tá bom mas pode melhorar

Tá bom. Mas pode melhorar. Blog do Mário Marinho

tá bom mas pode melhorar

Visto assim só pelos números, pelos resultados, o futebol masculino do Brasil vai bem na Olimpíada do Japão e pode conquistar novamente o ouro (o primeiro conquistamos no Rio, em 2016).

Mas, para quem gosta de futebol, os jogos não têm sido assim nada espetaculares.

Fizemos 4 a 2 na Alemanha, no jogo de estreia, com atuação de gala do Richarlison que marcou três gols.

Aliás, segundo consta, quando ele estava concentrado com a Seleção principal, durante a Copa América, teve o Neymar como companheiro de quarto, com quem travou o seguinte diálogo:

– Ney, acho que vou ser convidado para a Olimpíada.

– Aceita. Pede a camisa 10. Você vai ser meu representante.

Dias depois, recebeu telefonema do técnico André Jardine que queria saber do interesse dele na Olimpíada.

– Topo! Me dá a camisa 10 que eu vou ser o artilheiro.

Até agora, está cumprindo sua promessa, com cinco gols.

Em segundo lugar está o francês André-Pierre Gignac com quatro gols.

Mas, no 0 a 0 contra Costa do Marfim e no 3 a 1 contra a Arábia, a Seleção mostrou muitos problemas. Pareceu desentrosada, confusa.

Seu próximo adversário, o Egito, neste sábado às 7 horas (horário brasileiro) fez fraca campanha na fase de grupos empatou com a Espanha, 0 a 0; perdeu para a Argentina 1 a 0; e venceu a Austrália, 2 a 0. Classificou-se no saldo de gols (1 a mais que a Argentina).

Está aí uma boa chance para uma vitória que faça empolgar o torcedor e os próprios jogadores.

As meninas

marcaram mais

seleção feminina futebol

Enquanto no futebol masculino a Seleção chegou a sete gols, as meninas fizeram mais: 8, no total.

Também elas estão devendo a chamada apresentação de gala.

Marta, com toda sua genialidade de Melhor do Mundo, ainda não chegou a empolgar.

Começamos com goleada em cima da China, 5 a 0. No segundo jogo, empate com a Holanda, 3 a 3. E passamos apertados para vencer a Zâmbia que havia sido massacrada pela Holanda: 10 a 3.

Assim como no masculino, também no feminino nosso futebol tem totais chances de disputar o ouro. Seu próximo adversário é o Canadá.

Em jogos Olímpicos, Brasil e Canadá se enfrentaram apenas uma vez, no Rio, em 2016, e terminou empatado.

O jogo das meninas, mata-mata, será amanhã, sexta-feira, 30, às cinco da manhã.

 ___________________________________________________________________

Mário Marinho – É jornalista. É mineiro. Especializado em jornalismo esportivo, foi FOTO SOFIA MARINHOdurante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)
____________________________________________________________________

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter