Tragédias, sem autoridades e um monte de falastrões. Tudo pra comentar

Resultado de imagem para lixo animated gifsUma das consequências inevitáveis do pós-tragédia, seja do tipo que for – é a procura de culpados e é inescapável considerar que os maiores são as autoridades. Não é sem razão que recebem pesadas críticas, mas raramente alguns de seus parceiros são lembrados, os moradores das cidades. Ontem (12), no Estúdio i (GloboNews) foi apresentada reportagem mostrando trecho  do Rio Tietê que transbordou na cidade de Salto (SP). Havia toneladas de lixo, principalmente garrafas PET. Então, começou o discurso de sempre, o tempo que o plástico leva para se degradar etc. etc. etc. mas em momento algum questionou-se o fato de que aquele lixo foi descartado irregularmente, possivelmente por muitos dos atingidos pelas enchentes. Objetos são inanimados, não têm culpa de nada, os culpados são os que não cuidam do seu descarte.

 E o lugar em que o cidadão mais tem de tomar cuidado para não jogar lixo é na urna, ao fazer isso terá resolvido, no mínimo, a metade dos problemas.

 bolsonaro, dando sequência às suas medidas que não ligam lé com cré, convidou um militar para a Casa Civil, incongruência maior, sem ofensa ao escolhido, só se convidasse o traficante Escadinha para chefiar a Polícia Federal.

 Até o momento não houve qualquer movimento do Conselho de Ética(?!?!?!) e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados em relação ao endosso criminoso de 03 às mentiras proferidas por um depoente na sessão de anteontem da CPMI das Fakes News a respeito da jornalista da Folha de S.Paulo Patrícia Campos Mello.

https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,jornalista-da-folha-e-insultada-durante-cpmi-das-fake-news,70003194390

 A respeito do fato, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), declarou que “Dar falso testemunho numa comissão do Congresso é crime. Atacar a imprensa com acusações falsas de caráter sexual é baixaria com características de difamação. Falso testemunho, difamação e sexismo têm de ser punidos no rigor da lei”. Pois bem, um deputado, 03, que apoia e divulga a mentirada também não deve ser punido?

Esclarecedora coluna publicada na pág. A2 da Folha de S.Paulo (12), “Amigos ‘tóxicos’” https://www1.folha.uol.com.br/colunas/ruycastro/2020/02/amigos-toxicos.shtml

 Na mesma edição sobre o mesmo tema, porém na pág. A8, “Conta outra, doutor”

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/eliogaspari/2020/02/a-vida-e-a-morte-de-adriano-da-nobrega-sao-duas-historias-mal-contadas.shtml

 De uns tempos para cá o Jornal do Carro (Estadão) foi remodelado e passou a apresentar uma parte dedicada a automóveis e motos e outra – virando-se o caderno de cabeça para baixo – que trata de bicicletas. Na edição de quarta-feira (12) publicou matéria sobre o aumento do número de mortes de ciclistas, fato que, segundo o texto, pode ser atribuído ao comportamento de risco e aos serviços de entrega. O curioso é que os mais irresponsáveis entre os ciclistas, os que trabalham para apps de entrega, atribuem a motoristas os acidentes que sofrem, esquecendo-se das barbaridades que cometem no trânsito, não respeitam regra alguma, furam sinal vermelho, não respeitam faixas de pedestres, andam nas calçadas, tudo em alta velocidade, pondo vida das pessoas em risco.

 Mortes de ciclistas sobem 64% em um ano na cidade de São Paulo”

 https://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,mortes-de-ciclistas-sobem-64-em-um-ano-na-cidade-de-sao-paulo,70003167826

O Corinthians, ontem, foi eliminado da Libertadores, já na primeira fase,  pelo Guarani, time paraguaio, façanha conseguida com a ajuda de um técnico, Tiago Nunes, que a primeira coisa que fez ao assumir foi desrespeitar um ídolo da torcida, o jogador Ralf, a quem o clube muito deve em termos de conquistas.

As manifestações da torcida organizada, braços levantados em sincronia lembram muito as durante o nazismo na Alemanha.

(CACALO KFOURI)

                                                             ***************

Copiadas do Estadão

 Prejuízo milionário na Vila Leopoldina

 Estúdios, produtoras e favelas foram atingidas(*)

 Uma(**) Lamborghini submersa na garagem de um condomínio, outros 40 carros “afogados” em uma concessionária de veículos importados, apartamentos que valem mais de R$ 850 mil reais sem energia elétrica ou água, estúdios fotográficos e produtoras de cinema completamente alagadas(*).

(*) Cara-pálida, não existe politicamente correto na gramática, se há um elemento masculino na frase a concordância tem de ser feita com ele, obrigatoriamente. No caso, estúdios, foram atingidos. E zé fini.

 (**) O único carro merecedor da licença poética de ser tratado assim é a Ferrari, Lamborghini, por fantástico que seja, é “um”.

 Em um vídeo que correu a internet e emissoras de TV, via-se uma(**) Lamborghini sendo completamente tomada(**) pelas águas. O prejuízo estimado é de R$ 1,7 milhão. O proprietário não foi encontrado ontem, mas outros moradores comentaram que ele estava em prantos e o carro não tinha seguro.

Meu coraçãozinho cheio de maldades não conseguiu se comover com a perda, pois quem investe este valor em um carro cujo IPVA é maior  do que valem os imóveis de 90% da população não tem consciência, sendo merecedor – se eu acreditasse nisto – do castigo divino por meio das mãos de São Pedro.

 Ministério ignorou aviso de fraude em contrato

Ao contratar firma de tecnologia, Cidadania aceitou certificado de serviço que nunca foi prestado, segundo PF; órgãos de controle apontaram supostas irregularidades

Para contratar a empresa Business to Technology (B2T), o Ministério da Cidadania aceitou um certificado de capacidade técnica por um serviço que não foi prestado, segundo a PF. Documentos obtidos pelo Estado mostram que o atestado da experiência da empresa foi emitido pelo Ministério do Trabalho com base em contrato sob suspeita de fraude. Mesmo com alertas de concorrentes, a pasta da Cidadania firmou o contrato com a B2T.

O Ministério da Cidadania ignorou alertas e aceitou um certificado de serviço que nunca foi prestado, segundo a Polícia Federal (PF), para firmar contrato milionário com uma empresa de tecnologia da informação.

Este é o governo que foi eleito tendo como bandeiras a aversão ao PT e a do combate à corrupção. Como se vê, só a primeira bandeira foi desfraldada.

A bomba acima de todos

No Brasil, esse prêmio chega a 96%, enquanto a média mundial (setor público melhor(XXX) remunerado que o privado) é de 21%.

(XXX) Não, cara-pálida, antes de particípio usa-se mais bem.

Moda da rasteira pode até matar

 Vídeos com adolescentes fazendo ‘quebra crânio(*)’ têm circulado na internet e causado preocupação em pais e educadores. Menina morreu

Resultado de imagem para rasteira animated gifs(*) Merece um estudo psicológico o problema do Estadão com hifens. Caramba, se quebra-cabeça tem, por que quebra-crânio não teria, cara-pálida?

 

 

 

 

 

Homem se mata ao ouvir sua sentença em tribunal

As autoridades estão investigando como o réu conseguiu entrou(*) no local com uma arma.

(*) Talvez tenham mais sucesso se investigarem como conseguiu entrar.

                                                              ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

 Caso(*) de falsa identidade e cyberbullying em escola, no Rio, vira caso(*) de Polícia

 Rodrigo Maia está preocupado com a forma(*) com que a liberação dos cassinos vem ganhando forma(*)

 (*) No caso, desta forma, criou-se um caso de “gagueira titular”…

 

                                                              ***************

Copiada do G1

Gabinete de Carlos Bolsonaro recebeu ex-assessores investigados por ‘rachadinhas’

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) recebeu em seu gabinete na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro quatro ex-assessores investigados pelo Ministério Público (MPRJ) pela suposta prática de “rachadinha” – esquema em que parte do salário dos assessores de deputados é devolvida ao parlamentar.

Como é mesmo o velho ditado? Dize-me com quem andas e dir-te-ei quem és. É assim? Repare, leitor, não tem um bolsonaro, nenhum, que não tenha grande intimidade com quem  mostre quem são na verdade, todas as relações deles são com gente encrencada com a lei.

Após 40 anos de disputa por terreno, projeto de criação do Parque Bixiga é aprovado em segunda votação na Câmara de SP

Terreno do parque era disputado pelo dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, diretor do Teatro Oficina, e pelo Grupo Silvio Santos, que pretendia construir três prédios de até 100 metros de altura na região. Projeto agora tem de passar por sanção ou veto do prefeito Bruno Covas (PSDB).

Hummm, ano de eleição para prefeito, estou curioso a respeito da decisão, Covas sancionará algo que vai desagradar o dono de um canal de TV, o SBT?

 Touro solto em avenida fere perna de motociclista, perfura pulmão de homem e ataca policiais e repórteres

Animal estava na rua desde a noite de terça-feira (11). Foi amarrado em(X) um poste, mas se soltou. Situação inusitada foi em Campo Grande.

(X) A um poste, cara-pálida, é assim o certo e o que está no texto.Resultado de imagem para touroanimated gifs

O animal dá cabeçadas na porta da viatura e danifica uma parte do pára-choque(!!!) até que sai de perto da viatura e então o repórter cinematográfico sai do veículo.

(!!!) Escriba, esteve hibernado nos últimos quatro anos? Não deu ainda para notar confusa reforma ortográfica, que passou a ser obrigatória a partir de 1º de janeiro de 2016 depois de um período de transição que vigeu entre 1990 e 2012 e foi prorrogado até 31 de dezembro de 2015? Para-choque para seu choque.

 Brasil se torna o maior mercado da Heineken

 Sem dúvida é a melhor, digna da designação “puro malte”, entre a cervejas industriais, a lamentar só o fato de que tem menos lúpulo que a fabricada na Holanda.

 Senado decidirá se Selma Arruda fica no mandato até último recurso

 Parlamentar foi cassada pelo TSE em dezembro e ainda pode apelar ao STF.

O Senado quer inventar o trânsito em julgado em nome do corporativismo.

 Chuva alaga obra de R$ 106 milhões contra enchente em Osasco que deveria ter sido entregue em 2017

 Obra começou em 2014 e tinha sido retomada no início de janeiro, após meses de paralisação; prefeitura lamenta inundação e atribui atrasos a contingenciamentos do governo federal.

Ah, esqueci-me de citar isto na abertura, o jogo do empurra, a culpa é sempre de outro.

 Jornalista brasileiro é morto com 12 tiros na fronteira do(*) MS com o Paraguai

 (*) De MS, cara-pálida, de. Presta atenção no que está no texto que você titulou:

Léo Veras é bastante conhecido em(*) Mato Grosso do Sul por seu trabalho.

(*) Notou? Não está escrito “no”, está “em”, portanto, não tem o artigo “o”.

                                                              ***************

Copiada do UOL

Guedes: ‘Quando dólar era R$ 1,80, exportação caía e doméstica ia à Disney’

 Que tragédia, imagine se é possível uma coisa destas, trabalhadoras conseguirem usufruir do que ganham com muito esforço, que injustiça! Lembrei-me das granfas reclamando das pessoas viajando de avião para Paris usando bermudas, conspurcando o ambiente exclusivo delas. Domésticas parasitas!

                                                              ***************

Copiada da Coluna de Jamil Chade

 Chanceler diz que carta ambiental é “último refúgio do marxismo”

 Se juntarem Ernesto Araújo com Abraham Weintraub não dá meio Tico, imagina se chega a Tico e Teco. Barrabás, quanta mediocridade. Quem escolheu os dois, então…

                                                              ***************

1 thought on “Tragédias, sem autoridades e um monte de falastrões. Tudo pra comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter