Falta de nexo, falta de ouvir, e ode a ditadores?

Não teria lógica esperar raciocínio coerente de bolsonaro, a falta de nexo ficou mais uma vez escancarada quando comemorou a admissão de quatro assassinatos da parte de Cesare Battisti e criticou a esquerda por haver defendido o criminoso. Que a esquerda merece a crítica não se discute, mas bolsonaro, que saúda Brilhante Ustra, notório torturador, admirador de Pinochet e Stroessner – este por ele chamado de “nosso” Stroessner –, criminosos assumidos, deveria achar normal que alguém use de violência para defender suas teses. Além disso, há uma grande diferença entre os casos, Battisti, quando cometeu os crimes, o fez na condição de pessoa comum, os “amigos” de bolsonaro eram autoridades, torturaram e assassinaram em nome do Estado.

O MEC é ciclotímico, deveria mudar de nome, ou da Demissão ou do Vaga-Lume, determino, desdetermino, determino, desdetermino… Se a internet cair e os olavetes não conseguirem contato com o astrólogo, está nos EUA,  é provável que entre em recesso, o quê, sem dúvida, seria ótimo, a enxurrada de asneiras seria interrompida.

 (CACALO KFOURI)

                                                          ***************

 

 

***************

                        Como antecipado no Mirando, desagrada a gregos e troianos.

 MP critica Bolsonaro por incentivar celebração do golpe: “enorme gravidade”

 Ministro da Defesa rechaça termo ‘comemoração’ para dia do golpe de 1964

                                                             ***************

                                                  O esporte educa e faz amigos?

 Torcedor do Fla que agrediu tricolor é detido pela polícia no Rio

Flu estuda punição a Sassá após atleta de vôlei ir a jogo com camisa do Fla

Torcedor-símbolo do Novorizontino trocou chutes com Edmundo

Atacante é multado após dizer ser “estranho jogador de cor” na Rússia

 Torcedores jogam água fervendo em bandeirinha durante jogo na Argentina

                                                            ***************

Na Folha

 Guedes desiste de ir a audiência na Câmara sobre reforma da Previdência

 Difícil definir a decisão: esperteza, por saber que entraria em uma arena cheia de leões, teve medo de perder a tramontana – é explosivo –, preferiu mandar um boi de piranha em seu lugar? Ou foi por que vai mexer na proposta, por saber que, como está, jamais será aprovada?

 Em votação relâmpago, Câmara aprova PEC do Orçamento impositivo

 Projeto de 2015 desenterrado por deputados torna investimento despesa obrigatória

Para bom entendedor meia palavra basta, mas para quem não entende nada quantas serão necessárias?

                                                           ***************

  No UOL

 Venezuela segue sem luz e governo suspende atividades em escolas

 Acordo com Putin equivale a um com as trevas, os aviões russos pousaram e lá se foi a luz.

 Moro cria grupo para estudar redução de tributo sobre cigarro feito no país

 O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, criou grupo de trabalho (GT) “para avaliar a conveniência e oportunidade da redução da tributação de cigarros fabricados no Brasil, e, assim, diminuir o consumo de cigarros estrangeiros de baixa qualidade, o contrabando e os riscos à saúde dele decorrentes”.

O ar de Brasília faz mal, só pode ser isso. Reprima o contrabando, uai, até quem sabe apreendam armas nas nossas fronteiras peneirosas. “E os riscos à saúde dele decorrentes”?

 Só existe um cigarro bom, o apagado, todos os outros fazem mal à saúde, sem exceção. O maior risco à saúde é fumar, baixar preço só vai aumentá-lo.

 CCJ cancela audiência e diz que espera Guedes na próxima semana

 E Guedes que espere a Providência Divina, é o único jeito da reforma sair como pretende. Isso, se sair, até a semana que vem dá tempo de a bolsonarada se indispor com todo o Congresso.

 Galvão critica Tite durante amistoso da seleção: “Volte a ser um técnico”

 Admito, não vi o jogo, tinha coisas mais importantes a fazer, mas se o fazedor-mor de média disse isso, imagino do que me livrei.

 Dodge diz ao STF que Onyx não deve ter foro em investigação de caixa dois

 Oh, céus, mesmo tendo sido perdoado por Moro?

 Senador obtém assinaturas para votar decreto por visto derrubado por Bolsonaro

O líder da minoria no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), conseguiu hoje as 41 assinaturas necessárias para impor regime de urgência ao decreto legislativo que pretende restabelecer a exigência de visto para cidadãos de Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão.

Uai, que decreto foi derrubado por bolsonaro? Desde quando o Congresso decreta? O que ele fez foi determinar que cidadãos de quatro países não precisam mais de visa para entrar no país, derrubou a obrigatoriedade do visto. O tituleiro não entendeu neruscas de pitibiruscas do que leu no texto, ao contrário, demonstrou que não tem a menor ideia de como funcionam as coisas.

 Ex-aluno de Vélez assume secretaria da Educação Básica

 Pobres crianças! Onde estão os defensores dos direitos humanos que não se manifestam?

 Michelle: atentado contra Bolsonaro ‘resgatou uma nação e despertou uma igreja’

 A última pesquisa do Ibope mostrou coisa diferente, despertou a nação, as pessoas já começaram a perceber o tamanho do engodo em que caíram, ele é dono da maior queda de avaliação em um início de governo, bateu até Dilma.

 Eduardo Bolsonaro vota pela PEC do Orçamento: “não é derrota para governo”

 Outra “vitória” destas e não sobrará nada.

                                                            ***************

No Globo

 Líder do governo, Joice Hasselmann celebra golpe de 64 nas redes sociais, e oposição reage

 Jornalista sem noção da História é das coisas mais lamentáveis que existem e só tem lugar na tropa de bolsonaro.

 Delegado da Polícia Federal é preso após atirar contra viatura da PM, em Botafogo

Agente foi encaminhado para o Instituto Médico(-)(*)Legal (IML) para fazer exame de alcoolemia

Caramba, a crise “hifênica” é geral – e a preguiça também, não tem certeza? Consulte o dicionário.

No Aurélio

médico-legal
[De médico- + legal.]
Adjetivo de dois gêneros.
1. Relativo à medicina legal. [Pl.: médico-legais.]

                                                           ***************

No G1

Na fila do mutirão por emprego em SP, homem vende água à espera de vaga: ‘um olho no peixe e outro no gato’

Primeiro da fila chegou um dia antes. Evento acontece no Vale do Anhangabaú entre terça e sexta-feira (29) das 8h às 17h. São 6 mil vagas oferecidas por 30 empresas.

Lula recebeu uma casa arrumadinha de FHC e declarou que era uma herança maldita. Temer recebeu de Dilma um país destruído, o resultado está acima. Que palavras terá usado para adjetivar a herança?

                                                        ***************

No Estadão

Deputadas querem proibir porte de arma no plenário da Assembleia

Deputadas de diferentes partidos da Assembleia Legislativa de São Paulo se uniram para tentar proibir o porte de armas por parlamentares no plenário da Casa. A polêmica veio à tona na primeira sessão da nova legislatura, no dia 15, quando o deputado Danilo Balas(*) (PSL), que é agente federal, foi flagrado armado por colegas durante a eleição da Mesa Diretora.

(*) Predestinado da Silva.

Em meio à crise, Bolsonaro vai ao cinema ver filme sobre ‘milagre da fé’

‘Um filme totalmente inclusivo, um cinema cheio de surdos’(*), disse Damares Alves, que acompanhou o presidente e a primeira-dama na sessão

(*) Não, Damares, cheio de pessoas em situação de não ouvir, a começar pelo presidente.

O país no caos e ele no cinema… é fé demais.

                                                          ***************

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter