anoso

Pretensão de um idoso. Por Meraldo Zisman

pretensao de um idoso

Ao completar 70 anos, fui aposentado da minha missão de professor de Pediatria. É a Lei. Como não pratico filosofias, tenho apenas sentimentos, escrevo estes arrazoados de médico de província, talvez com o desejo de continuar ensinando e tentando ajudar as pessoas — a Lei dos Homens não me impede dessa pretensão.

A velhice é só o capítulo final do ciclo vital, nem o velho morre, nem o jovem vive. Não é dado ao mortal saber o dia de sua morte.

Confesso que nunca desejei escrever um diário, uma autobiografia, ou algo sobre a minha vida. Qualquer vida — da mais simples à mais importante — daria um romance. Apesar de que uma vida bem escrita é quase tão rara quanto uma vida bem vivida. Não confio em biografias e menos ainda em autobiografias. Descobri que ninguém pode descrever a vida de outrem. Portanto, nada melhor do que recordações dos instantes vivenciados para contar a própria vida. Não existe o “no meu tempo”. Enquanto vivos formos, todos os tempos são nossos. Não acredito que os velhos não possam enxergar o futuro.  O que me tornei, como velho, foi mais seletivo. E isso é ótimo.

De uma pequena coisa tenho a certeza: um escriba vale pelo sentimento que consegue pôr no papel — e para isso não é necessário ter pose de escritor. Aliás, não poucas vezes, a gramática atrapalha o que se tem a dizer.

Quando morre um idoso, perde-se uma biblioteca. Cito: Nessa quarentena, não foram os jovens que conquistaram mais sucesso na ‘internet’. Essa função ficou por conta da sabedoria e bom humor dos idosos. Com tempo livre e a impossibilitados de manter sua rotina por conta do isolamento social, a terceira idade aproveitou para mostrar que sabe como bombar na ‘web’ e, melhor do que isso: mandar muito bem como influenciador. Aproveito que recentemente comemoramos o Dia dos Avós para celebrar uma turma de vovós e vovôs — brasileiros e estrangeiros — que estão brilhando nas redes sociais e conquistaram o coração de todos.

Conferir:https://glamurama.uol.com.br/uma-nova-geracao-de-influenciadores-invade-a-web-quem-sao-os-idosos-com-espirito-jovem-que-movimentam-as-redes-sociais/
__________________________________________________________

Meraldo Zisman Médico, psicoterapeuta. É um dos primeiros neonatologistas brasileiros. Consultante Honorário da Universidade de Oxford (Grã-Bretanha). Vive no Recife (PE). Imortal, pela Academia Recifense de Letras, da Cadeira de número 20, cujo patrono é o escritor Álvaro Ferraz.

 

 

1 thought on “Pretensão de um idoso. Por Meraldo Zisman

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter