treme - GUARANHO

Guaranho denunciado, suicídios, desinteligências. Brasil, agora

Guaranho denunciado

 O criminoso coisiforme Jorge Guaranho, o assassino do petista Marcelo Arruda, crime ocorrido em Foz do Iguaçu dias atrás, foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e perigo comum.

 Motivo fútil porque o crime foi cometido devido a preferências político-partidárias antagônicas e perigo comum devido à possibilidade de pessoas presentes no local serem atingidas pelos tiros.

Para os leigos é difícil entender – ou aceitar – as sutilezas das lei, as preferências políticas  foram o motivo do crime, mas o crime não foi político. Não há  definição precisa do que seja crime político pós-revogação da ditatorial Lei de Segurança Nacional. Tal crime é citado na Constituição, mas não é definido.

No caso, há que usar a tal da palavrinha, suspeita

No dia 19, foi encontrado morto na sede da Caixa Econômica Federal (BSB) o diretor de Controles Internos e Integridade Sérgio Ricardo Faustino Batista.

A polícia suspeita de suicídio. Mas há outras suspeitas a levantar, não necessariamente de assassinato. O que ele teria descoberto – ou encobriria com a morte – que o levou a se matar caso o suicídio seja confirmado.

A função dele era a de apurar todas as denúncias sobre qualquer assunto que chegassem à diretoria. A mais recente é a de assédio sexual cometido pelo ex-presidente da CEF, Pedro Guimarães.

 Eles entendem do assunto

O generaleco nada augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Interna, ignora o que seja Inteligência nos dois sentidos do termo, mas a turma da União dos Profissionais de Inteligência de Estado da Agência Brasileira de Informações é especialista na área.

Os especialistas declararam em nota que “A Intelis destaca que não há qualquer registro de fraude nas urnas eletrônicas desde a implantação do atual sistema, vinte e seis anos atrás. Ao longo de toda a história da utilização da urna eletrônica, os profissionais de Inteligência de Estado têm prestado apoio técnico especializado à Justiça Eleitoral no fornecimento e implementação de sistemas e dispositivos criptográficos, que contribuem para a autenticidade, confidencialidade e inviolabilidade dos programas e dados das urnas utilizadas no País. A criptografia de Estado e os sistemas de assinatura digital desenvolvidos e aperfeiçoados por nossos servidores fazem parte do ecossistema complexo de barreiras que tem resistido com sucesso às diversas tentativas de ataques executadas durante testes públicos de segurança da plataforma, como reconhece publicamente o Tribunal Superior Eleitoral. Como servidores públicos de um órgão de Estado essencial à proteção e à projeção dos interesses estratégicos da Nação, reforçamos nosso compromisso com o Estado Democrático de Direito, a Constituição da República e o respeito irrestrito e inegociável aos direitos e garantias dos cidadãos.”.

Trata-se de mais uma reação à palhaçada cometida pelo ignaro ignóbil na reunião com embaixadores esta semana.

O capacho que preside a Câmara continua silente, assim como as bancadas dos tiros, dos arados  e a dos dízimos.

Mais uma canelada no mentiroso

A Associação de Diplomatas Brasileiros (ADB) também deu um “chega pra lá” nas petas presidenciais: “A ADB reitera sua plena confiança na justiça eleitoral brasileira e no sistema eletrônico de votação do país”.

Gavetas Qual gaveta está mais cheia?

A Coalizão em Defesa do Sistema Eleitoral  denunciou à Procuradoria-Geral do coiso o chefe de Aras, aras, veja, só, por  atentar contra o Estado Democrático de Direito e por incitamento à pratica de crimes.Tal encaminhamento vai gerar uma dúvida, que gaveta está mais cheia? A de Aras, aras, vejam só, ou a de Arthur “Nero” Lira com pedidos de impeachment do i.i., 145 até agora?

Copiada do g1

Ciro ataca Lula e Bolsonaro no primeiro discurso após convenção do PDT que formalizou candidatura

O ex-ministro Ciro Gomes atacou os adversários Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) nesta quarta-feira (20) no primeiro discurso após ter sido sacramentado candidato a presidente da República — pela quarta vez — em convenção nacional do PDT em Brasília.

“Com todas as suas diferenças, Lula e Bolsonaro são muito parecidos.

O atual quadro político é tão surreal e trágico que uma boa forma de ilustrar é utilizar a literatura de terror”, afirmou. “Os dois [Lula e Bolsonaro] estão causando um mal terrível à população brasileira, criando o maniqueísmo do bem absoluto e do mal absoluto. Cada um diz que tudo de bem está do seu lado e tudo de mal está de outro”.

O raivoso candidato não deixa de estar com a razão  sob certo aspecto, mas erra ao não levar em consideração que se pode comparar comportamentos, mas nunca as pessoas, o i.i. é abominável sob todos os aspectos e a mesma coisa não se pode dizer de Lula, apesar de condenado por vários ilícitos.

Demonstra com o lançamento de sua candidatura não ter o menor apreço pelo país, mesmo depois das patéticas cenas vistas na reunião do i.i. com embaixadores. Não tem a mínima chance de ser eleito – 10% de votos… – e dificulta que as eleições se resumam ao primeiro turno. É o desequilibrado de sempre.

Não é burocracia, é burrocracia

A nota foi publicada no “Blog do Ancelmo” de ontem (20):

“Com mestrado, aluno de 66 anos passa no vestibular, mas é impedido de cursar a UFRJ por burocracia”

O caso de Gilberto Macedo Pina, 66 anos, vem causando comoção nos corredores da UFRJ. Formado pela PUC-Rio, com mestrado na própria UFRJ, ele estava cursando o terceiro período de Ciências Sociais (fez Enem e passou pelo Sisu de 2021) na universidade federal. Só que não tem histórico escolar do ensino médio para efetivar a matrícula exigida pelo edital da  universidade e, por isso, não poderá continuar a fazer o curso.

É que ele concluiu o ensino médio em 1973 na Escola ADN, hoje extinta. Na época, as escolas não emitiam o documento. 

Apesar de ter três pareceres favoráveis do Ministério Público, afirmando que ele não poderia ser penalizado por demora excessiva da administração para fornecer o documento,  o TRF-Rio  reformou uma sentença, recusando a matrícula. A alegação? A demora se deu por culpa do aluno, que deveria seguir o edital, e que não havia comprovado à UFRJ ter concluído o ensino médio – a mesma universidade na qual concluiu seu mestrado.

Ok, deixou de cumprir o edital, mas se ele fez mestrado na própria UFRJ é prova irrefutável de que concluíu o ensino médio, uai. Como seria possível fazer mestrado se antes não tivesse se graduado em uma universidade? E se pôde se graduar é porque provou que fez o ensino médio, não?

Tem gente que adora procurar chifre em cabeça de cavalo! No caso, em vez de valer “Dura lex sed lex” vige “‘Burra’ lex sed lex”.

 Banco condenado

Não satisfeito em explorar clientes, o banco Santander abusou de seus funcionários e foi condenado pela Justiça do Trabalho a  pagar-lhes R$ 275,4 milhões por danos morais coletivos por exigir que cumprissem metas abusivas, por assédio moral e por danos mentais em razão dos abusos.

bancoUm dos desembargadores, o relator, apresentou como um dos motivos para a condenação que  “tais práticas impingiram os empregados a cometer atos irregulares para garantir a todo custo o cumprimento das metas, como comprar para si produtos do banco ou mesmo se aproveitar ‘da boa-fé de clientes idosos pediram para ele comprar determinado produto e após o idoso assinar aumentavam a quantidade”.

 Como bem disse o dramaturgo alemão Bertholt Brecht, “O que é roubar um banco comparado a fundar um banco?”.

(CACALO KFOURI)

                                                                 ***************

Copiada do Estadãozinho

Sucessão de primeiro-ministro britânico fica restrita a 3 nomes

  EXPULSÃO(???). (…). Tobias Ellwood, um crítico de Johnson que apoia Mordaunt, foi suspenso(???) do partido no Parlamento por não ter comparecido à votação de uma moção de confiança protocolada pela oposição contra o governo conservador, na segunda-feira.

(???) Mais um a adir ao Dicionário de Sinônimos Malucos? Decida-se, cara-pálida, expulsão é definitiva, suspensão é temporária.

                                                                 ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

 legenda
jefe: Ancelmo Gois
miss Caixa/mistake: Ana Cláudia Guimarães (editora)
errador/mister Crase: Nelson Lima Neto
Por que continuar lendo o blog se tem tanto erro e dá tanto trabalho? É que, apesar da decadência do texto, continua sendo uma boa fonte de informações. E, afinal,  qual seria o sentido de fazer o “Mirando” sem mirar?
Em tempo: não mais será usado itálico nos adjetivos dos coleguinhas e em blog, perde-se muito tempo com isso.

Turista é cercado por vulneráveis em farmácia do Leblon

(…), que segurou pai e filho pelas mãos  e os levou até o ponto de taxi(XXX) mais próximo, no caso, o do Shopping Leblon. O turista repetia para o filho: “Esta é a situação do país”.

 No taxi(XXX), o colombiano disse em “portunhol”:

(XXX) Mistake, taxi sem acento é uma formiga, viste? Táxi tem de ter acento e assento, capisce?

Lula vai conversar com representantes da sociedade civil para que eleições sejam legitimadas

Lula, que está até amanhã em Pernambuco, (disse que  disse que,)(?) na sexta, vai agendar encontros com representantes da sociedade civil para a próxima semana. Quer dar início a uma mobilização com entidades como a(X) OAB, ABI, sindicatos e outras associações

(?) Repetiu para ser bem acertivo, mistake?

(X) Tu és dura na queda, hein, escriba? Tira o “a” daí, caramba.

A decisão tem a ver com o recente discurso do presidente jair(!) Bolsonaro

(!) Miss Caixa errou, mas no fundo, no fundo acertou…

Superstição? Show de Roberto Carlos no dia 13 deu ruim

 RC ainda distribuiu as rosas com uma cara de mal(*)humorado, e nem as beijava.

(*) Cadê o hífen que tem de estar aqui, mistake? Assustou-se com a cara de RC e fugiu?

                                                                   ***************

roberto rosas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter