armando

Armando conflitos, aglomerações, esticando a corda. Quem? Adivinha.

CPI - bolsonaro mentiroso

O coiso está armando – além de literalmente seus “milicianos”, parte de quem o segue é isso  – algum conflito nas ruas prevendo que o andamento da CPI da Pandemia não lhe será confortável, é a única explicação para o fato de continuar a provocar a CPI incentivando aglomerações e pregando contra isolamento social.

A CPI   já levantou mais de 200 zurros negacionistas do coiso, estão todos gravados ou registrados em matérias dos jornais, todos indesmentíveis. E isso foi antes de mais uma manifestação contra a saúde dos brasileiros, as asneiras proferidas durante o rega-bofes, na sexta (30), com as empresárias que, muito gentis, não quiseram que empresários passassem vergonha sozinhos.

O genocida teve o desplante de dizer que “ninguém esperava pandemia com tamanha gravidade e, sem perspectivas de que termine, será preciso aprender a conviver com o vírus e voltar a trabalhar para a economia caminhar.”.

Dr. Quedroga não liga lé com cré e é mais um a municiar o relator da CPI da Pandemia; primeiro, usando Tico, declarou isto:

“Não há que falar em atraso de vacinação no Brasil. Nós começamos nossa vacinação assim que a lei assim nos permitiu.” Repetiu o lero-lero segundo o qual o país “dispõe de mais de 500 milhões de doses de vacinas contratadas”. E reiterou a promessa de que até o final do ano “teremos nossa população inteiramente vacinada.”.

Logo depois, o Teco acordou e o Tico dormiu sem contar o que tinha falado e dr. Quedroga entregou o ouro pro Renan, se contradisse:

“Não há que falar em atraso de vacinação no Brasil. Nós começamos nossa vacinação assim que a lei assim nos permitiu.O pais dispõe de mais de 500 milhões de doses de vacinas contratadas, até o final do ano teremos nossa população inteiramente vacinada.”

Dizem que a mentira tem pernas curtas, mas, no caso dos governistas, nem pernas tem, não sai do lugar.

O aprendiz de “o abominável “o coiso”, Wilson Witzel, vulgo W2, recebeu um merecido prêmio, por 10 a 0, lavada maior que o Brasil levou da Alemanha na Copa do Mundo jogada nesta banda (7 a 0), foi empessegado. Vai ter de guardar no armário a ridícula faixa de governador que indevidamente mandou fazer, vai ter de dar tirinhos na própria cabeça e dar corridinhas diante do espelho. A dúvida que se alevanta é se  enquanto atuou como juiz federal não teve o mesmo comportamento abjeto que demonstrou no seu fugaz mandato como governador.

(CACALO KFOURI)

                                                              ***************

 

****************

****************

Ramos ou Amarelão?

*******

 

                                                    ***************

Eis a prova de que “evangélicos” não entendem nada do que leem, note, leitor, como consideram ser a composição da Divina Trindade:

Tu, Você e Vós…

                                                    ***************

Copiadas do UOL

 Tatá Werneck é atacada por morcego durante vídeo de dança; assista

Assista, leitor, e veja se descobre o ataque mencionado pelo cara-pálida, não chegou perto.

Aras sai em favor do governo para barrar ação no STF sobre reforma agrária

 O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu nesta quinta-feira (29) ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello que arquive uma ação judicial pela qual organizações não governamentais e partidos de oposição pedem a execução do programa da reforma agrária no país

Cara-pálida, há um engano no início do seu texto, Aras, aras, vejam só, não é PGR, é AGc, apoiador-geral do coiso.

 Novo chefe da PRF agride frentista e causa prejuízo de R$ 50 mil ao governo

 O paranaense Silvinei Vasques, de 46 anos, escolhido por Jair Bolsonaro (sem partido) para comandar a PRF (Polícia Rodoviária Federal), causou um prejuízo de mais de R$ 50 mil à União.

O motivo da dívida: a administração federal foi obrigada a indenizar um frentista que foi agredido pelo servidor após se recusar a lavar um carro da corporação. Silvinei foi condenado pela Justiça Federal de(!!!) Santa Catarina em 2017, mas vem recorrendo desde então na tentativa de não assumir o ônus gerado aos cofres públicos.

(!!!) Cara-pálida, quando SC foi elevado à categoria de país para “possuir” JF? Em SC, escriba, pensa, pensa, não dói.

Escolhido a (falta de) caráter para o cargo, orna com quem o escolheu.

 Corredor é atacado por cachorros na Espanha: “Estou vivo porque Deus quis”

Néstor Campos, de 50 anos, foi atacado por dois cachorros (um pitbull e um rottweiler), no último dia 12 de abril, enquanto corria nas montanhas, ficando hospitalizado nos últimos dias por causa do ataque sofrido em Villarreal, na Espanha.

Mas, de acordo com o raciocínio, não foi Ele que também quis que os cachorros o atacassem, ilustre atleta? Ou terá sido o Demo?

 UOL CONFERE

É enganoso post de Carlos Bolsonaro que acusa Dino de defender cloroquina

É enganoso um tuíte de Carlos Bolsonaro, filho do presidente da República e vereador pelo Rio de Janeiro, afirmando que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), é defensor da hidroxicloroquina no tratamento contra a covid-19. Na postagem, Carlos usa um trecho editado de uma fala de Dino para argumentar que ele teria “posicionamento favorável quanto à hidroxicloroquina”.

Digno de elogios o trabalho de mostrar quanta mentira dispara a zeralhada pinóquia, a lamentar só o fato de que é inútil muitas vezes, os que seguem a turma é descerebrada, vão achar que a mentira é o desmentido.

 ***************

Copiadas da Folha

Irmão de Bolsonaro convoca protesto contra Doria ao lado de investigado

 Chefe de gabinete da prefeitura de Miracatu (SP), Renato gravou vídeo com a chamada ao lado de Jackson Vilar, que tem incitado comerciantes do estado a resistir a ações de restrição de atividades durante a pandemia.

Vilar está sendo investigado por incitação ao uso de violência contra agentes de segurança pública, injúria e infração contra medida sanitária.

No começo de março, ele foi encaminhado ao 47º DP (Capão Redondo) sob acusação de ter encorajado comerciantes a desrespeitarem restrições antipandêmicas estabelecidas pelo governo paulista e a resistirem a intervenções da Guarda Civil Metropolitana e de fiscais da vigilância sanitária.

Não é exagero quando alguém diz que não se salva um na famiglia, Barrabás, que genes danificados!

 Governo Bolsonaro afrouxa regra em Noronha e permite construção com mais de 450 metros quadrados

O governo Jair Bolsonaro (sem partido) editou uma norma, nesta sexta-feira (30), que afrouxa regras ambientais no arquipélago de Fernando de Noronha.

A direção do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) alterou —por meio de uma portaria no Diário Oficial da União— o plano de manejo da APA (Área de Proteção Ambiental) do arquipélago e eliminou a exigência de autorização do instituto para a construção ou reforma de imóveis, na zona urbana da ilha, com mais de 450 m².

“Não será necessária a autorização do ICMBio para empreendimentos ou atividades localizados integralmente na zona urbana da APA, conforme o zoneamento apresentado neste plano de manejo”, diz o texto do plano de manejo alterado.

A portaria com a modificação é assinada pelo presidente do ICMBio, Fernando Cesar Lorencini. Indicado pelo ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente), ele fez sua carreira na Polícia Militar de São Paulo, onde é coronel.

Pelo plano de manejo atual, empreendimentos localizadas fora da área urbana da APA precisam de licenciamento ambiental emitido pelo ICMBio.

Não basta a Amazônia, vamos destruir Fernando de Noronha também! Delenda Brasilia.

Mas o governo pernambucano reagiu:

 Em nota, a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, estado ao qual a ilha Fernando Noronha está vinculada, disse que a nova regra federal “em nada interfere no exercício da competência estadual” e que o governo pernambucano “continuará fazendo o devido licenciamento de projetos e obras do ponto de vista ambiental” no arquipélago.

Nesse sentido, a secretaria afirmou que devem obter licenciamento estadual a construção de residências, hospedagens e estabelecimentos que prestam serviços, entre eles restaurantes e mercados, além de obras públicas e privadas.

***************

Copiadas do G1

Brasil completa 100 dias com média móvel de mortes por Covid acima de 1 mil; período teve quase metade dos óbitos da pandemia

País contabiliza 14.665.962 casos e 404.287 óbitos, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa com informações das secretarias de Saúde. Também já são 45 dias com a média acima de 2 mil mortos por dia.

A média é móvel e o governo é criminosamente estático, o que explica mais de 400 mil mortos devido à “gripezinha”.

***************

Copiada do CONGRESSOEMFOCO

 Encontro entre Eduardo Bolsonaro e Junior Bozzella termina na delegacia

Um encontro inesperado entre os deputados Eduardo Bolsonaro e Junior Bozzella, ambos do PSL de São Paulo, no aeroporto de Congonhas, terminou com o registro de um boletim de ocorrência na Polícia Civil do Estado de São Paulo. Segundo Bozzella, o filho do presidente Jair Bolsonaro o teria ameaçado de morte durante o desembarque de um voo que trazia ambos de Brasília. Já segundo o “zero-três”, como é conhecido Eduardo, o que houve foi um encontro casual que deu errado.

Claro, casual, o comportamento miliciano de sempre. E pensar que há militares que juraram defender a Constituição que apoiam esta corja. STF, não devem ser todos condenados por perjúrio? Ministro GM do STF, não são parciais?

 

***************

Copiadas do Estadão

 ‘Um número enorme, né?’

Sem sequer citar o número de (vítimas fatais)(!!!) da doença no País que, desafortunadamente, lhe coube governar, Jair Bolsonaro se limitou a dizer em uma de suas lives que o País “chegou a um número enorme de mortes agora aqui, né?”

 Mein Got, Barrabás, por Netuno! Quando está barbaridade chega ao editorial do Estadão é sinal de quê, por lá, não há mais salvação, está tudo dominado! Cara-pálida, quem a vítima matou para que seja fatal, conta pra nós, conta? Próximo passo, mortes fatais!

 Primeira-dama

O programa Pátria Voluntária, coordenado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, distribuiu pouco mais de 27 mil cestas básicas e 38,5 mil quilos de alimentos desde que foi criado, em julho de 2019. (…). O número de cestas básicas distribuídas até agora corresponde a 1,93% do que a ONG Ação da Cidadania doou apenas no período da pandemia de covid-19, de março de 2020 até hoje.

Fundada pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, a Ação da Cidadania entregou, sozinha, aproximadamente 14 milhões de quilos de comida – o equivalente a 1,4 milhão de cestas básicas – desde o início da crise sanitária. A ajuda beneficiou mais de 4 milhões de pessoas, segundo a ONG. De fevereiro para cá, a entidade distribuiu 350 mil cestas a 1,5 milhão de famílias.

As duas palavras mais desmoralizadas atualmente são pátria e Ética, a primeira transformou-se em pária, a segunda, em piada. Terá ela, menos menos, usado os R$ 89 mil que recebeu de Fabrício Queiroz, fato não explicado até hoje e esquecido pela imprensa?

Maduro defende cura charlatã para a covid-19

Enquanto presidente venezuelano exalta medicamentos sem eficácia comprovada contra vírus, hospitais estão sem água, as vacinas são escassas e há fila para enterros e cremações

Maduro e o coiso almas – força de expressão, não têm – gêmeas! Vale ker o texto inteiro, as semelhanças impressionam:

https://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,the-economist-maduro-defende-cura-charlata-para-a-covid,70003701032

***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

73% dos brasileiros com smartphones já fizeram um Pix(*) aponta pesquisa

O destaque ficou para a adesão da população ao pagamento utlizando o PIX(*), o novo sistema de transferência eletrônica no ar há pouco mais de cinco meses.

(*) Cara-pálida, por que certo no título e cinco vezes errado no texto? Conta pro leitor como você é atento…

A ausência que chamou atenção no leilão da Cedae

Uma ausência, porém, chamou atenção:

Brasileiros e brasileiras, ausência mudou de nome, agora é atenção, aprendam! Chamou a atenção cara-pálida. E não tem nem a desculpa da regra sem sentido de não usar artigos em títulos, está errado no texto também.

TJ do Rio mantém condenação de Bia Kicis por fake news contra Jean Wyllys: R$ 41,8 mil de indenização e postagens deletadas

Foi mantida a condenação de R$ 41,8 mil como indenização por danos morais, além de ordenada a exclusão de duas postagens em redes sociais – os dois links já se encontram indisponíveis.

A decisão inicial considerou que Kicis “extrapolou seu direito ao caluniar o autor (Jean Wyllys), sem qualquer base verossímil, de ter participado da tentativa de homicídio do Presidente da República”.

E pensar que o espécimen preside a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara…

Dupla Fla-Flu começa a negociar contrato de fornecimento de bebidas do Maracanã

Desde março de 2020, o Maracanã está fechado para o público por causa da pandemia, mas Flamengo e Fluminense vem(*) discutindo um novo contrato de fornecimento de cerveja nos bares do estádio.

(*) Cara-pálida, não sei se sabe – aliás, sei que não sabe – que Fla e Flu constituem um plural, entonces, “vêm” discutindo, capisce?

Funcionários do Teatro(!!!) Municipal do Rio estão pagando a passagem do próprio bolso

(!!!) De novo, cara-pálida? Já errou no começo da semana, caramba, é Theatro.

Fiocruz faz simpósio com especialistas internacionais em biotecnologia

 Os palestrantes apresentarão trabalhos inéditos sobre vacinas, reagentes para diagnóstico e biofármacos. O evento também estimula novas abordagens, processos(*) e tecnologias através(**) de jovens cientistas que apresentarão 90 trabalhos inéditos durante o simpósio.

(*) Cara-pálida, novas abordagens e tecnologias e novos processos, capisce?

(**) Caramba, e não vai doer quando isso tudo atravessá-los? Por meio de, meu.

 __________

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter