Todo dia. Os mesmos, as mesmas, eles nos trazem algum desgosto. Pior, fazem.

 A cada dia surge uma novidade que mostra o tamanho da enganação do discurso moralista e anticorrupção da família bolsonaro. Aproveitando-me do título das publicações da Marli, a Única, no Youtube, #ADeHoje é o fato de eles – o filho que tosse, coaf, coaf, coaf, a mulher dele, o pai, a mulher dele – terem se utilizado de servidores comissionados da Alerj (advogados) para atuar em 52 ações na Justiça, todas particulares, até para recorrer de multa de trânsito da mulher de Flávio, o que fala, fala, fala e quanto mais fala mais se complica.

 Na Folha de S.Paulo (30), pág. A8, “O conservador e o atrasado”. É  devido a textos como este que muitos têm raiva da imprensa, pega no nervo e não há escapatória, mesmo que disfarcem não tem como não vestir a carapuça.  https://www1.folha.uol.com.br/colunas/eliogaspari/2019/01/o-conservador-e-o-atrasado.shtml

 Reza uma das leis de Murphy que não existe nada tão ruim que não possa piorar. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, se encarrega, dia após dia, de demonstrar a veracidade do tese. Trecho de artigo na Folha (30) e também publicado no Chumbo Gordo:  “A presidente do PT, em breve ex-senadora, Gleisi Hoffmann, que não perde oportunidade de perder oportunidade de ficar calada, não se fez de rogada. Em sua conta no Twitter, aproveitou-se do desastre de Brumadinho para afirmar que ‘cedo ou tarde a privatização cobra seu preço da população’. É uma declaração canalha em várias dimensões.”. Não é preciso acrescentar nada ao comentário do articulista.  

Quem aceita ser presidido por esta lamentável figura não tem o direito de criticar quem quer que seja, inclusive bolsonaro.

 Dinheiro, dinheiro, dinheiro, é, no fim das contas, o que rege o mundo. A tragédia em Brumadinho, em um primeiro momento, derrubou o valor das ações da Vale. A empresa anuncia redução na produção de ferro, em consequência, o preço do metal sobe no mercado e o valor das ações também. Os moradores da cidade e o prefeito – como já ocorreu em Mariana – estão preocupados com o que acontecerá com as receitas municipais com a paralisação das atividades da empresa. É normal que seja assim, não é crítica, é uma constatação da vida como ela é.

 Dr. Drauzio Varella, “Suicídio assistido”, https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/artigos/suicidio-assistido/

 (CACALO KFOURI)

 

***************

Na Folha

 Sanções dos EUA devem piorar crise, mas podem tornar Maduro vítima

 Sem dúvida, junte-se a falta de amor pela democracia existente na América Latina ao sentimento antiamericanista é bem provável que vire um herói injustiçado. Contará, para isso, com a solidariedade de Gleisi Hoffmann.

 Com salário parcelado, bombeiros chegam a nadar na lama em MG

 Eles nadam literalmente, nós nadamos metaforicamente há muito tempo.

 Exposições criam paralelos entre navios negreiros e refugiados do Holocausto

 São duas barbaridades que põem em dúvida se o Homem merece ser chamado de ser humano. Há quem diga que o ser humano é um projeto divino que fracassou.

 ***************

No UOL

 Autorização não chega a tempo de Lula participar de velório do irmão

 Decisão de Toffoli foi divulgada enquanto o sepultamento acontecia na Grande SP

Com irmão já sepultado, Lula decide não ir a São Bernardo

 O acaso, às vezes, evita situações perigosas. Quem vetou a ida teve mais bom senso que o presidente do STF. Se bem que pode não ter sido o acaso e sim o habitual, tudo o que depende da Justiça é lerdo. E se todos são iguais perante a lei, prevejo uma enxurrada de pedidos iguais. A ver quantos serão atendidos e, se negados, com que velocidade serão concedidos por instância superior.

A propósito, no Estadão (31), pág. A3, “Privilégios na prisão”, https://opiniao.estadao.com.br/noticias/notas-e-informacoes,privilegios-na-prisao,70002701225

 Lei contra mascarados pode punir foliões no Carnaval de SP?

 Segundo especialistas em liberdade de expressão e direitos humanos ouvidos pelo UOL, a lei estadual é vaga (ou ampla, a depender do ponto de vista) e poderia, sim, enquadrar manifestações carnavalescas.

Especialistas em procurar pelo em ovo, chifre em cabeça de cavalo etc. etc. etc.

 Vale doou R$ 79 mi a políticos em 2014; deputado vê Congresso “cúmplice”

 Explica tudo, pois não? Mark Twain, a propósito dos EUA: “Temos o melhor Congresso que o dinheiro pode comprar.”.  Mas Sérgio Teperman, arquiteto dos bons, pensa diferentemente em relação ao nosso, “Temos o pior Congresso que o dinheiro pode comprar.”.

***************

No G1

 Mototaxista preso injustamente é solto no Rio

É o segundo caso de um inocente preso por engano pela polícia em apenas uma semana após um reconhecimento equivocado. Victor Everton de Carvalho Mendes ficou 15 dias atrás das grades.

Isto em um estado cujo governador é adepto da justiça sumária…

Flávio Bolsonaro diz que ‘já falou o que tinha para falar’ no caso Coaf

Flávio Bolsonaro faz biometria no Congresso e diz não ter mais nada para falar sobre Coaf

Falou, enrolou e não conseguiu se explicar de maneira que dê para acreditar no que disse. A propósito, tiram as digitais dos dez na biometria, não é? Adiantaria o serviço…

VÍDEO: grupo de torcedores do Vasco saqueia restaurante às margens da Dutra em Jacareí

Ação aconteceu na noite de sexta-feira (25) após final da Copinha entre São Paulo e Vasco. Proprietário afirmou que grupo de cerca de 100 pessoas invadiu o estabelecimento e saiu levando alimentos, inclusive pratos prontos que seriam servidos a clientes.

Enquanto as autoridades não se convencerem de que torcidas organizadas – de qualquer time – são quadrilhas, abrigam bandidos, o fato vai se repetir ad aeternum. Não colo o link do vídeo porque junto está um dos anúncios mais sem sentido que vi.

 ***************

No Universa

Justiça expõe viés persecutório ao dificultar ida de Lula a enterro

Segundo Toffoli, “prestar a assistência ao preso é um dever indeclinável do Estado (art. 10, da Lei no 7.210/84), sendo certo, ademais, que a República Brasileira tem como um de seus pilares fundamentais a dignidade da pessoa humana (CF, art. 1o, inciso III)”. Mas, nesse caso, a sequência de negativas e a decisão nos últimos minutos antes do sepultamento mostraram cerceamento de direitos de um cidadão sob custódia do Estado.

Para o diretor da Faculdade de Direito da USP, Floriano Peixoto de Azevedo Marques Neto, as negativas em permitir a ida de Lula ao velório se mostraram “totalmente desarrazoadas”. “O risco de incidentes ou de manifestações poderia ser facilmente contornado com medidas mitigadoras e preventivas”, afirma. “Lula não foi tratado como um preso comum com o mesmo grau de periculosidade. Houve um viés discriminatório do judiciário, sem dúvida.”.

Cabe à imprensa levantar quantos presos tiveram este direito atendido.  Parece que o “especialista” tem memória fraca, não lembra do que aconteceu quando da decisão que mandou prender Lula, ele se refugiou no Sindicato dos Metalúrgicos. À época, o país era governado por Dilma, do mesmo partido, e o governador era Geraldo Alckmin. Hoje, “as medidas paliativas” seriam comandadas por bolsonaro e seu aprendiz Doria…

***************

No Estadão

‘Não podemos nos apequenar, estamos pedindo isonomia salarial’

 Candidato independente à presidência da Casa, Fábio Ramalho defende reajuste nos rendimentos dos deputados federais

Cara-pálida, vossas excelências se apequenam não é por causa de salário, é pela forma como agem. Leia, isto, nobre excelência:

 Multa máxima de agência a mineradoras é de R$ 3,2 mil 

 Congresso se omite e deixa caducar MP que previa sanção de até R$ 30 milhões por órgão regulador

Deputado reduziu exigências para diretores

 Relator da Medida Provisória que criou a Agência Nacional de Mineração (ANM), o deputado Leonardo Quintão (MDB-MG) retirou do texto a necessidade de que os dirigentes do órgão regulador tivessem experiência no setor e formação acadêmica. Entre as atribuições da agência está a de fiscalizar a situação das barragens, como a do Córrego do Feijão, em Brumadinho, que rompeu na sexta-feira.

Quintão, que não foi reeleito, tem exercido informalmente este mês o cargo de subchefe de assuntos parlamentares da Casa Civil do governo Bolsonaro, na equipe de Onyx Lorenzoni, e terá a responsabilidade acompanhar projetos prioritários do governo no Congresso.

 Percebeu o que os apequena? E seu colega ainda é premiado, ganha um cargo para auxiliar outro que não deveria estar onde está, Onyx está na planilha de delatores da JBS que denunciam caixa 2 para ele, e por duas vezes.

 Coluna do Estadão

Núcleo Bolsonaro quer enquadrar rápido o vice

Os mais ansiosos no núcleo familiar do governo acham que Jair Bolsonaro tem de agir rápido e enquadrar o general Hamilton Mourão, que anda falando demais na opinião do próprio presidente. Os mais prudentes, porém, acham que isso só deve ser feito quando o ex-capitão(*) estiver recuperado de sua mais recente cirurgia, com o risco de recaída ou de novas complicações médicas completamente afastado.

(*) Não é ex, é reformado.

Quero ver um capitão enquadrar um general, duvideodó.

Dr. Bumbum deixa prisão após habeas corpus

Em vez da prisão, a Justiça determinou o cumprimento de medidas cautelares. Furtado deverá comparecer mensalmente em juízo, abster-se de qualquer contato com as testemunhas, está proibido de se ausentar do Rio e do Brasil sem autorização judicial e deve se recolher em casa no período noturno, quando não estiver trabalhando(???).

(???) Trabalhando? Haverá alguém tão “desbundado” que correrá o risco de recorrer aos serviços do indigitado? Se aparecer, merecerá o que lhe acontecer.

Símbolo de desvios na Petrobrás(XXX)(Petrobras)(*), Pasadena é vendida

(*) A prepotência do jornal é dose pra elefante, desrespeita grafias oficiais, escreve errado o nome de pessoas, inventa um circunflexo em campus (câmpus), usa hífen onde não tem, omite onde tem…

Unidade nos EUA, símbolo da corrupção na estatal, custou aos cofres da empresa R$ 4,4 bilhões, e foi vendida por R$ 2,1 bilhões

É símbolo de muito mais que corrupção na estatal, é a representação da corrupção como política oficial dos governos petistas, o que redundou nos bolsonaros da vida.

***************

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter