burro

Soltaram o burro. Botaram as bestas. E os supostos inocentes

Burro   Nestes tempos, diz o Mirando aos seus leitores:

Havia um burro amarrado a uma árvore, veio o demônio e o soltou.
O burro entrou na horta dos camponeses vizinhos e começou a comer tudo.

A mulher do camponês dono da horta, quando viu aquilo, pegou o rifle e disparou.
O dono do burro ouviu o disparo, saiu, viu o burro morto, ficou enraivecido, também pegou seu rifle e atirou contra a mulher do camponês.

Ao voltar para casa, o camponês encontrou a mulher morta e matou o dono do burro.
Os filhos do dono do burro, ao ver o pai morto, queimaram a fazenda do camponês.
O camponês, em represália, os matou.

Aí perguntaram ao demônio o que ele havia feito e ele respondeu:
– “Não fiz nada, só soltei o burro”.

Se você quiser destruir um país, solte o burro.

 Palavra do Mirando.

 Soltaram: “Brasil bate recorde com 1.954 mortes em 24 h e atinge maior média de óbitos”

(CACALO KFOURI)

***************

O coiso, a propósito da decisão do ministro Edson Fachin de anular as condenações de Lula, declarou que “As bandalheiras que esse governo [do PT] fez estão claras perante toda a sociedade. Você pode até supor a questão do sítio em Atibaia, do apartamento, mas tem coisa dentro do BNDES que o desvio chegou na casa de meio trilhão de reais, com obras fora do Brasil”. 

Isso tem nome, sentar em cima do próprio rabo e falar do dos outros, tem muito a falar a respeito das da “familícia”, a mais recente a compra por parte de 01 de uma casinha no valor de R$ 6 milhões cheia de mistérios como aquele do porquê Queiroz depositou R$ 89 mil na conta de Michelle.

Assustadora, só para quem tem estômago de avestruz, “Bolsonarização”. Está na Folha de S.Paulo (9), pág. A2.

https://www1.folha.uol.com.br/amp/colunas/alvaro-costa-e-silva/2021/03/bolsonarizacao-do-pais-avanca-como-a-covid.shtml

Não se pode  dizer que o Brasil empacou,  está andando para a frente, mas de modo suicida, está “Na beira do precipício” como bem explica o artigo na pág. A10 da Folha (9).

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/joel-pinheiro-da-fonseca/2021/03/ninguem-quer-o-segundo-turno-dos-pesadelos-mas-caminhamos-para-ele-mesmo-assim.shtml

 Este digitador não conseguiu descobrir ainda se é anúncio de refrigerante ou de purgante. O leitor deverá ficar com a mesma dúvida se tiver paciência de ir até o fim, ouvirá um dos piores cacófatos, ironicamente dos mais fáceis de serem evitados:

 

 

***************

***************

Copiadas do UOL

Por 4 votos a 1, 2ª turma do STF contraria Fachin e julga suspeição de Moro

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) impôs uma derrota ao ministro Edson Fachin e decidiu que retomará, na tarde desta terça-feira (9), o julgamento de suspeição do ex-juiz Sérgio Moro. Fachin tentava tirar o processo de análise e chegou a pedir ao presidente do Supremo, Luiz Fux, uma decisão para adiar o julgamento, mas não foi atendido.

Muitas vezes o corporativismo dá lugar ao “ciumerismo”… Que Sergio Moro e os procuradores fizeram o que não deveriam está evidente – atenção, proseios inadequados,  mas não fabricaram provas, os crimes foram todos cometidos – porém este digitador não se lembra de haver visto certos ministros tão indignados ao votar, muito mais, do que ficaram em relação a desvios muito mais graves, falaram em parcialidade, mas esqueceram a própria, evidentemente são desafetos do julgado.

“Sou insuspeito de ter simpatia ou envolvimento com PT”, disse Gilmar Mendes.

Sem dúvida, GM, mas não pode dizer a mesma coisa em relação a SM. Já em relação a Ricardo Lewandowski, insuspeição  no tocante a Lula é suspeitíssimo, vizinhos em São Bernardo do Campo, ninho lulesco, donde, por tabela, vai de embrulho SM.

Nota do escriba: mutatis mutandi é parecido com a Lei Miranda, nos EUA, por causa de muitos abusos da polícia, ela determina quê, ao ser presa, uma pessoa tem de ser avisada de todos os seus direitos, se o policial esquecer de recitar, mesmo um assassino preso em flagrante será solto.

 Abuso dá nisso.

 A lição a ser aprendida: os fins não justificam os meios.

 TJDF apura suposta omissão de dados em escritura de mansão de Flávio

A Corregedoria do TJDF (Tribunal de Justiça do Distrito Federal) instaurou procedimento administrativo para investigar se houve omissão de dados na escritura da mansão avaliada em cerca de R$ 6 milhões comprada pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Suposta? Eta palavrinha desmoralizada, é só ler o que foi publicado até o momento e perceber que a única a única suspeita é a suposição.

***************

Copiada da Folha

Lula no jogo de 2022 atordoa o centro e provoca pressa em Doria por candidatura

A inesperada possibilidade de uma candidatura ao Planalto de Luiz Inácio Lula da Silva em 2022 caiu como um raio na centro-direita brasileira. O efeito mais imediato foi uma aceleração do projeto presidencial do governador João Doria (PSDB-SP).

A indignação do coiso é só fingimento, o ato do ministro Edson Fachin transformou o sonho de em realidade. Doria não é unanimidade no PSDB, se não for escolhido é provável que deixe o partido e saia candidato por outro; Ciro Gomes já declarou que não fará parte da palhaçada de aliança com o PT; Moro sairá desacreditado depois da decisão do STF;os demais partidos ditos de oposição também lançarão candidatos. O resultado será o sonho do coiso e um pesadelo para os brasileiros de bom senso – ainda restam muitos, por incrível que possa parecer –, a reeleição dele já no primeiro turno.

 Para que o cenário fique menos pesado o juiz que receberá os processos no Distrito Federal terá de ser rápido para que haja condenação em segunda instância. Ainda existe outro problema, os crimes podem prescrever.

***************

Copiada do CONGRESSOEMFOCO

Bia Kicis é confirmada presidente da CCJ da Câmara

Top 30 Cirque GIFs | Find the best GIF on GfycatÉ a desmoralização total da Câmara, virou definitivamente um circo mambembe, e dos ruins.

***************

Copiada do Lei em Campo

 Nova condenação na Itália: Robinho não será extraditado, mas pode ser preso

A Corte de Apelação de Milão confirmou nesta terça-feira (9) a sentença de nove anos de prisão para o atacante Robinho e seu amigo Ricardo Falco pelo crime de violência sexual contra uma mulher albanesa, em 2013, na cidade de Milão, no período em que o brasileiro atuava pelo Milan. Com a condenação, Robinho não deve ser extraditado, mas pode cumprir pena no Brasil depois que processo tiver uma sentença definitiva, segundo especialistas.

Aí, depende, se passar pela Comissão de Ética da Alesp, aquela que aliviou pro lado do assediador Fernando Cury,  é capaz de ser elogiado pela “galanteria”.

***************

galanteria

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter