Os interesses que falam mais alto. Vamos precisar gritar com eles

 O que menos importou nas eleições no Congresso foi o Brasil, cada parlamentar votou pensando só em seus interesses, que vantagem “Maria levará” em termos de liberação de verbas para satisfazer seu curral eleitoral e, se for cacique, que cargo ele ou algum apaniguado poderá exigir de presente em alguma estatal. Mas nunca se deve deixar de considerar que todos foram eleitos, são reflexo indesmentível do eleitorado do país do jeitinho, dos espertos, dos malandros, dos faltos de conduta moral adequada, em resumo, um retrato fiel de um país que dificilmente terá conserto. Serão todos reeleitos, é só esperar as próximas eleições.

No e-commerce em que se transformou a eleição para o comando do Congresso, entre os vários aspectos que ficaram às claras estão a fraude que é o PT, o nada que é Rodrigo Maia e  ACM Neto  mostrou o que   aprendeu  com o terrível avô ACM, jogar sujo, aderiu ao coiso.

Tratar de frigideiras em um momento como o que se vive no país parece um despropósito, mas não é, os brasileiros que não fazem parte da corja estão sendo fritti e infariniti. O Estadão (2)  publica como matéria de capa no caderno NA QUARENTENA  uma tratando de frigideiras, uma delas, francesa, de ferro fundido. com o modesto preço de R$ 1.429. Tem 34 cm de diâmetro, duas alças. Pois bem, em novembro de 2020, trouxe de Orlando (USA), a que está nas fotos, os mesmos 34 cm, ferro fundido, 3,5 kg, uma alça e um cabo, fabricada por tradicional indústria norte-americana e paguei a “fortuna” de…US$ 14, sim, US$ 14! Tem outra explicação a não ser esta? O brasileiro é escorchado a sangue-frio.

 (CACALO KFOURI)

 

                                                              ***************

                                                              ***************

                                                              ***************

                                                              ***************

Copiadas do UOL

 Horas após eleição de Lira, oposição anuncia na madrugada que irá ao STF

O primeiro ato de Arthur Lira (PP-AL) como novo presidente da Câmara já dividiu os parlamentares da Casa na madrugada de hoje, logo após o anúncio de que ele anulava, a partir de então, a decisão de Rodrigo Maia (DEM-RJ) que aceitou o registro do bloco de apoio a Baleia Rossi (MDB-SP), seu principal adversário, convocando uma nova eleição para a Mesa Diretora da Casa para amanhã, às 16h. Na prática, a decisão do novo presidente tira da Mesa Diretora alguns partidos do bloco composto por PT, MDB, PSDB, PSB, PDT, Solidariedade, PCdoB, Cidadania, PV e Rede, partidos que apoiaram a candidatura de Rossi. Além disso, o PT deve perder o direito à 1ª secretaria.

Deputado federal de um dos partidos do bloco, Alexandre Padilha (PT) condenou Lira por seguir “a pegada bolsonarista ditatorial” por, recém-eleito, tentar “aniquilar seus adversários”. Ele ainda acusa o novo presidente da Câmara e Jair Bolsonaro (sem partido) de tentarem “mudar regra de eleição durante eleição”.

Oh, my God, what a surprise! Agiu como o coiso que o PT apoiou para ganhar a presidência do Senado? Quem cospe pra cima leva o produto na cara, Isaac Newton explicou por quê, cara-pálida e foi em 1665.

 No fim do dia de ontem (2), Lira deu marcha a ré, fez acordo, e os opositores amigos do governo vão levar seus carguinhos na Mesa Diretora e serão felizes para sempre.

 Major condenado por morte de Amarildo é reintegrado à PM do RJ  

A Secretaria de Estado da Polícia Militar do Rio de Janeiro reintegrou à Polícia Militar na última quinta-feira (28) o major Edson Raimundo dos Santos, condenado por tortura e desaparecimento do corpo do pedreiro Amarildo de Souza, crime ocorrido em 2013.

O UOL questionou PM do Rio de Janeiro, perguntando o motivo para o major condenado ter sido reintegrado ao órgão. Em resposta, a corporação disse que “não há impedimento legal para que o referido oficial exerça função pública”. Desde dezembro de 2019, o major da PM, que foi condenado a 13 anos e sete meses de prisão, conta com o benefício da liberdade condicional.

Pode não haver impedimento legal, pois se trata do Rio de Janeiro, onde o ilegal faz parte dos hábitos e costumes oficiais há muito tempo, mas há sérios impedimentos de ordem ética e moral.

 STJ volta a negar recurso de Lula contra condenação no processo do tríplex

A Quinta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) rejeitou em sessão na tarde de hoje um recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra a condenação do petista no processo da Lava Jato do tríplex de Guarujá (SP).

A última esperança é a decisão sobre o proseio de Sergio Moro e os procuradores da força-tarefa. O Mirando acha que não vai dar em nada, a prática é normal, juiz conversa com procurador, advogado, advogado conversa com ministro e sic transit gloria mundi. Aforamente que todas as condenações foram ratificadas em outras instâncias. Uma dúvida que assolou a mente deste digitador é a respeito de dezenas de ações que foram anuladas pelo STF pelo fato de provas terem sido obtidas por meio de gravações telefônicas não autorizadas pela Justiça e as das conversas Moro/procuradores foram hackeadas. Pode isso, Arnaldo?

 Investigada no STF, Bia Kicis diz que será presidente da CCJ da Câmara

Aliada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) anunciou hoje que será a nova presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) na Câmara, substituindo o deputado Felipe Francischini (PSL-PR). Em 2019, Kicis ocupou a primeira vice-presidência da comissão.

Tem todas as credenciais necessárias, aliada de um apreciador de criminosos, investigada por ser mentirosa, divulgadora de fake news, que mais seria necessário para chefiar a CCJ neste Congresso?

África do Sul: Casal se depara com crocodilo de 3 metros na piscina de casa

Foi algum amigo da família que tomou vacina!

                                                         

    ***************

Copiada da Coluna CARLA ARAÚJO 

 Vitória expressiva de Lira é risco para ‘casamento’ saudável com Bolsonaro

 Apesar de celebrar o resultado de ontem, no Planalto há também a avaliação de que Lira, nome do Centrão apoiado pelo presidente, saiu mais forte do que esperado.

O coiso vai sentir o que reza um velho ditado, “Ajoelhou, tem de rezar.” Como sempre fez parte do baixo clero em toda a sua estada na Câmara sabe muito bem quão sujos são os “clérigos”. Mas, tem prática, lida com milicianos faz tempo, a única coisa que o coiso não conseguiu explicar até hoje é por que Queiroz depositou R$ 89 mil na conta de Michelle.Q908501 - Questões Militares | Qconcursos.com

 

                                                             ***************

Copiada do Estadão conteúdo

Após vazamento, dados de Bolsonaro e de ministros do STF estão à venda

Acima está o título original, abaixo o em vaselinês, no UOL

Após vazamento, supostos dados de Bolsonaro e ministros do STF estão à venda

 Em  sendo supostos supostamente não terão uma suposta compra supostamente realizada, pois os dados são supostos.

                                                                              ***************

Copiada do SP-LA-SH

‘Bacurau’ tem prêmio internacional barrado na alfândega, diz diretor

Kleber Mendonça Filho, diretor do filme “Bacurau”, revelou que um prêmio do longa-metragem está “preso” na alfândega brasileira. Em tuíte publicado hoje nas redes sociais, o cineasta afirmou que o governo está cobrando R$ 1.600 para liberar a condecoração.

Conversa com Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, pode dar boas dicas, conseguiu passar sem problemas equipamentos para sua choperia El Turf, no Rio, na volta da Copa de 1994 nos Estados Unidos.

                                                             ***************

Copiada da Folha

 Guedes negocia com Congresso plano escalonado para recuperar economia

O Ministério da Economia quer negociar com a nova cúpula do Congresso um plano escalonado de medidas. A ideia é começar por ações consideradas menos polêmicas e caminhar para propostas que hoje não têm consenso, como a criação de um imposto sobre transações financeiras aos moldes da extinta CPMF.

Adivinhem quem vai pagar a conta da compra de votos para eleger Arthur Lira e Rodrigo Pacheco?

                                                             ***************

Copiada do Blog da Míriam Leitão

Aras faz arquivamento sumário de pedido de denúncia contra Bolsonaro

O procurador-geral da República, Augusto Aras, decidiu arquivar de forma sumária e sem maiores explicações a representação contra o presidente Bolsonaro por crime de “epidemia” previsto no artigo 267 do Código Penal. E pior, nem fez diretamente, o chefe de gabinete é que disse estar arquivando.

O procurador-geral do coiso rides again! Procura, procura e sempre acha um jeito de fazer o que não deve.

                                                            ***************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter