Macron recebe Lula, homenageia Randolfe e ignora coiso ruim

Sem noção

A propósito do fato de o presidente da França, Emmanuel Macron, ter recebido o ex do Brasil, Lula, o atual ornejou que “Parece que é uma provocação sim. Será que o serviço de inteligência dele  não sabe quem foi o Lula aqui ao longo dos oito anos dele e mais seis de Dilma, o que foi feito no Brasil?”.

Ele deve saber,  o que não  torna Lula execrável – só não é inocente e confiável… –, a diferença está no fato de que certamente sabe o que acontece atualmente, um país presidido por um mau militar, desastre ambiental, milicianos no Poder, ministros nomeados apesar de pacientes de ações na Justiça por falcatruas, milhões de desempregados e economia destruída,  a  prévia da inflação para novembro está em 1,17%, a maior para o mês desde 2002.

Brasil sob o comando da milicada “nacionalista”

Nacionalista? Não, milicianista! Sob eles o verde da Bandeira Nacional está sendo queimado, o azul do céu e das águas dos rios está sendo poluído por mercúrio do garimpo ilegal e o amarelo do ouro está sendo contrabandeado por garimpeiros ilegais. Destruição total no Rio Madeira.

 Se não fosse pela ação da imprensa “maldita e esquerdista” ninguém ficaria sabendo de nada, nem aquele militar, o vice Mourão, responsável por cuidar da Amazônia – diz ele que “suspeita” que as dragas estejam ligadas a narcotraficantes. Suspeita? Existe  a Abin para quê, então? Vai ver, na visão dele,  serviço de  Inteligência (…?) é para deixar tudo secreto.

Só quem deveria não viu

A foto de Silas Valentino lembra a imagem da barragem de navios que precedeu a invasão da Normandia no Dia D na Segunda Guerra Mundial

 É confissão de malfeitos

O STF determinou que fosse dado ao conhecimento público o teor das emendas do relator no orçamento secreto, mas os presidentes do Senado e da Câmara, Rodrigo Pacheco e Arthur Lira, informaram que não cumprirão o que foi decidido pela Corte. Em bom português admitiram que houve irregularidades em todas elas, caso contrário, por que esconderiam?

 (CACALO KFOURI)

                                                             ***************

“Black Friday aposta em promoção de carne no ano da inflação na comida”

                                                             ***************

Copiadas do UOL

 Bolsonaro diz que recepção que Macron fez a Lula na França foi ‘provocação’

Segundo Bolsonaro, Macron “sempre foi contra” seu governo por ser um concorrente em relação a exportações agrícolas e “sempre bateu” em sua gestão pelas questões ambientais(*).

(*) Acertou só na última sílaba, é pelas questões mentais.

Sem provas, Bolsonaro diz que chips do Inmetro em postos eram fraudáveis

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que demitiu toda a diretoria do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) após o órgão tentar colocar chips em bombas de combustível para evitar fraudes. Segundo o mandatário, no entanto, o governo teria descoberto a tempo que o serviço era fraudável. Bolsonaro não apresentou provas de sua acusação. As demissões ocorreram em fevereiro de 2020.

Injustiça, apresentou prova sim , mas foi de sua boçalidade, não é à toa que uma de suas alcunhas é boçalnato.

 Réus por corrupção vencem fase de pregão para vender coturnos ao Exército

Dois empresários réus por corrupção na venda de tênis, uniformes e mochilas venceram uma das últimas etapas de um pregão para vender 850 mil pares de coturnos e outros calçados para o Exército. A empresa EBN Comércio, Importação e Exportação, de Júlio e Daniel Manfredini, obteve a melhor classificação dentre as companhias habilitadas para participar de um pregão para compra de fardamento pelos militares. A ata com o resultado saiu na tarde de terça-feira (23).

COTURNOSExiste uma expressão, alto coturno, que significa que uma pessoa é influente, poderosa, de alta hierarquia, mas, nos tempos atuais, tudo é de baixo coturno, principalmente nas Forças Armadas, a pior parte delas veio à tona no atual governo.

                                                             ***************

Copiadas do g1

Em ‘Get Back’, Peter Jackson descobre segredos que Beatles tentaram esconder há 50 anos

 Enquanto gravavam um documentário para promover sua volta aos palcos após três anos se apresentarem aos públicos em 1969, os Beatles estavam um pouco paranoicos com os microfones espalhados pelo diretor. Para manter um pouco de privacidade, eles aumentavam o volume dos amplificadores para abafar suas conversas.

A estratégia deu certo por 50 anos. Com a estreia da série documental “The Beatles: Get Back” nesta quinta-feira (25), o diretor Peter Jackson promete trazer alguns dos momentos mais íntimos e privados em um estúdio vividos por Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr.

E o g1 manteve a privacidade, publica um enorme texto com uma longa entrevista com o diretor Jackson e esqueceu de contar onde o documentário será exibido.

 O “Mirando” informa: é na plataforma Disney+

 Material didático do ensino fundamental da rede estadual de SP tem erros de ortografia: ‘Ingraterra’

Livros didáticos distribuídos para alunos do ensino fundamental da rede estadual de São Paulo em 2021 foram impressos contendo erros de ortografia como “Ingraterra”, erros de informação, além de palavras cruzadas que não completam.

No material, quando o estudante em fase de alfabetização tenta completar as lacunas para formar as palavras, ele não consegue. O exercício foi mal formulado(*) e é impossível completar palavras simples como “pera” e “abacaxi”.

(*) Está certo desta forma, se fosse adjetivo seria “malformulado”.

 O conteúdo foi elaborado por servidores da pasta, diagramado por uma empresa terceirizada e impresso pela Imprensa Oficial do Estado.

 Em outra página, o Rei Luís XIV, da França, apelidado de “o Grande” e “Rei Sol”, tem seu nome grafado ora com z, ora com s. O mesmo acontece com a palavra “retângulo” na apostila do sexto ano: aparece com e sem acento.

No livro de Ciências da Natureza, do nono ano, calotas polares aparecem como “calotas populares”. Os erros aparecem tanto nas apostilas distribuídas aos alunos quanto nas destinadas aos professores.

 Não é “ingraçado”,  o semianalfabetismo e a total ignorância dos mais recentes ministros da área são mais contagiosos que a covid-19 com uma agravante, não tem vacina.

Empresa terceirizada? Dinheiro de volta! E tem de pagar os custos da reimpressão e redistribuição.

 Dando seguimento ao festival de erros de grafia, o cartaz da campanha do Novembro Azul recomendando cuidado com a higiene do pênis que estava sendo exibido nas estações do Metrô, e que foi retirado a mando do preconceituoso governador paulista a pedido do mais preconceituoso ainda deputado coisita Tenente Nascimento, continha um erro, Dito-Cujo tem hífen:

                                                             ***************

Copiadas da Folha

 Olavo de Carvalho não passou pela imigração para sair do Brasil e voou do Paraguai para os EUA

 A saída à francesa do Brasil de Olavo de Carvalho após ser intimado pela Polícia Federal envolveu compra de passagens em dinheiro, viagem de carro até o Paraguai e cruzamento da fronteira sem passar pela imigração.

Como mostrou o Painel, o guru do bolsonarismo saiu do país depois de a PF o chamar para depor e alegou problemas de saúde para não comparecer à oitiva.

Resumo da ópera: trata-se de um criminoso internacional foragido, Interpol nele!

 Ministro da Justiça contraria Anvisa e rejeita cobrar vacina para entrar no Brasil

 O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, disse nesta quinta-feira (25) que é contra cobrar o certificado de vacinação contra a Covid-19 como forma de liberar a entrada de viajantes no Brasil.

“Não precisa. Ela não impede a transmissão da doença”, disse Torres à imprensa. Ele e os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Casa Civil, Ciro Nogueira, são responsáveis por decidir sobre as regras de controle de fronteiras no Brasil durante a pandemia.

Com toda a devida e mais do que merecida falta de respeito, mas repleto de franqueza e visão da realidade, tem um, um só, dos ministros que não seja falto daquilo que se habitou chamar de inteligência?

O nome é chacina

Como já cantara Nina Simone(*) sobre corpos negros pendurados como estranhas frutas em árvores de sangue, (…) — quem possui(!) ou não antecedentes (?).

(*) Escriba, Nina gravou, não está errado, mas a gravação clássica – e foi feita muito antes, em 1939 – é de Billie Holyday. Nina “possuia” – (!) para ornar com o seu – 6 anos à época.

Na próxima, converse antes com seu colega Ruy Castro, é uma enciclopédia ambulante no que se refere à música e ao cinema.

(?) Antecedentes todos têm – ou será possuem…? –, há que ser preciso e acrescentar criminais…

                                                       ***************

Copiada do SP-LA-SH

Globo demite José Hamilton Ribeiro e o ‘repórter secreto’ do Fantástico

Após trabalhar na Folha de S.(X) Paulo, O(!) primeiro trabalho de José Hamilton para a Globo

(X) Cara-pálida, não tem espaço entre o ponto e o P, caramba.

(!) Por que em alta, está sofrendo influência de um certo blog?

Rapaz, se o “repórter secreto” lesse o seu texto ficaria decepcionado e certamente  iria lhe dar umas lições de como se apuram os fatos, a biografia de Zé Hamilton que escreveu é tão lamentável como a demissão dele.

Muito antes de trabalhar na “Folha” ele, na Editora Abril, fez parte da equipe de uma das melhores – se não a melhor – revistas já publicadas pela imprensa brasileira, a Realidade – na qual este mirandeiro teve o privilégio de trabalhar nos seus estertores, já não era sombra do que foi. Em uma de suas reportagens, foi ao Vietnã para cobrir a guerra e teve o azar de pisar em uma mina, o que lhe causou a perda de uma perna. E este é só um detalhe de sua brilhante carreira.

 O mal que as demissões dos velhos – no sentido de antigos – jornalistas causa nos jornais e TVs é que os novos desconhecem  a história recente do país e de fatos ligados à própria imprensa. E, apesar de todos os recursos de pesquisa disponíveis, não os usam, são mal formados nas faculdades. É o caso, por exemplo, do citado mais acima, o cara-pálida cita a gravação de Nina Simone, mas desconhece que a clássica é a de Billie Holiday.

Ser jornalista não depende de diploma, o essencial é a vocação e existem centenas só com o diploma.

                                                                 ***************

Copiada da Coluna JULIANA DAL PIVA

STF marca julgamento de foro de Flávio Bolsonaro para o dia 30 de novembro

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), incluiu na pauta da 2ª Turma da Corte a reclamação do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) contra a decisão do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio) que concedeu foro especial ao senador Flávio Bolsonaro no ano passado. O julgamento foi marcado para a próxima terça-feira (30), após um ano e meio parado na Corte.

Epa, opa, não é o dia em que ocorrerá a sabatina do extremamente evangélico e pouco apto em Direito, André Mendonça, no Senado? Mera coincidência?

                                                             ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

 A grande Elza Soares faz a prova do seu fardão para posse na Academia Brasileira de Cultura

(…), no Teatro(!) Municipal de São Paulo.

(!) O escriba, não satisfeito em errar o nome do teatro do Rio, erra o de São Paulo também. Theatro, cara-pálida, Theatro, os dois.

 Senador Randolfe Rodrigues vai receber a ‘Légion d’honneur’, a mais alta honraria da França

Nascido no agreste pernambucano há 49 anos, mas com carreira político(?) no Amapá,

(?) Política, errante iterativo.

De acordo com o governo francês, a condecoração reconhece a “defesa fervorosa do meio ambiente pelo congressista e sua atuação no combate à covid(*)-19 no Brasil,

(*) Escriba, mesmo depois de quase dois anos não percebeu que os cara-pálidas do blog usam em alta, entre eles, você?

 Será que o coiso vai dizer que é provocação também?

 Ciro Gomes, João Doria e Sergio Moro presentes na ‘Barraca da Democracia’

Sabe esta barraca no Catete, que saiu aqui, que vendia tanto camisas pró(!)Lula como também pró(!)Bolsonaro?

(!) E sabe aquele livrinho que saiu faz um tempão chamado de gramática? Nele está que tem de pôr hífen nos dois casos.

 Governador e presidente da Alerj viajam para ver o Flamengo, e chefe do TJ assume governo do Rio

Com a viagem do governador do Rio, Cláudio Castro, e do presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano, para assistirem o(!) jogo do Flamengo na final da Libertadores

(!) Os escribas desconhecem o básico do básico, assistir o é atender, ajudar, socorrer, já ver um jogo é assistir ao jogo.

Zé Paulo Cavalcanti Filho, que comanda a ‘Confraria Lagoa Azul’, é eleito para a ABL

 A lista dos privilegiados é interminável. O grupo da foto, clicado por Cora Ronai(!),

(!) Tem mais coisa interminável, a lista de erros no blog… Rónai, cara-pálida.

                                                              ***************

José Paulo Cavalcanti Filho: jurista, poeta, escritor, colunista do Chumbo Gordo, eleito imortal na Academia Brasileira de Letras, cadeira 39

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter