Madeira!!! E a conversa gira para não punir os responsáveis diretos

Rufus Lenhador - DesciclopédiaO coiso, em reunião dos países do Brics, declarou que a Alemanha e França compraram madeira ilegal do Brasil conforme indicou uma operação da Polícia Federal. Mentindo como faz habitualmente não levou em conta que uma coisa é uma coisa, outra coisa é uma coisa diferente, pois não foram os governos dos países citado que compraram, foram empresas. Empresários há dos mais variados tipos, os responsáveis e os irresponsáveis, assim também acontece com governantes e o do Brasil está incluído na última categoria.

Mas, mentir não é suficiente para a abjeta personagem, há que haver cinismo também, caso contrário o quadro ficará incompleto. Conforme publicado no ESTADÃO conteúdo, “em março deste ano, quando o Brasil entrava na pandemia do coronavírus, o Ibama acabou com as inspeções que eram feitas nos portos do País. Na ocasião, madeireiros do Pará parabenizaram o presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim, com uma “nota de agradecimento e esperança” do Centro das Indústrias do Pará (CIP), por ter liberado a exportação de madeira de origem nativa, sem a necessidade dessa uma autorização específica. Por meio de um “despacho interpretativo”, o Ibama suspendeu os efeitos de uma instrução normativa (15/2011) do próprio órgão. Com a decisão, os produtos florestais passaram a ser apenas acompanhados de um documento de origem florestal (DOF). Esse DOF de exportação, que existe desde 2006, serve, na prática, apenas para que a madeira seja levada até o porto, enquanto a instrução normativa previa autorização para a exportação em si.”.

Donde é fácil concluir que as empresas que compraram madeira ilegal nada mais foram cúmplices do governo brasileiro.

O digitador do Mirando é insone, o que resulta na possibilidade de assistir aos vários telejornais que começam a partir as quatro da madruga. Até hoje não deu para entender – a menos que seja encheção de linguiça proposital – o enorme tempo gasto com informações meteorológicas.

 Em se falando em TV, principalmente as por assinatura, é exasperante a quantidade de anúncios. Depois não entendem por que perdem milhares de assinantes.

 (CACALO KFOURI)

                                                                ***************

                                                                ***************

Copiadas do UOL

Eleições devolvem PSL à condição de nanico na política nacional

As eleições municipais deste ano devolveram o PSL à condição de nanico na política nacional. O partido está nas últimas posições no ranking de partidos com mais candidatos eleitos —16º entre prefeitos e vereadores. O resultado das urnas também mostra desempenho ruim de Joice Hasselmann, expoente da sigla que concorreu à Prefeitura de São Paulo e teve 98,3 mil votos (1,84%).

Lá vem meu coraçãozinho cheio de maldades que estava hibernando faz tempo… emagreceu o mesmo tanto que a candidata Joice.

Parceria com Neymar e banco no Flu: a vida de Ganso dez anos após estourar

Dez anos depois, entretanto, o jogador do Flu é até hoje cobrado pelo imaginário daquilo que poderia ser, mas nunca foi. Não fosse o potencial de craque que parecia ter, talvez o meia tivesse outro tipo de visão sobre seu futebol na atualidade.

De acordo com a Zoologia, ganso e pato são aves anseriformes, anatídeas, mas, no esporte, são os apelidos de dois preguiçosos que criaram fama e deitaram nos macios colchões feitos com as penas de um deles e sobrevivem graças a semelhantes ao outro que ainda gastam fortunas contratando-os.

 Covid-19 em SP: “Classes A e B se contaminam em festas”, diz Gabbardo 

O coordenador executivo do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, João Gabbardo dos Reis, atribuiu hoje o aumento no número de internações em decorrência da covid-19 no estado a movimentos das classes A e B.

Segundo Gabbardo, o aumento de 18% no número de internações, já divulgado pelo governador João Doria (PSDB) teria ocorrido principalmente por conta de pessoas que estiveram em confraternizações. “[São pessoas que se] contaminaram em confraternizações, reuniões, festa de casamento. É exatamente nesses locais onde as pessoas bebem, estão sem máscara, conversam e ficam muito tempo em contato.”, prosseguiu.

Foi a classe A que trouxe o vírus para o Brasil, uma família que esteve em uma festa de casamento na Itália, país que já sofria com enorme contaminação. Agora, a mesma classe A é irresponsavelmente responsável pelo aumento de casos mesmo antes do fim da primeira onda.

‘Eu busquei apoio do Russomanno’, diz Covas 

“Fomos buscar apoio do Russomanno, perguntar se nesse segundo turno era possível contar com apoio dele, já que a gente não contou no primeiro turno”, afirmou o prefeito após reunião com vereadores eleitos.

Parece declaração preparada pela campanha do adversário Guilherme Boulos, quê, se for esperto, vai divulgá-la aos quatro ventos. Que falta de descortino, sr. Covas, durante o primeiro turno escondeu João Doria e, indo para o segundo, resolveu exibi-lo e, agora, procura apoio de um coisiforme rejeitado pela população. Boulos deve estar comemorando.

 Trump demite diretor que reiterou não haver prova de fraude nas eleições

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu hoje Chris Krebs, diretor da Agência de Cibersegurança e Segurança de Infraestrutura dos Estados Unidos (CISA). Semana passada, o órgão publicou uma nota afirmando que a eleição de 2020 teria sido a “mais segura da história”.

Ele tem até o dia 20 de janeiro para fazer muitas trumpices, o medo maior é que comece uma guerra.

                                                                ***************

Copiada da Coluna JOSIAS DE SOUZA

 Kassab se esquiva de apoio à reeleição de Bolsonaro e cogita nome do PSD 

 O PSD recebeu 10,6 milhões de votos no primeiro turno da eleição municipal de 2020. Ficou em terceiro lugar no ranking dos mais votados. Animado com o desempenho, Gilberto Kassab, presidente da legenda, evita comprometer-se com o apoio à reeleição de Jair Bolsonaro. Afirma que o PSD cogita lançar sua própria candidatura presidencial em 2022

Não será bem assim, é escorregadio, antes de uma decisão verá para onde sopra o vento.

                                                                 ***************

Copiada da Coluna Thaís Oyama

 Bolsonaristas querem a volta do voto impresso e é melhor atendê-los

Desde domingo, apoiadores do governo espalham a tese da ocorrência de manipulação criminosa das urnas com variações apenas na escala de decibéis: uns a sussurram, insinuantes e enigmáticos, outros a vociferam como certeza absoluta. No meio, estão os bem intencionados que resolvem repassar as mensagens para frente só por via das dúvidas.

Jair Bolsonaro é capaz de questionar a lisura de uma eleição que ele mesmo ganhou. Jair Bolsonaro será candidato à reeleição em 2022.

Antes que as versões ameacem outra vez os fatos, é melhor dar a Bolsonaro e aos bolsonaristas a sua cédula de papel.

Não será a primeira vez nos últimos tempos que o Brasil caminhará para trás.

De jeito nenhum! Por que dar mais voz aos idiotas da aldeia (apud Umberto Eco)? E seria inútil, essa turma que acredita em qualquer tipo de asneira em caso de derrota alegaria que as cédulas foram fraudadas, o que o ídolo Coisão tem feito na matriz. Todos têm direito a pensar o que quiserem, mas não é papel da imprensa ajudar o país a caminhar para trás.

                                                                 ***************

Copiada do G1

Amapá tem novo apagão total

As treze cidades afetadas voltaram a ficar sem energia na terça-feira (17). Ministério de Minas e Energia diz que investiga as causas e que o sistema está sendo restabelecido gradualmente.

Amapá registrou um novo apagão total na noite de terça-feira (17), por volta das 20h30, atingindo as 13 das 16 cidades do estado que já estavam com fornecimento racionado por causa do blecaute ocorrido em 3 de novembro.

A crise começou há 15 dias e o ministério ainda não sabe as causas… Um retrato da capacidade administrativa de um governo cujo chefe ameaçou a maior potência mundial com pólvora se acabar a saliva e não consegue resolver um problema interno.

Sem esquecer de que o presidente do Senado Davi Alcolumbre é senador pelo estado e se mantém inerte, provavelmente metido em alguma trama para conseguir sua reeleição para o posto. Belo representante do povo…

                                                                  ***************

Copiada do Estadão

Operação mira suspeita de cobrança de propina na OAB-SP

Segundo a PF, a investigação teve início em setembro, após o recebimento de uma denúncia por parte de um advogado que informou ter sido vítima de uma investida supostamente(*) realizada por um grupo composto por um empresário e dois advogados – um deles membro do Conselho Secional da OAB.

(*) Caramba, que advogado distraído, não tem certeza do que aconteceu com ele. Cara-pálida, acorda pra cuspir, o causídico declarou que foi vítima do grupo.

MP vê desvio de R$ 6 mi em ‘rachadinha’ de Flávio

O MP fluminense acusa Flávio de constituir e liderar uma organização criminosa que tinha como objetivo desviar recursos da Alerj(*) mediante nomeações ou manutenção de “fantasmas” em cargos comissionados, que devolviam parte de seus salários a integrantes do grupo, em especial ao operador financeiro Fabrício Queiroz.

As transferências, segundo o PM do Rio, foram feitas por meio de três métodos: pagamentos de despesas da família com dinheiro em espécie, utilizando recursos desviados da ALERJ(*) pelo esquema das “rachadinhas”;

(*) “Uma nóis acerta”, novo método de edição do jornal. Alerj, cara-pálida.

 Justiça, não vale o “ainda que tardia” do lema de Tiradentes, aja rápido, limpeza já!

Investigação aponta ‘descuido’ de Queiroz em depósito como prova

Um “descuido” do ex-assessor Fabrício Queiroz é uma das provas usadas pelo Ministério Público do Rio para apontar o uso de verbas desviadas da Assembleia Legislativa fluminense no pagamento de uma cobertura adquirida pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) em 2011. A transação foi feita na conta da mulher(*) do parlamentar, Fernanda, por meio de depósitos fracionados feitos às vésperas dos vencimentos de parcelas do imóvel.

(*) Que coincidência, então não foi só a conta de Michelle que recebeu depósitos feitos por Queiroz?

                                                             ***************DINHEIRO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter