JACAREZINHO - solução?

As estranhezas dos fatos no massacre do Jacarezinho. E as bobeiras do coiso.

Mais uma vez reiterando que na opinião deste mirandeiro não há nenhum desejo de que tivesse havido mais baixas de policiais no massacre ocorrido no Jacarezinho, favela no RJ, é estranho o número de vítimas do outro lado em vista da qualidade do armamento apreendido, torna tudo muito esquisito, serão os traficantes tão ruins de mira? O policial que, infelizmente, morreu, não foi atingido por tiro direto, foi vítima de um ricochete. Mesmo que alguns tenham atirado contra a polícia, quase todas as imagens em vídeo mostram as pessoas fugindo, nenhuma enfrentando a polícia.  O motivo da operação foi 21 mandados de busca e resultou, até o momento, em 27 mortes de “bandidos” no dizer do vice-presidente Mourão. Segundo levantamento feito pelo Estadão, nove dos mortos não tinham ficha criminal e apenas três eram alvo de mandados de busca.

 A história está muito mal contada, há até especulações a respeito do fato de que a milícia amiga da zeralhada teria dificuldade de agir na região e que tudo aconteceu para favorecê-la.

 Entre os vários vídeos que circulam na internet, este é significativo para indicar que houve, na verdade, uma chacina:

 O texto a seguir, publicado na Folha de S.Paulo (9), “CPI ou: o elefante no microscópio” é o que o “Mirando” vem apontando, a diferença é ser de forma bem-humorada.

 https://www1.folha.uol.com.br/colunas/antonioprata/2021/05/cpi-ou-o-elefante-no-microscopio.shtml

Há mais um vídeo, em que a execução de homem rendido por PMs é evidente, mas não é possível afirmar que seja desta operação, portanto o “Mirando” não publicará.

 Na última sexta-feira (7), o genocida esteve em Rondônia para a inauguração de uma ponte e levou como penduricalho seu abominável apoiador Luciano Hang. Não bastasse àquele que infecta a cadeira presidencial trabalhar contra a saúde dos brasileiros regurgitando asneiras contra as medidas recomendadas para evitar a contaminação por covid-19, exibiu-se de motocicleta como símbolo de machinho, sem capacete, carregando seu coisiforme Luciano Hang,  o que conspurca as cores – horrorosas, diga-se de passagem – do estandarte nacional, também sem capacete, desrespeitando as regras de trânsito. Não é a primeira vez – nem será a última – em que o infrator do Código Nacional de Trânsito faz isso sob os olhares complacentes das autoridades, pois qualquer outro já teria perdido a CNH, incentivando a que seus ignaros seguidores façam a mesma coisa, o que não seria problema se não pusesse a vida das pessoas civilizadas em risco também. O “Mirando” reserva-se o direito de não publicar a repugnante foto. Motoqueiro Fantasma

O genocida continua a violar as leis, continua a pôr a vida dos brasileiros em risco, continua a desrespeitar o STF, Congresso e governadores, tudo sob os olhares complacentes, na maior parte cúmplices,  dos que deveriam tomar uma atitude. Sua última ameaça à democracia foi declarar que se o voto impresso não for restabelecido não haverá eleições em 2022.

Há uma velha piada que diz “Da bunda de neném, cabeça de juiz e segue uma enorme variação de personagens” nunca se sabe o que sairá. A decisão de um do TJ-SP é um caso típico. Uma agência checadora do que é publicado na imprensa, “Aos Fatos”, verificou que a “Revista Oeste” publicou informações inverídicas a respeito de queimadas na Amazônia e mortes por covid-19.

O juiz proibiu que a Aos Fatos mencione novamente o fato de a revista ter publicado falsidades e estabeleceu multa! O argumento do meritíssimo é inacreditável: “tem todo direito o jornalista de informar fatos distintos de outro veículo jornalístico, e de discordar, debater ou contradizer o conteúdo de determinada matéria já publicada”. Como diria a cantora Wanderléa em seu grande sucesso, “Sr. juiz, pare agora!”. Se todo jornalista tem o direito etc. etc. etc. por que os da “Aos Fatos” não teriam? Segundo ponto, em que código o sr. encontrou a proibição de mostrar que alguém está mentindo? CNJ, mais um casinho que vai deixar passar batido, né?

O G1 publicou na sexta (7) vídeo mostrando potencial bolsominion agredindo um manobrista em um estacionamento porque aquele não usava máscara. Um merecedor do neologismo alemão citado no “Mirando” do mesmo dia, maskidiot. Mas o G1 comete um erro, o agredido não é manobrista, é o caixa do estacionamento.

A propósito da reforma tributária, o economista Felipe Salto, diretor-executivo da  Instituição Fiscal Independente, do Senado, afirmou  que “É preciso discutir a sério a tributação da renda no Brasil. A máxima de que ricos não pagam impostos continua valendo. Isso precisa mudar.”.  Sem dúvida, precisa, mas existe um detalhe cuja mudança é mais urgente, salário é renda ou é remuneração mais que devida pelo esforço de cada um? E a sua tributação, além de injusta, é uma covardia, é inescapável das garras do Leão, todas as outras formas de ganho são facilmente burláveis.

A bobagem do momento é “a busca do Biden brasileiro”. Primeiro detalhe, não há nem cheiro de um que tenha o perfil, segundo, com 30 e não sei quantos partidos, mesmo que houvesse, não teria apoio suficiente para ser candidato forte, os presunçosos e prepotentes sempre se considerariam melhores.

(CACALO KFOURI)

                                                             ***************

                                                             ***************

Copiadas da Folha

Exposição de Pazuello na CPI gera reflexos negativos à imagem do Exército, diz Santos Cruz

“É um governo confuso, e ainda mais agora, com CPI, desgastado em diversas áreas”, diz Santos Cruz, ex-ministro do governo Bolsonaro. “Quando você tem um governo com tantos militares, esse desgaste contamina.”.

General, o sr. já estava no Exército quando o coiso, então tenente, planejou atentados terroristas, foi promovido a capitão e passou para a reserva, armação para não ser expulso; quando ele foi tachado de mau militar por um dos ditadores militares. Mesmo assim aceitou fazer parte do governo dele, não existe um único militar que não conheça a vida pregressa do genocida, a única explicação para o apoio é falta de comportamento moral e ético. Não é só o general da banda Pazzo, o zuello que gera reflexos negativos à imagem do Exército, todos os que o apoiaram em algum momento ou continuam a fazê-lo desmoralizam as Forças Armadas, equipararam-nas com as da Venezuela.

 Bolsonaro mente de novo sobre remédio ineficaz e manda ministros gravarem vídeos pró-cloroquina

Em meio à CPI da Covid que investiga a atuação do governo no enfrentamento à pandemia, o presidente Jair Bolsonaro voltou a mentir sobre a hidroxicloroquina, medicamento ineficaz contra a Covid, e disse que vai divulgar um vídeo em que seus ministros irão propagandear a substância com a afirmação: “Eu tomei”.

Ele também classificou a comissão de investigação do Senado como “um vexame”.

Viva, será a oportunidade para que se saiba  mais claramente quem são, além de desprovidos de ética, os sem coluna vertebral do tipo biodigestor, “o que vier, nóis traça.”. Os militares no governo, todos de alta patente, vão se ajoelhar diante do genocida e implorar por um shot de cloroquina?

                                                             ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

Secretário de Planejamento Urbano do Rio vai morar em Campo Grande

Antes de detonar um plano de revitalizaçao na Zona Oeste, Washigton(*) Fajardo, secretário de Planejamento Urbano,

(*) Cara-pálida, ele foi e o ene ficou? É Washington, combinado?

Covid-19: Jair Bolsonaro é chamado de ‘Senhor da Morte’ em outdoor em Pernambuco

Centrais sindicais chamam (*) atenção para as mais de 350 mil(???) mortes no país em decorrência da Covid-19 e da falta de vacinas. (…). Como se sabe, o presidente alegava que a Covid-19 era uma “gripizinha”(XXX) e,  até hoje, é contra medidas de isolamento.

(*) Chamam “a” atenção, cara-pálida.

(???) Em que planeta você mora, cara-pálida? O número já está quase em 420 mil.

(XXX) “Gripezinha”, desatento escriba.

Os quase 200 extintores do Teatr(*) Municipal do Rio estão com a data de validade vencida

Todos os 199 extintores contra incêndio do Teatro(*) Municipal do Rio estão com… a data de validade vencida

(*) Assim como todos os de checagem do blog, nenhum apontou que é Theatro.

Jogador Marcinho vira réu pelas mortes de dois professores após atropelamento no Recreio

Pelo código penal, o atleta pode ser condenado a pena que varia entre dois a(!!!) quatro anos de prisão, com agravante por não ter prestado socorro.

(!!!) Cara-pálida, tu tás precisando voltar pra escola, é entre x E y, capisce?

 Rede D’Or e Amil fazem as pazes, depois de quase dois anos

A Rede D’Or e a Amil fizeram as pazes. Em junho  de 2019, a Amil descredenciou os hospitais do grupo D’Or, depois de uma queda de braço sobre o modelo de remuneração dos serviços (*)Hospitalares.

(*) Pale face, explica para gente o porquê da caixa-alta, exprica pra nós. nós boiamos.

                                                        ***************

Copiada da Coluna Mauricio Stycer

Filha de Beth Carvalho pede a Bial que entreviste Lula e Globo corta frase

Ao final da entrevista, gravada no último dia 29, Luana disse a Bial que a homenagem foi linda, e que “seria legal se essa homenagem se estendesse a uma entrevista com Lula, sem polígrafo”.

O comentário de Luana fez referência a uma frase dita por Bial no programa “Manhattan Connection”, da TV Cultura, em abril. Questionado por Lucas Mendes, ele disse que só entrevistaria Lula ao vivo se pudesse contar com um detector de mentiras (polígrafo) durante a conversa.

Horas antes de a entrevista ir ao ar, porém, Luana foi avisada que o trecho seria cortado. A explicação que recebeu foi que a menção feita por ela poderia atrapalhar o esforço para conseguir a entrevista com Lula.

“Não faz sentido. Só estava reforçando”, disse Luana ao UOL. “A sensação de censura é muito ruim”.

Ô se foi censura, e da grossa! Reforçou mesmo, abriu a oportunidade para a entrevista ao vivo. Também evidenciou o perigo das gravadas, podem ser censuradas.

                                                             ***************

Copiada do BLOG DA NATUZA NERY

 Em carta a embaixador chinês, presidente do Senado fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, enviou uma mensagem ao embaixador da China, Yang Wanming, nesta sexta-feira (7). Nela, ele fala da “importância do relacionamento relevante e construtivo com a República Popular da China”.

Nobre excelência, aproveite as ensachas e questione-se por que continua a apoiar este desequilibrado, daqui a dois dias ele repetirá o despautério. Vai fazer o quê, mandar outra cartinha?

                                                             ***************

Copiada do UOL

 Jerusalém tem novo confronto entre manifestantes palestinos e polícia israelense

Moradores da região têm enfrentado uma escalada da tensão no local por conta de um possível despejo de palestinos que vivem em um assentamento no Leste da cidade.

O argumento para tanto  é inacreditável, segundo a lei israelense, se os judeus puderem provar que sua família vivia em Jerusalém Oriental antes da Guerra Árabe-Israelense de 1948, têm o direito pedir a restituição de seus “direitos de propriedade”, uma legislação contestada pelos palestinos. Não bastou a expropriação da Palestina fazendo uso de argumentos bíblicos? Se usado por aqui o mesmo raciocínio, quem sabe, teremos de entregar tudo para os indígenas.

                                                             ***************

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter