greve caminhoneiros

Greve, eleições no Congresso, e a gaveta cheia de impeachments

papeis voandoSe a greve dos caminhoneiros acontecer mesmo hoje (1º), eles terão de torcer para que a repressão não seja ao estilo do outrora “amigo” e apoiador, o coiso.

 O poltrão Rodrigo Maia, às vésperas de entregar a presidência da Câmara para o aliado do coiso, ficou bravinho  com a decisão do DEM, seu partido, de deixar o bloco de apoio a seu candidato Baleia Rossi, o presidente da Câmara dos Deputados, agora declara que pode acatar um dos pedidos de impeachment que dormem em sua gaveta há tempos. Pura jogada de marketing, o improvável desengavetamento não teria apoio nem de seus correligionários.

Mesmo com a vitória de seus candidatos, o coiso não terá vida fácil no Congresso, a cada projeto que pretenda aprovar vai ter de abrir as burras do Tesouro, pois seus aliados são o que há de pior em termos da patifaria e velha política que ele jurou extirpar. Não só não o fez, mas estará nas mãos deles.

 O UOL publicou matéria no dia 30 com o título “Eleições no Congresso expõem caminhos antagônicos e rachas na esquerda”. Este digitador não se dará ao trabalho de ler o texto, não precisa, o problema da esquerda não é  antagonismo, é associação de duas características, prepotência – cada ala é dona de uma verdade insofismável – e burrice, esta, mortal. Vide quem está na Presidência da República e quem estará nas do Senado e da Câmara.

A prova da duas características segue aqui, na reportagem publicada pela Folha de S.Paulo (31), pág. A11,  “Curso do PCO  retrata Stalin como santo do capitalismo”

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2021/01/curso-do-pco-sobre-stalinismo-retrata-ditador-sovietico-como-santo-do-capitalismo.shtml

O Mirando sempre tentou se controlar, manter o nível quando lida com o baixo nível do coiso, teve momentos em que não conseguiu, mas, depois deste artigo no Estado de Minas (28) passou a lamentar não ter publicado  um texto como o do colega, em linguagem ao alcance do entendimento do “homenageado”:

 https://www.em.com.br/app/colunistas/ricardo-kertzman/2021/01/28/interna_ricardo_kertzman,1233013/para-a-pqp-va-voce-bolsonaro.shtml

Nas negociatas para remover o general da banda Pazzo, o zuello, cogita-se premiar a sua incompetência com mais uma estrela, passará de  general de divisão (três estrelas) a general de exército com o quarto enfeite, posto máximo da carreira em tempo de paz. É a desmoralização total das Forças Armadas, claro indicativo de que as patentes  têm um único significado, nenhum, ou, quem sabe, o de quanto pior mais graduado.

O Estadão (31) informa, em matéria de capa, que o presidente da CPI das Fake News, senador Angelo Coronel (PSD-BA), recebeu autorização do Planalto para direcionar R$ 40 mi de verba extra para obras em seu reduto eleitoral. Hummm, neste governo, patente, mesmo que seja só no nome, é indício de malfeito.

 O pai de Baleia Rossi, Wagner Rossi, era ministro da Agricultura quando apresentou o então deputado federal Michel Temer a Joesley Batista, dono da JBS, em 2010. A ligação entre o então deputado  e  Rossi  cresceu  até explodir em 2017, quando Joesley gravou uma conversa com Temer, já na Presidência da República, em que fazia citação a pagamentos de propinas.

A verdade é que nenhum dos candidatos às presidências da Câmara e do Senado vale o que come, mas eleger o cetáceo para a Câmara e qualquer um que não seja Rodrigo Pacheco para a do Senado representa uma derrota para o coiso.

Resumo da sentença do juiz Luiz Fernando Rodrigues Guerra em ação de tentativa censória de evangélicos fanzocas de Damares Alves, a do azul e cor-de- rosa, comparou os piedosos “cristãos” aos hábitos da ditadura militar que o coiso nega ter existido: 

“Os argumentos trazidos são idênticos: defesa da família, da honra coletiva, da pátria, entre outros argumentos pouco palpáveis e que somente servem de degrau para tentativa pequena de ditar o caráter das informações a que as pessoas podem ou não ter acesso, cerceando o direito à liberdade é à educação”.   “Não entendo que a pretensão jurídica possa ser conhecida em ação individual, mas tão somente em ação civil pública, já que envolve interesses de toda à sociedade.”.

Começa a aparecer nas redes antissociais a questão se empresas podem obrigar um funcionário a se vacinar. Na opinião do Mirando, não, mas pode e deve demiti-lo, pois além de falta de inteligência, portanto, incompetente, vai pôr a saúde dos colegas em perigo.   

A nova pendenga em pauta é “a escola deve cobrar a leitura dos clássicos da literatura?”. O argumento contrário, apresentado pelo youtuber Felipe Neto, e ele não deixa de ter razão, há que admitir – e este digitador é prova viva, quando na escola fugi deles como o Diabo foge da cruz, só fui ler quando adulto e continuo a não gostar de muitos, mas lia tudo o que me interessava e não foi pouco  –, sustenta  que forçar aqueles que não querem ler os ditos clássicos apenas faz com que tenham ojeriza à literatura. Por que não começar por livros atuais, com temas que interessem à turma? Há centenas de livros de escritores atuais muito bem escritos, interessantíssimos, facilitadores da criação do hábito da leitura. O fato de uma obra ser considerada um clássico por especialistas não pode ser determinante para obrigar a sua leitura, pode virar um espantalho. Muitos deles ensinam a história recente do país, o que pode ser fundamental  para evitar que jovens votem em pessoas abjetas que idolatram criminosos.

“Isto” foi distribuído por uma assessoria de imprensa: “Ex-prefeito gay de SP tem 25% de pulmão comprometido pela Covid-19”. Ganha uma viagem gratuita a Júpiter quem conseguir entender os motivos de “gay” e SP no título.  De SP? Não, de Lins, no estado de São Paulo. A informação sobre o fato de ele ser homossexual teve sentido quando de sua eleição, ressaltava que não houve discriminação, mas, agora para quê? O fato de ser homossexual favorece a contaminação? Não? Então por que contar? Donde é fácil concluir que se trata de um asçeçor de imprença sem nossão.

(CACALO KFOURI)

                                                                ***************

Brasil tem a maior média de óbitos em 6 meses: 1.068

Às vésperas de colapso no AM, equipe de Pazuello pediu meio-termo sobre lockdown

Bolsonaro diz que não é atribuição do governo levar oxigênio para o Amazonas

“Vamos morrer mesmo”: banhistas lotam praias de Santos apesar de restrições

Comentar seria desrespeitar a inteligência do leitor.

 

                                                                ***************

Pegadinha é isto, o resto é conversa pra boi dormir, mas não do jeito daqueles da boiada de Ricardo Salles, o sinistro contra o Ambiente.

 

https://www.youtube.com/watch?v=SmAHJ5QLgEs

                                                                 ***************

A empresa terceirizada que é (ir)responsável pelas informações, o tal do info,  do que está sendo apresentado nos canais por assinatura não acerta um programa faz, pelo menos, um mês, tem todas as características necessárias e suficientes para ser contratada para assessorar o governo federal na Comunicação. São, também, especialistas em escritas criativas, Rahina… Rainha,cara-pálida.

                                                                ***************

Copiadas da Folha

Bolsonaro admite recriar 3 ministérios com eleição de aliados para comando da Câmara e do Senado

 Em evento com esportistas fechado à imprensa mas transmitido por seus filhos em redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (29) que pretende recriar os Ministérios da Cultura, o do Esporte e o da Pesca, que hoje tem status de secretarias de seu governo.

Ministério, sinônimo de moeda de compra de apoio. Mais uma promessa de campanha indo pelo esgoto, destino adequado para os que se venderem.

Brasil e EUA precisam barrar ‘tecno-totalitarismo’, diz Ernesto Araújo em referência à China

O Brasil de Jair Bolsonaro quer uma aliança com os Estados Unidos e “outros parceiros democráticos” para barrar a ascensão de do “tecno-totalitarismo” de países com “diferentes modelos de sociedade” —ou seja, a China.

 Ele fez questão de não nominar “nenhum país ou companhia específicos”, mas todas suas intervenções foram voltadas a fustigar a China, maior parceiro comercial brasileiro e no centro da chamada guerra da vacina, por ser o principal produtor de insumos dos imunizantes a serem feitos no Brasil.

 Alguém precisa contar pra esta anta duas coisas, o Coisão foi expelido da Casa Branca, quem a ocupa agora tem inteligência e discernimento; e os chineses não são burros – estes têm lugar em Brasília –  o país deles já deu vários catiripapos no Brasil por causa de falas idiotas como esta.

 Não pode ficar gastando se pode produzir aqui, diz Bolsonaro sobre vacina

Claro, que absurdo, assim não vai sobrar grana pro leite condensado, chiclete, bacon e vinho!

Carroça fundo png & imagem png - A Trilha de Oregon Expansão para o Oeste Trilhas de Lewis e Clark Expedição de carroça - outros png transparente grátisSem esquecer de mencionar que cortou verbas da área de pesquisas e diminuiu o limite para a isenção de impostos na importação de equipamentos fundamentais.

 Mas os fanzocas continuam a zurrar cada vez que ouvem asneiras deste tipo. No reino animal, os asnos  que puxam carroças usam  viseira, os adoradores do coiso, tapa-olhos.

 

 

Ex-procuradores endossam pedido de artistas e juristas para que Aras processe Bolsonaro

Um abaixo-assinado com o conteúdo da petição já reúne mais de 72 mil assinaturas

Um grupo de ex-procuradores entrou com nova representação na Procuradoria-Geral da República contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta sexta (29).

Ele é assinado por Deborah Duprat, Alvaro Augusto Ribeiro Costa, Claudio Lemos Fonteles, Manoel Lauro Volkmer de Castilho, Paulo de Tarso Braz Lucas e Wagner Gonçalves.

Precatem-se “exes”, ele pode processar vocês instead!!!

 Governo Bolsonaro entra na briga pela água da cerveja Heineken

A antiga disputa por uma fonte de água para a produção de cerveja da que hoje é a maior fábrica da Heineken no Brasil ganhou um elemento novo e inesperado nas últimas semanas: o governo federal.

Com o litígio já julgado, sem possibilidade de recurso legal, e a decisão perto de ser oficializada, entraram no caso a AGU (Advocacia(*)Geral da União) e o MME (Ministério das Minas e Energia).

(*) Houston, We have had a problem… Gramaticalmente falando não tem hífen, mas o problema é que no nome oficial tascaram, entonces não tem saída a não ser tascar também. A ignorância abunda em órgãos oficiais, erros como Lava Jato e o certo é Lava a Jato – e alguns coleguinhas pioram, hifenando –, poderia ser também Lava-Rápido; Meio Ambiente, um pleonasmo, pois Meio e Ambiente são exatamente as mesmas coisas que o sinistro Ricardo Salles, o condenado, destrói.

 Ué, não dá pra entender o interesse, pois na produção do leite condensado o primeiro procedimento é justamente a retirada da água do leite? Será para pôr água no vinho?

                                                                 ***************

Copiadas do UOL

Delegado reage a assalto armado, atira e prende suspeito em SP

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no 91º DP (Ceasa), Gilbor Miter Júnior, 33 anos, saía de uma farmácia quando abordado por três homens na Avenida Corifeu de Azevedo Marques.

Um dos suspeitos apontou uma arma na direção da cabeça do policial, que estava em seu carro, e tomou-lhe o celular. Além do aparelho, segundo a versão oficial, o suspeito o mandou-o ir ao banco de trás do automóvel. Com medo de ser reconhecido como delegado, Gilbor não cumpriu a segunda ordem, sendo ameaçado de morte. Naquele momento, ele empurrou o homem, sacou sua arma e atirou no joelho do suspeito.

O documento da Polícia Civil aponta que os outros dois homens conseguiram fugir, enquanto o suspeito que apontou a arma para a cabeça do delegado foi preso.

Este texto é a prova provada da validade do substantivo criado pelo Mirando, varrice, fusão de vaselinice com burrice. Vamos a uma versão escrita totalmente com o uso da varrice:

“Um suposto delegado, ao sair de uma suposta farmácia, supostamente notou que três supostamente suspeitos supostamente o ameaçavam, pois um dos suspeitos supostamente apontou uma suposta arma para a suposta cabeça que faz parte de seu suposto corpo. Supostamente se achando ameaçado, supostamente apertou o gatilho da suposta arma que supostamente portava e supostamente uma suposta bala que supostamente estava na suposta arma atingiu o suposto joelho do suspeito corpo do suspeito que supostamente o ameaçava, suspeita esta gerada pelo fato de que o suspeito apontava uma suposta arma para a sua suposta cabeça que supostamente faz parte de seu suposto corpo.” Suspeito que supostamente a suspeita informação fique supostamente mais precisa assim.

Governo recorre de decisão do STF e pede imposto zero para importar armas

A AGU (Advocacia-Geral da União(*)) pediu ontem ao STF (Supremo Tribunal Federal) que a decisão do ministro Edson Fachin que, em liminar, suspendeu os efeitos da resolução do governo federal que zerava a taxa de importação de revólveres e pistolas, seja revista.

(*) do coiso…

Para armas, para material de pesquisa científica não precisa, pode manter e, quem sabe, aumentar mais ainda a taxação.

O valor limite de US$ 93,29 milhões para importação de insumos destinados a pesquisas científicas, com isenção de impostos, foi definido em portaria do Ministério da Economia publicada no último dia de 2020. O total se refere a 2021.

 Damares critica Drauzio Varella por usar termo ‘pessoa com vagina´

 A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, criticou o médico Drauzio Varella por usar o termo “pessoa com vagina” em uma publicação em suas redes sociais. O termo é usado para incluir mulheres e trans no mesmo grupo.

A questão é a seguinte, tudo hoje em dia tem de envolver o maldito politicamente correto, o sem-teto deve ser chamado de pessoa em situação de rua, mulher virou pessoa com vagina, travesti é “a” independentemente de ser um homem que se veste como mulher, deveria ser “o”, ou uma mulher que se veste como homem, aí sim deve ser “a”, uma pessoa é presa em flagrante com a faca na barriga do assassinado e é suspeito, e as questões de semântica vão por aí afora, a única coisa que não se deve falar é a verdade.

A situação é tão ridícula que até Damares, às vezes, está certa.

Em 6 meses de atuação de militares e aposentados, fila do INSS caiu só 2,4%    

 A fila de pedidos aguardando análise do INSS diminuiu apenas 2,4% nos seis primeiros meses da atuação de mais de 2.500 aposentados e militares inativos, contratados temporariamente para reforçar o atendimento e reduzir a espera.

Devem ter se especializado na mesma escola em que Pazzo, o zuello, graduou-se em Logística. Ou, quem sabe, não receberam a dose adequada de leite condensado… Viva o “Inzélcito nacionar”!

                                                                ***************

Copiada da Coluna JOSIAS DE SOUZA

 PF abre inquérito para apurar suspeita(*) de omissão de Pazuello no Amazonas

A Polícia Federal abriu nesta sexta-feira inquérito contra(*) o ministro Eduardo Pazuello (Saúde). Será investigado por suspeita de omissão no caos sanitário do Amazonas. Pacientes da Covid-19 morreram em hospitais e postos de saúde por falta de oxigênio.

(*) Temos aqui um caso exemplar de faca de dois “legumes”, como dira o inigualável Vicente Matheus, o grande presidente do meu Coringão: se é suspeita não é contra, se for contra é certeza, cara-pálida. Inquérito apura uma ação suspeita de alguém, não pode ser contra, se contra, é parcial, capisce? O Mirando desistiu de apontar um monte de erros, mas, deste, nunca!

 Apesar de evidente, “apurar a suspeita de omissão” é mandatório, infelizmente, mas se o inquérito for conduzido comme il faut Pazzo, o zuello, irá comemorar a quarta estrela em um lugar em que se vê o Sol nascer quadrado.

                                                                ***************

Copiada do Estadão

 (‘Frente à)(*) pandemia, é preciso coalizão’

  Tem de haver uma coalizão, todo mundo jogando para a mesma direção.

(*) O entrevistado não falou a bobagem na qual o cara-pálida da edição transformou o que ele disse, “frente à”, a frase dele é a que está acima. Isso não existe, caramba, é diante da, por causa da, em virtude da, em face de, escriba.  Abra um dicionário, vá ao verbete frente e veja se é possível frente à/ao. Ah, face à/ao também não existem, viste?

                                                                ***************

Copiada da IstoÉ

PA: Moradora descobre que gato que criava havia 7 meses era uma jaguatirica

Humm, será uma afinidade zoológica, uma anta cuidando de um felino?

                                                                ***************

Copiada da Coluna CHICO ALVES

Áudio do ministro Tarcísio agita caminhoneiros na véspera da greve

 Circula pelos grupos de WhatsApp dos caminhoneiros um áudio do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em que ele aparece dizendo que não vai atender a nenhum item da pauta dos motoristas que anunciaram greve para amanhã. A fala atribuída ao representante do governo está sendo muito criticada e inflamou ainda mais o movimento.

Gentem, não é possível, deve ser gozação, “em que ele aparece dizendo que não vai atender a nenhum item da pauta dos motoristas” e  A fala atribuída ao representante do governo”. Dá pra acreditar? Ou ele “possui” a frase e, então, não é atribuída, ou a frase é atribuída mas não há certeza de que ele a “possui”, Wake up, Tico e Teco!

                                                                ***************

3 thoughts on “Greve, eleições no Congresso, e a gaveta cheia de impeachments

  1. Curso de férias na “Universidade Marxista do PCO” sobre capitalismo stalinista. Como diria o Milton Leite, que beleza! Deu vontade de matricular Ernesto Araújo, afinal deve-se tratar de uma abordagem intelectual orgânica do tecno-totalitarismo chinês. Se não for isso, sinceramente não dá pra saber o que é.

  2. Cacalo, sobre a possível promoção do General Pazuello para general de quatro estrelas, coloco que ela seria impossível, pois, por ele ser oriundo do Serviço de Intendência, ele chegou ao posto mais alto que um militar desse serviço pode chegar no Exército (General de Divisão).
    Ou seja, Pazuello, agora, só pode ir pra reserva. Não tem como galgar outro posto dentro da ativa.
    Se há alguma coisa rolando em Brasília nesse sentido, deve ser apurada pois, pelos meios legais, ele não pode ser mais promovido.
    Abraços.

  3. Digno de espanto, se bem que vulgaríssimo, e tão doloroso quanto
    impressionante, é ver milhões de homens a servir, miseravelmente
    curvados ao peso do jugo, esmagados não por uma força muito grande, hercúlea,
    mas aparentemente dominados e encantados apenas pelo nome de um só
    homem [lula] cujo poder não deveria assustá-los, visto que é um só (lula –, o vigarista apedeuta).

    O PT é cafona e barango.
    O que é sustentável para o Brasil:
    educação de alto nível. Alta cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter