meninas - show - olimpíadas

Meninas dão show de bola no Japão. Blog do Mário Marinho

meninas - show - olimpíadas

 

 

Comandadas pela Rainha Marta, a Seleção Brasileira feminina estreou no torneio de futebol da Olimpíada de Tóquio com sonoros e escandalosos 5 a 0 em cima da Seleção da China.

O jogo foi disputado na manhã de hoje, quarta-feira às 5 horas, em horário de Brasília na cidade de Miyagi.

Marta marcou duas vezes e deu um show à parte. Debinha, Andressa Alves e Bia Zaneratto completaram o placar.

A vitória foi válida em jogo pelo Grupo F que tem ainda a Holanda e Zâmbia.

As meninas voltam a campo no sábado, 24, às 8 horas (de Brasília) para enfrentar a Holanda que é uma das fortes candidatas à medalha.

Veja os melhores momentos da goleada:

E o futebol feminino já teve sua primeira zebra: os Estados Unidos, grande potência mundial do futebol feminino e favoritíssimo ao ouro, perdeu para a Suécia, 3 a 0, em seu jogo de estreia.

O tênis brasileiro teve importante baixa: Bruno Soares, número 1 do Brasil em duplas, foi diagnosticado com apendicite e passará por cirurgia no Japão. Marcelo Melo, que seria seu parceiro, vai jogar ao lado do gaúcho Marcelo Demoliner.

O futebol masculino fará sua estreia amanhã, às 8,30 horas (de Brasília) contra a Alemanha.

Será a reedição da final Olímpica de 2016, quando o Brasil bateu a Alemanha nos pênaltis e conquistou sua primeira medalha de ouro no futebol olímpico.

Gols e pancadaria

Na Libertadores

O São Paulo fez bonito: foi a Buenos Aires, encarou o Racing e não tomou conhecimento: 3 a 1.

E poderia ter sido demais.

O São Paulo, que não passou de um empate, 1 a 1, contra o Racing, no primeiro jogo, na semana passada, no Morumbi, foi senhor absoluto do jogo, principalmente no segundo tempo.

A vitória significou a conquista da classificação para as quartas de final da Libertadores.

Mas pode significar muito mais: a dupla de atacantes escalada pelo técnico Hernán Crespo, Rigoni e Marquinhos, se entendeu como se jogassem juntos há décadas e não apenas no primeiro jogo.

O jovem Marquinhos, 18 anos, mostrou muita velocidade e oportunismo. Ele fez um dos gols. O argentino Rigoni fez os outros dois.

Pode ser a solução que Crespo há muito procurava e o torcedor Tricolor há muito sonhava.

Veja os melhores momentos.

 

O Atlético Mineiro venceu o argentino Boca Junior nos pênaltis depois do empate em 0 a 0 e também se classificou para as quartas da Libertadores.

Depois do jogo, jogadores e membros da delegação do Boca tentaram invadir o vestiário do Galo.

Foi necessária a intervenção da Polícia Militar que até usou gás de pimenta para acalmar os exaltados argentinos.

Depois do jogo, toda a delegação foi levada até uma delegacia.

Oito membros do Boca, segundo a PM, vão responder por lesão corporal, agressão e depredação de patrimônio público

O goleiro Everson foi o grande herói do Galo: defendeu dois pênaltis e marcou o gol da vitória.

Veja como foi:

 Alvo

Colorido

A propósito do título de minha publicação na segunda-feira, “O Palmeiras virou o alvo”, o jornalista Fábio Sinegalia me mandou um recado: “Marinho, é o alvo verde”.

___________________________________________________________________

Mário Marinho – É jornalista. É mineiro. Especializado em jornalismo esportivo, foi FOTO SOFIA MARINHOdurante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)
____________________________________________________________________

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter