campeões (palmeiras)

Os campeões também caem. Blog do Mário Marinho

campeões (palmeiras)

A noite desta quarta-feira, antevéspera do Dia dos Namorados, não foi nada romântica nem suave com três grandes campeões da Copa do Brasil.

A fila dos grandes que caíram nessa quarta-feira foi puxada pelo gigante Palmeiras, atual campeão da Copa do Brasil e campeão Paulista.

Foi mais uma derrota nos pênaltis, bisonha e incrível.

O Verdão venceu o jogo de ida, em Alagoas, por 1 a 0.

Dava-se como certa a classificação em casa, no bonito Allianz Parque.

Entretanto, levou um gol e não teve chances de reagir, já que precisava apenas de um empate.

A decisão foi para os pênaltis, Aí, brilhou de forma espetacular a estrela do goleiro.

Diogo Silva não só defendeu três cobranças, como também converteu em gol quando foi chamado a cobrar.

Além das defesas do endiabrado Diogo Silva, o Verdão ainda sofreu com a incompetência (tremedeira) de seus jogadores.

Veja como foi lambança:

Em Minas, o Cruzeiro – que já foi gigante e hoje se apequenou –  e é o campeão de conquistas da Copa do Brasil (1993, 1996, 2000, 2003, 2017 e 2018), repetiu a história do Verdão: venceu o primeiro jogo contra o Juazeirense, em Juazeiro, por 1 a 0.

Ontem, em Juazeiro, perdeu pelo mesmo placar e foi eliminado na cobrança dos pênaltis.

O goleiro encapetado que impediu a vitória do Cruzeiro foi o Calaça.

Veja os melhores momentos:

 

A derrota do terceiro campeão nessa noite, era esperada. Foi a eliminação anunciada.

O Corinthians já havia perdido no primeiro jogo, para o Atlético Goianiense por 2 a 0.

Reverter esse placar com um time fraco, ainda em formação e na casa do adversário era mesmo Missão Impossível, coisa para Tom Cruise.

Como o grande astro não estava em campo, o Corinthians ficou 0 a 0 e viu a chance de continuar na Copa do Brasil, além de embolsar 2,7 milhões de reais, ir para o espaço.

Não vai ser fácil a vida do técnico Sylvinho.campeões

Mesmo a tradicional receita do faça do limão uma limonada, não se aplica no Corinthians, já que, no momento, ele tem apenas limão. E não se faz limonada sem açúcar.

O pior é que o futuro se apresenta nebuloso para o antigo Timão, pois não há grana para contratações.

Parece que apelar para São Jorge também não dá muito certo: ontem, o Timão foi batido pelo time que tem como mascote um dragão.

E, diz a lenda, São Jorge derrotou o Dragão.

Mas não foi o que se viu ontem.

E como não foram só os campeões que caíram, o meu América também se despediu da Copa do Brasil ontem: perdeu, nos pênaltis, para o Criciúma (foto ao alto).

Show de gols:

___________________________________________________________________

Mário Marinho – É jornalista. É mineiro. Especializado em jornalismo esportivo, foi FOTO SOFIA MARINHOdurante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

1 thought on “Os campeões também caem. Blog do Mário Marinho

  1. Como dizia a minha saudosa mãe , Celina Marinho , jogo é jogado , é uma caixinha de surpresa .
    Tudo pode acontecer nas quatro linhas , antes do apito final .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter