Camisa de força em falta? Os sapos engolidos por Moro, tosquices…

  • Resultado de imagem para camisa de força animated gifs No século 11, na Espanha, Rodrigo Díaz de Vivar entrou para a História como El Cid; no século 16, o pintor Domenikos Theotokopoulos tornou-se conhecido como El Greco; no século 19, há Simón Bolivar, El Libertador. Houve vários “El” dignos ao longo dos tempos, mas, de repente, no século 20, a situação começou a mudar de figura. Por exemplo, o narcotraficante mexicano Joaquín Guzmán é conhecido com El Chapo; o fenômeno atmosférico que tantos problemas causa é El Niño. Neste século, ter-se-á, certamente, um El, bolsonaro, el tosco.

Na Folha de S.Paulo (4), pág. A2, “Guerra ao parlevu”, imperdível!

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/ruycastro/2019/09/guerra-ao-parlevu.shtml

A Advocacia do Senado emitiu parecer segundo o qual a eventual nomeação de 03 como embaixador nos EUA não seria nepotismo. Legalmente, pode não ser, mas a questão principal é outra, falta-lhe competência.

Do secretário de Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy (alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público de SP) a propósito da violenta ação de seguranças na Estação Sé do metrô contra moradores de rua que lá se abrigaram para se proteger da chuva: “Se comprovado que os excessos foram abusivos…”. Cara-pálida, cite um que não seja… talvez o de precaução?

(CACALO KFOURI)

                                                 ***************

Some-se o a seguir à atitude lamentável de Moro, caminha-se para a Acaba a Jato

Equipe da Lava Jato na PGR pede demissão coletiva em protesto contra Dodge

Gilmar Mendes declara incompetência de Curitiba para julgar Mantega

PGR diz que Gilmar Mendes não tem competência para tirar Mantega da Lava Jato

                                                          ***************

                                                            ***************

No Blog do Jamil Chade

Espaço democrático no Brasil está encolhendo, alerta representante da ONU

Ex-presidente do Chile também critica apologia à ditadura no governo Bolsonaro, comemoração do Golpe de 64 e negação dos crimes do estado.

Vai ser xingada pelo educadíssimo presidente brasileiro, o quê, na verdade, pode ser considerado um elogio.  Isso se ele ficar por aí, sem exaltar o sanguinário ditador chileno Pinochet.     

 Ao defender ditadura chilena, Bolsonaro sabota campanha do Brasil na ONU

 Os comentários do presidente Jair Bolsonaro sobre o pai de Michelle Bachelet, morto pelo regime de Augusto Pinochet, e sua apologia ao golpe de 1973 em Santiago foram recebidos na ONU com palavras como “vergonha” e “inconcebível”. Mas, além de uma condenação generalizada, os comentários de Bolsonaro apoiando a ditadura chilena aprofundaram o desgaste no momento em que o Brasil precisa de apoio para eleição a uma vaga no Conselho de Direitos Humanos da ONU.                  

 O comentário sobre a manifestação de Michelle Bachelet foi escrito às 7h30, logo após a publicação do texto (às 6h41), o segundo texto foi publicado às 14h25. Não deu outra, assim como fez com o pai do presidente da OAB, repetiu a dose em relação ao da alta-comissária (com hífen, falta nos dois textos), ambos assassinados durante as ditaduras cá e lá. Agora é esperar para ver, como todo falastrão, se não vai dizer, como no caso anterior, que não teve intenção – ou será intensão, Weintraub –  de ofender Bachelet.

  Quanto ao fato de a declaração chocar diplomatas o que esperar de quem escolheu Ernesto Araújo para o Itamaraty e insiste em 03 como embaixador nos EUA?

                                                           ***************

No ntv

 Em crise, TV paga já perdeu mais de 1 milhão de assinantes em 2019

E vai piorar a menos que parem com as intermináveis reprises e com os intervalos comerciais maiores que os da TV aberta.

Aproveitando as ensanchas, como já contado, troquei a NET pela Vivo, ganho inestimável. Sempre critiquei o info da NET por causa das informações erradas sobre a programação e dos erros de português nos textos. Descobri, agora, que os erros por responsabilidade da NET são somente os de português, não os de programação, os canais são os responsáveis, há erros na Vivo também, a diferença é que não há os de português

                                                          ***************

Na Folha

 Bolsonaro diz que Doria é ‘ejaculação precoce’ e não tem chance em 2022

 Finíssimo, não? E tem tanto medo que já tenta eliminar um provável forte concorrente, ignorando o grande número de gravidezes indesejadas por causa de ejaculação precoce.

 Moro silencia sobre fala de Bolsonaro e deixa entrevista após três minutos

 Um dia antes, presidente disse à Folha que vê ‘babaquice’ da PF e quer arejada na direção da polícia

Foi a pressa para ir à cozinha engolir mais um sapo.

 

 

Belo Monte descumpre promessa de desenvolvimento sustentável na Amazônia, dizem pesquisadores

 Em um intervalo de pouco mais de 40 anos, Altamira, no sudoeste do Pará, foi cenário de duas grandes obras de infraestrutura. A primeira foi a construção da rodovia Transamazônica, entre 1971 e 1973, e a segunda, a usina hidrelétrica de Belo Monte, na bacia do Rio Xingu, iniciada em 2011.

Escriba, pense um pouco, existe o município de nome Belo Monte? Não? Então como a usina pode ser “de” Belo Monte? Ou é usina hidrelétrica de Altamira, onde fica, ou é UH Belo Monte, simples assim, capisce?

 Presidente do Chile condena falas de Bolsonaro sobre pai de Bachelet

 ‘Não compartilho em absoluto à menção feita pelo presidente’, disse Piñera em pronunciamento

O gênio da diplomacia conseguiu se indispor com Piñera, quem estava conseguindo contornar o mal-estar criado por bolsonaro na tentativa do acordo Mercosul-UE.

 Presidente pede verde e amarelo, mas estudantes convocam protestos com roupa preta

 Que sejam competentes na arregimentar, a escolha da cor foi o primeiro passo para “impichar” Collor. Se o verde e amarelo vencer, será vitória dos bolsominions.

                                                           ***************

No G1

 Parlamentares britânicos aprovam lei para impedir Brexit, e Boris Johnson quer novas eleições

 Após perder maioria, o primeiro-ministro Boris Johnson saiu derrotado ao não ter mais apoio para forçar uma retirada do Reino Unido da União Europeia com ou sem um pacto.

Convocar novas eleições é a melhor saída para decidir sobre a Saída, se os britânicos aprovarem a ideia do brucutu é sinal de que realmente querem ir para o buraco e, aí, God save the Great Britain no outro sentido de save.

 Datafolha aponta que 70% dos brasileiros reprovam indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador nos EUA

 Bobagem, dirá 00, é o mesmo que acreditar em Papai Noel, por que uma pessoa que chama o presidente da França de idiota não pode ser um diplomata? Cá entre nós e as torcidas do Coringão e do Mengão, não tem tudo para ser considerado um primata?

                                                          ***************

No Estadão

‘Político não é tudo igual’, diz diretora da Raps

Para diretora da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (Raps), Mônica Sodré, o fim da criminalização da política estimularia a participação de jovens.

Alvo de críticas, o financiamento público das campanhas eleitorais é um dos pilares da democracia, avaliou o deputado Tadeu Alencar (PSB-PE), um dos debatedores. “Embora haja uma reação ao fundo eleitoral, a democracia custa caro. O financiamento privado (empresarial) não é um problema em si, mas permitiu uma adulteração do processo eleitoral brasileiro”, disse o parlamentar, referindo-se à prática de caixa 2. Para ele, as doações de empresas podem ser legítimas e republicanas, mas vinculam o político e seus posicionamentos a grupos econômicos. “Infelizmente, ainda não conseguimos traduzir para a sociedade que o financiamento público tem tudo a ver com a qualidade da democracia.”.

Não são todos iguais, mas, infelizmente, devido ao sistema político vigente, acabam ficando, se não iguais, muito parecidos por conveniência. O fundo partidário é um dos responsáveis pela má política, é estímulo para a criação de partidos – ou inchaço dos já existentes – com o único fim de receber o dinheiro. E o político que defende a tese da importância dele para a democracia não percebe isso.

 

                                                       ***************

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *