caverna

Trump volta para a caverna? Que leve notícias falsas e uns coisos

 A espera continua, apesar de todos os indícios de que acontecerá ainda não é possível afirmar que o troglodita voltará à caverna da qual nunca deveria ter saído. Seu novo ataque à democracia é pôr em dúvida a lisura das eleições, o que está irritando até parlamentares do Partido Republicano.

 Trump venceu na Flórida, teve grande votação em Miami, são muitos os republicubanos… Vai entender a turma, o Coisão maltrata latino-americanos e tem apoio deles.

 (CACALO KFOURI)

                                                                  ***************

                                                                 ***************

Copiadas da Folha

Bolsonaristas alvos de inquéritos do STF espalham fake news contra Biden em dia de eleição nos EUA

Apoiadores radicais de Jair Bolsonaro passaram os últimos dias espalhando notícias falsas contra o candidato democrata Joe Biden e a favor do republicano Donald Trump, assim como são acusados de fazer em defesa do presidente brasileiro. Entre os ataques sem lastro na realidade, insinuaram que Biden seria pedófilo, contra cristãos e que ele planeja invadir a Amazônia. Eles foram alvos de inquéritos do STF sobre fake news. Alguns tiveram suas contas em redes sociais bloqueadas.

O blogueiro Allan dos Santos, que se mudou para os EUA após responder a inquéritos no STF, publicou imagem em que Biden cochicha no ouvido de uma adolescente com a legenda ‘caraleo’, insinuando pedofilia.

Quem é mais medíocre, os que espalham ou os que acreditam no espalhado?

Ex-assessora de Flávio Bolsonaro admite ‘rachadinha’ e entrega de dinheiro a Queiroz

Uma ex-assessora do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro admitiu ao Ministério Público ter devolvido a maior parte de seu salário para o policial militar aposentado Fabrício Queiroz, apontado como operador do esquema da “rachadinha” comandado pelo filho do presidente Jair Bolsonaro.

Luiza Souza Paes foi a primeira ex-funcionária do senador a confirmar o esquema descrito pela Promotoria e dar detalhes sobre sua operação.

Cuidado, moça, sempre pode haver um miliciano à espreita, afinal, é a especialidade dos acusados, tem até elogios públicos a alguns registrados na Alerj.

                                                               ***************

Copiada do UOL

Candidatura de Trump anuncia pedido de recontagem de votos no Wisconsin

A campanha do presidente Donald Trump, que busca a reeleição nos Estados Unidos, anunciou na tarde de hoje que pedirá recontagem de votos do Wisconsin, estado em que Joe Biden lidera a apuração com ligeira vantagem de votos. Até as 15h de hoje, 95% dos votos do estado haviam sido apurados, e o democrata tinha 49,57% contra 48,95% do candidato à reeleição.

Canastrão, mentiroso e irresponsável até o fim. Seria engraçado se houvesse uma reviravolta no final – por Manitu, que não aconteça!–, teria de achar que a apuração foi correta e espernearia se Biden fosse o a pedir recontagem.

                                                               ***************

Copiada do G1

Deputados aprovam proposta que retira R$ 1,4 bi da educação e libera recursos para obras

Deputados aprovaram nesta quarta-feira (4), em uma sessão do Congresso Nacional, um projeto de lei enviado pelo governo ao Legislativo que retira R$ 1,4 bilhão do orçamento do Ministério da Educação (MEC) deste ano e repassa os recursos para obras. Foram 307 votos favoráveis e 126 contrários.

Sem a intenção de desmerecer os operários, a proposta indica que os deputados preferem  pedreiros em vez de formar engenheiros.

                                                              ***************

Copiada do Blog do Ancelmo

PODE ISSO, LATAM?

Cariocas são obrigados a bancar novo teste para Convid(!!!)-19, por causa de atraso em voo para Lisboa

(!!!) E isto, pode, cara-pálida? E, para piorar, ninguém corrigiu apesar de estar na versão digital. Não, sem trocadilho, é muito óbvio.

 

                                                              ***************

Copiada d’O Globo

Filho de Bolsonaro questiona apuração das eleições nos EUA

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, questionou nesta quarta-feira a legitimidade da apuração da eleição presidencial dos Estados Unidos. Com um discurso alinhado ao do presidente Donald Trump, Eduardo compartilhou uma mensagem em que acusa, sem provas, a existência de uma fraude na contagem de votos enviados pelo correio, que são majoritariamente favoráveis a Joe Biden.

Barrabás, o QI da turma é menor que o da ostra, é a única explicação viável para tanta asneira. De qualquer forma, continua coerente, adora mentir, característica marcante do Coisão que tanto admira e de seu ex-assessor Paulo Chuchu, que teve suas contas nas redes antissociais bloqueadas tal foi a quantidade de fake news espalhou. O legume é candidato a vereador em São Bernardo do Campo (SP) e acaba de receber apoio do coiso. Declarou que  “Se perder, assessoro Eduardo”. 

                                                              ***************

Copiada da Coluna CHICO ALVES

Juiz do caso Mariana Ferrer é diretor da escola que forma magistrados em SC

Um desses nobres locais de aprendizado é a Escola Superior de Magistratura de Santa Catarina (Esmesc). Ali, o diretor-geral é um personagem que nos últimos dias ficou tristemente famoso.

Trata-se do juiz Rudson Marcos, responsável pela 3ª Vara Criminal de Florianópolis, que conduziu a abjeta audiência de julgamento realizada no mês de setembro, em que a jovem promoter Mariana Ferrer foi humilhada pelo advogado Cláudio Gastão da Rocha Filho. Na maior parte do tempo calado, Rudson assistiu a tudo como se não fosse ele o responsável pela sessão.

Donde se conclui que é diretor de escola que deforma magistrados.

                                                              ****************

Copiada do Estadão

DIRETO DA FONTE

‘EUA PRECISA DE ALGUÉM QUE DIMINUA TENSÕES’

“Ele anunciou antes da votação, que iria substituir o presidente do FED(*), Jerome Powell, cujo mandato vence em fevereiro de 2022”. E deixou a entender que colocaria uma certa diretora do BC americano no lugar, pensando em um Fed(*) mais agressivo.

(*) É Fed, como está na mesma linha, é abreviação de Federal, não é sigla, cara-pálida.

 Excluído o preocupante problema de uma indicação polêmica para o FED(*), é fato que internamente, o poder dos presidentes americanos é menor do que em outros países.

(*) Há que incluir o preocupante problema existente no Estadão, bagunça total, no mesmo texto FED, Fed, FED, só faltou fede.

                                                         ****************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter