Agonia estendida até e além 7 de outubro. Eleições e tudo que enfrentamos, na Mira

 A agonia continua, a cada pesquisa mais dúvidas sobre o que acontecerá depois da contagem de votos após as 18 horas do dia 7 de outubro, data do primeiro turno. O líder até o momento, bolsonaro, já começou a insinuar a possibilidade de fraude, quem sabe porque fez o que não está sendo levado em consideração por boa parte dos analistas, o índice de rejeição, já arrumando uma desculpa para justificar uma esperada derrota por aqueles que têm bom senso. Dizem que esperança é a última que morre, o problema é quê, por aqui, costuma ser a primeira.

 

No filme “Roman J. Israel”:  “Um ato só torna uma pessoa culpada quando a mente for culpada também.”

 

Na Folha de S.Paulo, “Brasil, mas pode chamar de Macondo”, surreal e real. https://www1.folha.uol.com.br/colunas/clovisrossi/2018/09/brasil-mas-pode-chamar-de-macondo.shtml

 

Também na Folha, do mesmo autor, “O sabor amargo de votar já quase cinquentão”. É quatro anos mais velho que eu, mas passou pelos mesmos dissabores. https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/09/o-sabor-amargo-de-votar-ja-quase-cinquentao.shtml

 

A TV Globo é mesmo um fenômeno, conseguiu arrumar um narrador de F1 que fala mais que a boca e o anterior juntos e faz mais barulho que os motores dos carros, a complete pain in the neck.

(CACALO KFOURI)

                                                       ***************

 

                     A cada manchete uma escolha sobre o que afeta mais o país

 

O Globo: “Dólar é recorde desde o Plano Real”

 

Estadão: “Dólar fecha em R$ 4,20, maior valor do Plano Real”

 

Folha de S.Paulo: “Despesa do Judiciário com salários sobe na crise”

 

Correio Braziliense: “GDF vai liberar R$ 100 mi para pagar precatórios”

 

Obs.: – Há um fato a considerar sobre os que optaram pela alta do dólar, em nenhum dos textos – e aí se incluem os dos jornais que não manchetaram a informação – foi levado em consideração o poder de compra de R$ 4,20 em 1996 e atualmente, lá atrás era muito maior.

 

                                                       ***************

E a NET insiste na péssima terceirizada que faz os infos:

 

 

Obs.: – Recém-separada sem hífen e um festival de sua (excesso de transpiração?), singular e plural. Vá escrever mal assim lá longe, seu!

 

                                                        ***************

No Universa

Danielle Dahoui [chef] sobre assédio: “Encosta em mim e enfio a faca no teu bucho”

Obs.: – E aproveita pra fazer uma receita?

                                                       ***************

Na Folha

Para Alckmin, pesquisa Datafolha mostra que disputa está estabilizada

Obs.: – Está e você fora cara-pálida, estão o ogrinho, Ciro e Luladdad.

Ciro xinga e dá leve empurrão em homem durante entrevista em Roraima

 

“Apareceram lá uns provocadores, mas acho que se deram mal”, afirmou o candidato

Obs.: Se deram não, mostraram a sua verdadeira personalidade, a que está tentando vender, “Cirinho, paz e amor”.

                                                       ***************

 

No UOL

Datafolha: Em 2º turno, Bolsonaro empata com 3 candidatos; Ciro vence todos

Obs.: – Parece que a coisa caminha para o voto útil pregado por Alckmin, mas não será nele. Caramba, fiz muito disso durante a ditadura militar, mas, 33 anos depois, de novo??? Por falar nisso, não me lembro de tanta falta de opção, ter de escolher um menos pior tão pior.

 

Grêmio demite médicos por causa de sequência de lesões do time

 

Obs.: – Médicos??? Como sou burro (não vale concordar, tá?), pensava que os responsáveis pela forma dos jogadores fossem os preparadores físicos e que os médicos cuidassem de consertar os quebrados. Vivendo e aprendendo.

 

Titi estilosa Ewbank faz aniversário e advinha(!!!) quem rouba a cena na Bahia?

 

(!!!) Uau, advinha? Adivinha quem pisou na bola e feio? Tempos depois adveio a correção, trocaram por adivinha.

 

 Lula quer ser absolvido na Justiça, diz Haddad sobre eventual indulto

 

Obs.: – Pelo menos mostra mais bom senso que o poste 2, criminosos são indultados, inocentes absolvidos. O difícil é ele ser absolvido.

 

                                                          ***************

Blog do Chico Barney

Lobão fica revoltado com colunista ao ser comparado com Oswaldo Montenegro

Obs.: – Brasileiros e brasileiras, já mencionei aqui o fato de que, para fazer meu trabalho, passeio por lugares que nunca pisaria se não fosse por ele, mas , muitas vezes, como no caso, limito-me ao título, não abro o lix ops! link. quem fez a comparação não conhece um e outro, é o mesmo que comparar alho com bugalho. Lobão, para ficar no ramo zoológico, tem toda a razão de ficar uma arara.

                                                          

  ***************

No Estadão

PT atrasa pagamento de equipe de TV

Parte dos funcionários responsáveis pelos vídeos da campanha presidencial de Fernando Haddad cruza os braços e interrompe trabalhos

Obs.: – É dura a vida sem propinas, né mermo?

Chefe de campanha de Trump admite culpa e aceita depor

Paul Manafort fecha acordo com o Departamento de Justiça dos EUA e começa a colaborar com investigações sobre a interferência da Rússia nas eleições de 2016, o que pode envolver o presidente americano e seus assessores mais próximos

Obs.: – Cuidado para não acabar com a boca cheia de formiga, Putin é parte interessada.

Brasil fica atrás da Venezuela em índice de desenvolvimento

Sem avanços sociais, País permanece na 79ª colocação entre 189 países. Mesmo assim, continua no grupo classificado como de Alto Desenvolvimento Humano pela ONU

Obs.: – Inacreditável, uma façanha sem tamanho. Terá sido culpa de Temer, com pouco mais de dois anos de mandato?

Metade dos eleitores antipetistas declara voto em Bolsonaro

Obs.: – Isto não é ser antipetista, é ser anti-Brasil.

                                                            ***************

No Estadão conteúdo

Contrários ao ‘fundão’ recebem R$ 150 milhões

Obs.: – Em 1967, a música “A Volta do Boêmio”, na voz de Nelson Gonçalves, vendeu mais de 1 milhão de discos. Começava assim: “Boemia(*), aqui me tens de regresso”. Parafraseando, “Hipocrisia, aqui me tens de onde nunca saí.”.

(*) Palavrinha complicada, deveria ser pronunciada com “e” forte, mas todo mundo falava com “i” forte. Então, NG gravou a música falando com ênfase no “i” e nunca mais alguém pronunciou de outro jeito. Hoje, existem no Volp boemia e boêmia, esta tanto com substantivo com adjetivo.

 

Alckmin: ‘Parte do eleitorado está votando em Bolsonaro para tirar o PT’

 

Obs.: – Deveria perguntar-se por que não nele.

 

                                                            ***************

No Blog Saque e Voleio

Paciência de Bellucci acabou, diz André Sá, após fim de parceria

Por pouco mais de um ano, Thomaz Bellucci colocou nas mãos de André Sá a esperança de voltar a jogar um bom tênis e brigar por coisas maiores. A parceria, atrapalhada por uma lesão e uma suspensão por doping, não deu os resultados. Perto do top 50 em julho de 2017, quando concordou em ter André como treinador durante ATPs no saibro europeu, Bellucci entrou numa espiral e saiu até do top 300. Atual #274 do mundo e penando no mundo dos Challengers, o paulista encerrou a parceria no começo deste mês.

Obs.: – Só vai ter jeito quando acabar com a parceria com ele mesmo.

                                                          ***************

No Blog do Ancelmo (Gois)

Clarissa Garotinho terá que pagar indenização a desembargador

A 13ª Vara Cível do Rio condenou, hoje,  a deputada federal Clarissa Garotinho a indenizar em R$ 100 mil o desembargador Luiz Zveiter por danos morais. Ela teria(!!!) acusado  o magistrado de vários crimes

(!!!) Condenada por que teria??? Pelamordedeus!

 A questão fundamental não foi tocada, o corporativismo. Segue o currículo de Sveiter, amigão de Ricardo Teixeira, o que bastaria para “recomendar” qualquer pessoa:

“Em 8 de abril de 2010, o Conselho Nacional de Justiça anulou o 41º Concurso para Tabelionatos do Estado do Rio de Janeiro, por ter considerado que Zveiter, então corregedor- eral da Justiça, favorecera uma amiga e uma ex-namorada, Flávia Mansur Fernandes e Heloísa Estefan Prestes. Zveiter alegou que não mantinha relações com Flávia Fernandes, e que não beneficiara as duas candidatas.

No dia 11 de agosto de 2011 a juíza criminal Patrícia Acioli foi brutalmente assassinada na porta de casa após uma investigação de corrupção na Polícia Militar de São Gonçalo julgada por ela. A juíza solicitara proteção policial devido a várias ameaças de mortes. Porém Luiz Zveiter (então presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro) negou a proteção por achá-la desnecessária.

Em 2014 o ex-presidente do CNJ Bernardo Garcez mandou paralisar as obras do Tribunal Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, acusando seus antecessores Luiz Zveiter e Letícia Sardas de terem feito uma concorrência com preço excessivo e sem licença do Iphan. O projeto básico do prédio previa heliporto para uso dos magistrados.

O terreno foi devolvido à prefeitura do Rio por Garcez. A Construtora Lopes Marinho Engenharia e Construção Ltda já recebera 12 milhões de reais pela obra realizada.

Ainda em pauta no Conselho Nacional de Justiça o processo contra o ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Luiz Zveiter, acusado de favorecer a Incorporadora Cyrela numa guerra judicial envolvendo a compra de um terreno na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Luiz Zveiter foi acusado de participar do julgamento no qual beneficiou-se a empreiteira Cyrela, defendida pelo escritório da família Zveiter, em especial por Flavio Zveiter, filho do ex-presidente do TJ. Ele deu parecer, anulando uma decisão num conselho da magistratura, que beneficiou a Cyrela.

Corre também no CNJ denúncia de fraude em obra da Construtora Delta no Tribunal de Justiça do Rio. O Tribunal de Contas do Estado fez um relatório pesado sobre a concorrência. O desembargador Luiz Zveiter é responsabilizado por ter sido o presidente do TJRJ que contratou a Delta. Revela o relatório do CNJ que o contrato de 174,8 milhões de reais, assinado em 2010 pelo então presidente do TJRJ Luiz Zveiter, foi aditivado quatro vezes mesmo sem qualquer acréscimo na obra; a Delta foi agraciada com aditivos superiores a 23% entre 2010 e 2012. Até o pagamento de impostos foi sonegado.”.

Que pessoa confiável e de reputari, ops!, reputação ilibada, inatacável, né mermo?

                                                           ***************

 

N’O Globo

Gilmar Mendes manda soltar Beto Richa

Advogados do ex-governador alegaram que prisão foi condução coercitiva disfarçada

Obs.: – GM parece disco riscado, “solta ploc solta ploc solta…”.

                                                          ***************

 



 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter