Decisões dos Poderes, falas, julgamentos e atos. O tempo passando

Hoje (7), o Supremo Tribunal Federal retoma o julgamento do cumprimento de pena a partir de condenação em 2ª instância. Todos os indícios apontam, infelizmente, para uma saída jabuticaba que agradará a gregos e chateará troianos, aqueles que ainda têm esperança de ver uma Justiça justa, que não favoreça os de sempre, os que pagam regiamente grandes advogados com o dinheiro fruto dos crimes que cometeram.

 Aconteceu ontem (6), no Rio de Janeiro o tão aguardado megaleilão de cessão onerosa de exploração de petróleo do pré-sal. Foi um sucesso? O governo diz que foi. Foi um fracasso? Os especialistas no assunto dizem que foi. Dos quatro blocos leiloados foram arrematados dois, copo meio cheio ou meio vazio depende do vínculo de quem emite a opinião. Mesmo assim, foi o maior leilão do mundo no setor de petróleo, dos R$ 106 bilhões esperados foram arrecadados quase R$ 70 bilhões, valor longe de ser desprezível.

 O jornal Folha de S.Paulo, odiado por bolsonaro, o que é uma recomendação de qualidade, sempre surpreende seus leitores – basta ler a seção Painel do Leitor – pela variedade de opinião de quem escreve na pág. A3 da publicação, nela é aberto espaço para pessoas da esquerda radical e direita idem, governistas e antigovernistas, ambientalistas e negacionistas, cientistas e obscurantistas, filósofos, advogados etc. todos com liberdade total para externar suas ideias. Mesmo os que estão acostumados com isso devem ter se surpreendido com o que o colunista Gregorio Duvivier escreveu ontem  na pág. C5 em “Na direção certa”. Critica asperamente o jornal como poucos inimigos já o fizeram, mas o texto foi publicado, o que demonstra que a Folha realmente acredita na liberdade de imprensa. Segue o texto: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/gregorioduvivier/2019/11/na-direcao-certa.shtml

 A frigideira de Trump está passando rapidamente do fogo médio para o alto…

 Por mais que os maquiadores do canal  GloboNews tentem não conseguem estragar a beleza de Aline Midlej, o visual fica estranho, o de hoje, por exemplo, mas continua linda.

 Por que os narradores dos canais Space e TNT berram tanto? Parecem bezerros desmamados, não aguento ver os jogos em que atuam por mais de cinco minutos por mais que me interessem. Que saudades de quando as partidas eram exibidas no ESPN…

  (CACALO KFOURI)

                                                              ***************

Copiadas do UOL

IBGE: 1 milhão desceu linha da pobreza em média por ano no país desde 2015

A Síntese de Indicadores Sociais, divulgada hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), aponta que, em média, 1 milhão de brasileiros por ano desceu abaixo da linha da pobreza entre 2015 e 2018 —quando 6,5% da população estava classificada como pobre, o maior índice da série, iniciada em 2012.

Hummm, terá Dilma entendido errado quando Lula chamou-a de mãe dos pobres? Aumentou o número deles com sua política econômica desastrosa – de 2011 a 2016 – que resultou em um aumento brutal no número de desempregados e subempregados.

Prefeitura de SP autoriza bandeira 3 para táxi; tarifa será 30% mais cara

 De acordo com a prefeitura, o pedido é uma demanda dos taxistas. A bandeira 3 só poderá ser aplicada em viagens que começarem na saída de grandes eventos, como shows, feiras, congressos, eventos esportivos e eventos oficiais previamente cadastrados no DTP (Departamento de Transportes Públicos).

Decisão grandemente comemorada pelos motoristas de aplicativos, vão trabalhar como nunca!

                                                              ***************

Copiada do Ig Celebridades

Bolsonaro acusa William Bonner de sonegar imposto e revela salário do jornalista

Depois Bolsonaro  acabou revelando o salário de William Bonner e o acusando de sonegar impostos. “Lógico, quem ganha R$ 800 mil por mês não pagando imposto de renda como pessoa física, tem que defender a [emissora] mesmo”

Das duas uma, ou ele mente descaradamente ou tem informação privilegiada da Receita Federal, o que é ilegal resultando em rima barata. Bonner, vai deixar por isso mesmo?

                                                               ***************Imagem relacionada

 

Copiada da Folha

 Bolsonaro diz que três empresas deixarão Argentina e, uma hora depois, apaga publicação

Informação postada no Twitter do presidente repercutiu na imprensa do país vizinho

A publicação feita no Twitter dizia: “MWM, fábrica de motores americanos; Honda, gigante dos automóveis; e L’Oréal anunciaram fechamento de suas fábricas na Argentina e sua instalação no Brasil”, insinuando que a vitória do kirchnerismo seria a razão.

Por que não fiquei na Disneylândia, caramba? Lá a fantasia é  divertida, não é baixeza e não faz a gente passar vergonha.

 Bolsonaro transfere Secretaria da Cultura para a pasta do Turismo

 Assim ficará mais fácil para que ele atinja seu objetivo, mandar a Cultura para bem longe. A propósito, vale ler o artigo de Eugênio Bucci publicado na pág. A2 do estadão de hoje: “‘Economia criativa’ ou o mito da cultura lucrativa”. https://opiniao.estadao.com.br/noticias/espaco-aberto,economia-criativa-ou-o-mito-da-cultura-lucrativa,70003078934

                                                                ***************

Copiada do G1

Resultado do megaleilão da cessão onerosa deixou a desejar, dizem especialistas

 Os especialistas classificaram o resultado do megaleilão da cessão-onerosa(???) do pré-sal como frustrante diante da ausência de estrangeiros, da fraca disputa pelos blocos e do valor arrecadado mais baixo do que o esperado pelo governo.

(???) Cessão onerosa e hífen misterioso.

(…). O preço fixado pelo governo foi considerado caro(XXX) por causa do bônus exigido na assinatura do contrato e pela obrigatoriedade do ressarcimento que as empresas teriam de fazer para a Petrobras.

(XXX) Preço é alto ou baixo, produto é que é caro ou barato, cara-pálida.

Prefeitura de SP cria a bandeira 3 para taxistas que trabalham na saída de grandes eventos

Valor será 30% mais caro(XXX) que o cobrado na bandeira 2. Medida foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (6).

(XXX) Repeteco do erro cometido na matéria sobre o leilão.

                                                               ***************

Copiada do Estadão

Ministro critica uso de ‘você’     

“Ah, me perdoem, Vossas Excelências. Me perdoem. Aliás, outro dia, fui (chamado a atenção)(*) também no TRF (Tribunal Regional Federal) lá de São Paulo. Me perdoe”, desculpou-se Machado Nunes.

O avocato, além de desconhecer a liturgia de tratamento, ignora o vernáculo, ninguém é chamado à atenção – teria crase se existisse a expressão  – chama-se a atenção de alguém, o que é uma coisa totalmente diferente.

                                                                 ***************  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *