CPI da Pandemia, virou o terror do coiso. Medo do que sabe que fez.

 A grande obra do preocupado e temeroso com o resultado da CPI da Pandemia mesmo contando com vários cúmplices no Congresso, o Brasil volta a bater o recorde com a pior média de mortes por covid-19,  foram 3.125 mortes por dia na semana passada.

“Mas se você não participa, daí a canalhada lá do Fulano vai participar. E vai começar a encher o saco. Daí, vou ter que sair na porrada com um bosta desse”.

Briga na Cracolândia? Entre traficantes? Milicianos? Não! É aquele em que quase 58 milhões de brasileiros votaram, é a fala dele com um intermediário no Senado, Jorge Kajuru – este nunca enganou este digitador –, ameaçando o senador Randolfe Rodrigues (cujo nome foi trocado por Fulano para não dar pista) por causa da CPI da Pandemia.

Ontem (12), em entrevista à Rádio Bandeirantes, Kajuru reproduziu mais uma parte do conchavo, na qual diz que não participará da CPI caso a apuração seja “revanchista”. Bolsonaro, então, destilou o que está acima. A conversa foi gravada e divulgada com a concordância do coiso, mas como mentir é hábito familiar 01 diz que vai entrar com uma representação contra o laranja de seu pai no conselho de ética devido à divulgação do lamentável diálogo.

O artigo “A CPI de Nuremberg” publicado na Folha de S.Paulo (12), pág. A6, é um resumo da situação que vive o país.

 https://www1.folha.uol.com.br/colunas/celso-rocha-de-barros/2021/04/cpi-da-covid-tem-que-ser-inicio-do-julgamento-de-nuremberg-que-bolsonarismo-merece.shtml 

Começou a circular em Brasília a hipótese de o coiso ausentar-se do país para não assinar o duvidoso  e misterioso Orçamento aprovado pelo Congresso, assim a responsabilidade  do chamegão passaria a Arthur Lira, o presidente da Câmara. Se tal artimanha se concretizar, será o coiso sendo, cada vez mais, o coiso, covarde, fugindo mais uma vez de sua responsabilidade.

 Em um  domingo de abril de 2019, 7, no Rio, militares do Exército dispararam, demonstrando total falta de treinamento adequado,  nada menos de 257 tiros contra o carro em que estavam o músico Evaldo Rosa dos Santos, sua mulher e filho, então com 7 anos de idade, o sogro e uma amiga. Evaldo morreu na hora,  o catador de lixo reciclável Luciano Macedo, que tentou ajudar a família,  foi também atingido pelos disparos e morreu no hospital 11 dias depois.

Na última quarta-feira (7), dia em que os crimes completaram dois anos sem que os culpados pelos assassinatos sequer tenham sido julgados, a Justiça Militar adiou o julgamento dos 12 militares envolvidos.

A Justiça Militar e o conselho e as comissões de Ética do Congresso e as das várias assembleias legislativas e câmaras municipais podem se dar as mãos, são meras fantasias, totalmente inúteis, coisas para inglês ver como se dizia “outroramente”.

As TVs por assinatura perdem assinantes dia após dia, dizem 180 mil só este ano,  e não é de se estranhar. Na madrugada de ontem (12) um dos se não o principal motivo, o filme “Escobar: Paraíso Perdido” estava sendo apresentado pelo Telecine Action à 1h45 e pelo Paramount NetWork HD às 2h25.

(CACALO KFOURI)

                                                             ***************

                                                        ***************

                                                         ***************

                                                         ***************

Copiada do Blog do Ancelmo

Os estragos no Maracanã dos fogos na Copa e da Rio 2016 chegam a R$16 milhões

Aproveitando que o estádio continua sem público devido a(*) pandemia da Covid-19,

(*) Eta, cara-pálida, devido à pandemia.

Para abrir esta caixa(*)preta,

(*) Dá nele, hífen. Rostro pálido, Abra a gaveta onde escondeu o dicionário e achará  caixa-preta.

                                                         ***************

Copiadas do UOL

 Polícia vai à OAB contra advogado de Jairinho por expor fotos íntimas de ex

A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai enviar ao Ministério Público do Estado e para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) uma representação contra André França Barreto, que defende o vereador Dr. Jairinho (sem partido) e Monique Medeiros, padrasto e mãe de Henry Borel.

Uma das acusações da polícia é de(*) que o advogado teria divulgado fotos íntimas de uma ex-namorada do parlamentar com o objetivo de constranger e desmerecer depoimento de que a filha dela foi agredida por Dr. Jairinho quando os dois tinham um relacionamento há 8 anos.

(*) A continuar assim, a Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas terá de criar uma Comissão de Gramática… Cara-pálida, é que ou é a de que.

Isto a OAB não mostra… finge que não é com ela, parece a Justiça Militar ou o conselho e as comissões de ética dos legislativos em todos os níveis.

Girão diz que já tem 34 assinaturas para CPI da Covid que inclui estados

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) disse hoje que já conseguiu coletar 34 assinaturas entre senadores para a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que inclua estados e municípios em uma investigação sobre as ações de combate à pandemia de covid-19. A apuração no Legislativo precisa de um mínimo de 27 apoios para ser instaurada.

“Gira” é gíria para maluco, doido, imagine-se, então, um girão. Aglutinou em torno dele os miquinhos amestrados do psicopata, segundo definição profissional  da psicanalista e senadora Marta Suplicy no programa Manhattan Connection (TV Cultura – SP) no domingo (11).

Provavelmente deixarão o prefeito de Chapecó de fora e investigarão o governador paulista João Doria pelo fato de haver forçado, com a produção da CoronaVac, o coiso a determinar o início da produção de vacinas na Fiocruz. O governo federal já recebeu perto de 40 milhões de doses da vacina do Instituto Butantan.

Nunes Marques avaliará ação para agilizar análise de impeachment de Moraes

O ministro Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), foi sorteado relator do mandado de segurança protocolado hoje pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) que tenta agilizar a análise do pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, também apresentado pelo parlamentar e enviado em fevereiro ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Na verdade, Nunes Marques foi “azarado” ao ser escolhido o relator do pedido do laranja do coiso, como dizem lá em Porto Alegre, arrumou encrenca pra mais de metro. Terá de mostrar-se por inteiro, se é ministro do STF ou um brown nose abaixo de qualquer certeza. A aposta deste mirandeiro é que vai se comportar direito, por mais “evangélico” e coisista que seja não vai optar por ser um pária na Corte.

                                                             ***************

Copiada da Coluna Tales Farias

Cidadania convidará Kajuru a se retirar do partido

O presidente nacional do partido Cidadania, ex-deputado Roberto Freire (SP), acaba de divulgar nota em que afirma que a Executiva Nacional do partido convidará o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) a deixar a legenda.

Uma pensata sem medo de errata: Roberto Freire, onde estava com a cabeça quando o aceitou no partido, não se informa? Parece eleitor do coiso… Convidar é pouco, tem de expulsar.

                                                             ***************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter