, se manifestem: apesar de ainda constarem nos dicionários pátrios brocha e broxa, a reforma ortográfica, que veio para confundir o que já era confuso, extinguiu a forma com xis.

O governo vem tentando, em reuniões com ministros, senadores aliados, todos pedindo a bênção para a zeralhada, fabricar uma estratégia que o salve na CPI da Pandemia. É o que se pode chamar de missão impossível, todas as barbaridades cometidas por seus integrantes estão gravadas e impressas, são irrefutáveis. A única chance que o coiso terá é se os senadores se acovardarem como fez o general da banda Pazzo, o zuello, ou trocarem seus votos por benesses,  venderem-se . Junte-se a CPI e o disparate acima, só há uma solução,  é Fora, coiso!

Comentário do escritor Paulo Coelho a respeito da morte do ator Paulo Gustavo, vítima da covid-19 e dos citados na análise: “Assassinos de Paulo Gustavo: quem dizia ‘é só uma gripezinha’; ‘não passa de 200 mortes’; ‘cloroquina resolve’; ‘gente morre todo dia’; lockdown destrói o país’; máscara nos faz respirar ar viciado’; eu obedeço o comandante’. E por aí vai. Canalhas da pior espécie”.

(CACALO KFOURI)

                                                             ***************

Copiada do Blog de Malu Gaspar

Comandante do Exército trabalha para descolar imagem de Pazuello de militares na CPI da Covid

O Exército vem trabalhando nos últimos dias para impedir que o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello na CPI da Covid prejudique  a reputação da força. O comandante do Exército, general Paulo Sergio Nogueira de Oliveira, conversou sobre o assunto na segunda-feira à noite com o presidente da CPI da Covid, Omar Aziz.

De que adianta descolar-se de Pazzo, o zuello, e continuar grudado com Super Bonder no coiso?

                                                             ***************

Copiada d’O Globo

Após impeachment, quadro com rosto de Witzel feito com balas de fuzil é retirado do Palácio Guanabara

O melancólico desfecho da passagem de Wilson Witzel pelo governo do Rio teve mais um capítulo nesta terça, com a retirada de quadros colocados no Palácio Guanabara durante a sua gestão. Em umdeles ganhou muito destaque no dia da entrega, pois traz o desenho do rosto de Witzel feito com milhares de balas de fuzil. O presente foi dado em janeiro de 2019, na cerimônia de posse do Tenente-Coronel Maurílio Nunes da Conceição como comandante do Bope.

É impossível determinar o grau de imbecilidade de alguém que aceite este tipo homenagem, ainda mais se levado em conta que se trata de um ex-juiz. O que é mais triste, o quadro ou a expressão de felicidade na foto?

                                                              ***************

Copiadas do UOL

Bolsonaro ameaça editar decreto contra restrições e diz: ‘será cumprido’

Ao longo do discurso, na abertura da semana das comunicações no Palácio do Planalto, ele disse que “espera não baixar o decreto”, mas caso tome a decisão “ele será cumprido com todas as forças que todos meus ministros têm”.

“Sou genocida convicto!”

O “seu” Exército vai garantir o cumprimento?

Justiça torna nulos decretos da Prefeitura do Rio com medidas restritivas

Na decisão, a juíza argumentou que “os direitos fundamentais postos na Constituição da República são cláusula pétrea, inadmitindo interpretações que, por via transversa, possam atingir o âmago da liberdade individual neles protegida”.

Deve ser coisista e daquelas “evangélicas” que não entende uma linha do que lê, a Constituição permite, sim, as medidas restritivas, o STF já decidiu sobre isso. Ganhou seus 15 minutos de notoriedade junto com mostra de enorme ignorância públicas. Quando da publicação desta edição do “Mirando” a medida deverá estar cassada.

CNJ, cassa a licença da meretíssima.

 Como facilmente previsto pelo “Mirando”, por volta das 20h de ontem, o desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, presidente do TJ-RJ  derrubou a liminar.  

 Falta de autonomia, divergência por cloroquina: as frases de Teich na CPI

O oncologista comandou a pasta por menos de um mês, entre 17 de abril e 15 de maio do ano passado. Segundo Teich, a sua saída foi motivada pela “falta de autonomia” dada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ampla defesa do uso da cloroquina, (pelo mesmo)(???), para tratamento da covid-19. Teich afirmou que as recomendações do uso do medicamento não passaram por ele.

(???) Pelo sim, pelo mesmo, pelo não, pelo contrário, pelamordeus, cara-pálida, mesmo não pode e não deve ser usado como pronome pessoal. Por ele, capisce?

Não respeita nem o Dia Internacional da Língua Portuguesa?

O “Mirando” insiste, se não virar uma marmelada, e se Arthur Lira não continuar a ser quem é e abrir a gaveta, o coiso está com os dias contados.

Banido do Twitter e Facebook, Trump lança plataforma própria; assessor nega

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou oficialmente sua própria plataforma de rede social em um vídeo promocional. Depois de emitir comunicados por meio do porta-voz Jason Miller e gerar especulação na imprensa, o empresário suspenso nas principais redes sociais do mundo, como Facebook e Twitter, utilizará a ferramenta como principal meio de comunicação com o público e aliados.

A escolha do nome da plataforma entre DamnAss, Dumpest, Jackass e YouStupid. Todos os 00s já estão inscritos como seguidores.

                                                             ***************

Copiada do Blog do Ancelmo

 Banco do Brasil terá que indenizar senhorinha de 80 anos por golpe

O Banco do Brasil terá de indenizar em R$ 5 mil e cancelar os débitos na conta corrente(*) e no cartão de crédito de uma aposentada de quase 80 anos, que caiu no golpe do motoboy.

(*) Caramba, será que a cara-pálida nunca viu o extrato de sua conta-corrente? Deve ter  graninha e hífen.

                                                             ***************

crazy

 Copiada da Coluna Carla Araújo

Deputada faz vídeo com dancinha na Câmara e justifica: Não tinha ninguém lá

A deputada Alê Silva (PSL-MG) usou o Salão Verde da Câmara dos Deputados para fazer um vídeo, com mais duas pessoas, todas sem máscara, com uma “dancinha”.

 O ato foi criticado pela oposição. A deputada Perpétua de Almeida (PCdoB-AC) foi uma das que publicou(*) o vídeo e questionou:

(*) O “Mirando” também questiona: por que não acorda Tico e Teco antes de escrever, cara-pálida? a deputada Perpétua foi uma das… das… das que… das que… das que questionaram, várias questionaram, ela foi uma delas, caspice?

Segue o link do vídeo da cena lamentável sob todos os aspectos:

Segundo Carlos, não o do Chumbo, o Marx, a História de repete, primeiro como tragédia, depois, como farsa. Em 2006, a deputada federal do PT, Ângela Guadagnin, fez pior, protagonizou a “Dança da Pizza” no Plenário da Câmara, para comemorar a mal explicada absolvição do colega João Magno apesar de este ter confessado que recebeu R$ 425,95 mil no Mensalão :

Agora, resta torcer para que não venha a farsa…

                                                         ***************

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter