Derrubados uns vetos, mas falta derrubar a turma toda

CHARGE DE AROEIRA

Foram derrubados 16 dos 24 vetos do coiso ao pacote anticrime aprovado pelo Legislativo. Entre os itens restabelecidos estão a possibilidade de pena triplicada para crimes de honra cometidos nas redes sociais e a punição mais alta para homicídios cometidos com armas de fogo de uso restrito ou proibido. Vetou por quê? Por que vetou? Agiu em causa própria, é um dos que mais cometem crimes contra a honra nas redes antissociais. Perdeu! O veto ao item relativo às armas de fogo foi para tentar proteger seus amigos. Perdeu!

O Estadão, em matéria publicada, ontem (20), informa que  a nomeação  de Cláudia Mansani Queda de Toledo para presidir a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes) resultou em  reações contrárias de reitores e de ao menos 20 entidades ligadas à Ciência.

A história da nomeada é enigmática, em seu currículo na Plataforma Lattes, Cláudia informa ter mestrado pela PUC-SP e doutorado pela Instituição Toledo de Ensino (ITE), de Bauru. O Centro Universitário de Bauru, onde ela é reitora, integra a ITE – cujos donos fazem parte de sua família  Em 1990, o “evangélico”   ministro da (des)Educação , Milton Ribeiro, graduou-se em Direito na ITE e, em 1993, o advogado-geral da União, André Mendonça. Donde é fácil concluir que “ite(,) scientiam est(!)”. Está explicado o baixo nível dos graduados Ribeiro e Mendonça.

As objeções de Marco Feliciano e outros da mesma laia não merecem ser levadas em consideração, o teor delas é mais “anarfa” que a nomeada.

Como diria Millôr Fernandes em seu dicionário “The cow went to the swamp”, they are flour of the same package:

UOL: “Em decreto, Bolsonaro tira cargos de área social e dá a padrinho de Flávio”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou hoje decreto oficializado o remanejamento de mais de 30 cargos comissionados subordinados a Marcelo Magalhães, secretário especial do Esporte e padrinho de casamento do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). A negociação foi antecipada pelo UOL em março.

Juliana dal Piva: “Em liberdade, Fabrício Queiroz é flagrado visitando sede do governo do Rio”

Procurado, o advogado Paulo Emílio Catta Preta, que representa Queiroz, disse que ele não iria comentar o episódio. A coluna também recebeu imagens dele sentado dentro de um carro no local na quarta-feira (14). 

Crônica do massacre anunciado, o Brasil passará por um dos maiores vexames da História:

Servidores do Ibama denunciam que fiscalização ambiental está paralisada após decisão de Salles

 Categoria reage contra nova regra do Ministério do Meio Ambiente, que obriga que a multa dada por um fiscal passe antes pela autorização de um superior.

Leonardo DiCaprio, Katy Perry, Gilberto Gil e outros artistas pedem a Biden que recuse acordo ambiental com Brasil

Jane Fonda, Joaquin Phoenix, Mark Ruffalo e Caetano Veloso também assinaram carta aberta ao presidente dos Estados Unidos.

(CACALO KFOURI)

                                                             ***************

Vinte um de abril, nas atuais circunstâncias, é o que resta para comemorar a data:

                                                             ***************

 

_______________

 

Tem mais gente precisando de uma temporada em um hospital psiquiátrico, o pessoal que faz o Info está maluco. Eis alguns dos  atores  que estão no filme: Jack Nicholson, Louise Fletcher, Christopher Lloyd, Danny DeVito. Os citados nos créditos, talvez, tenham assistido. 

O “C” está cortado por dificuldades na hora de fotografar a tela, o título andava…

                                                              ***************

Copiadas da Folha

Mônica Bergamo

‘Fiquei triste’, diz Leda Nagle depois de divulgar fake news sobre Lula e STF

A jornalista Leda Nagle diz que passou a segunda (19) chateada com a repercussão negativa de uma fala sua na qual leu notícia falsa afirmando que Lula e o Supremo Tribunal Federal tinham um plano para matar Jair Bolsonaro. “Apenas li um tuíte num grupo fechado e alguém viralizou. Estou triste”, diz.

Caramba, nem um foca divulgaria uma notícia deste tipo mesmo sem checar, é óbvio que é mentira. Aposente-se antes que faça outra asneira, estar triste é pouco, questione-se a respeito do estado dos pinos, aparentemente estão batendo. O coiso deve estar com inveja, deve estar pensando “Como deixei escapar esta…”.

 Lula pede ajuda à Força Sindical para se aproximar de políticos de centro

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) telefonou para Paulinho da Força (Solidariedade-SP) e demais membros da Força Sindical na sexta-feira (16) para dizer que começará a fazer viagens e que precisará do apoio do grupo para conseguir se aproximar de políticos do centro.

Da folha corrida de Lula não há necessidade de tratar, está na memória de todos, mas vale um lembrete da ficha de Paulinho da Força, procurado para se aliar a ele.

Copiada da Wikipédia:

Foi condenado em 2011 a pagar multa civil de cerca de um milhão de reais por improbidade administrativa na aplicação de três milhões de reais em recursos públicos. Conforme a sentença do juiz João Batista Machado, da 1ª Vara Federal de Ourinhos, a quantia será revertida para a União. Ainda caberá recurso.[16] Os três milhões de reais seriam usados para comprar uma fazenda no interior de São Paulo e assentar no local 72 famílias, e os proprietários das terras teriam se beneficiado com sobrepreço no imóvel, que, segundo avaliação de peritos do Ministério Público Federal, valia 1,29 milhão de reais. A compra foi realizada por 2,3 milhões de reais. Na época, a Força Sindical, presidida por Paulinho, participava do conselho do Banco da Terra, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, que liberou os recursos. A ação pedia ainda a perda da função pública e a suspensão dos direitos políticos do deputado, o que foi negado pelo Juiz.

Paulinho é conhecido por fazer parte da chamada “Tropa de Choque de Cunha”, grupo de nove deputados federais que teve como objetivo obstar no Conselho de Ética todas as tentativas de investigação e punição do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, o qual possui contas em seu nome na Suíça. Trabalhou ativamente na campanha do colega de partido à presidência da Câmara. No Conselho de Ética, era um dos deputados mais atuantes na defesa de Cunha. Durante o processo apresentou reiterados questionamentos nas sessões do Conselho de Ética, como uma manobra para adiar ao máximo o andamento do processo.

 Ou seja, aliado do cassador de Dilma Rousseff.

Em 5 de junho de 2020, foi condenado pela primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) a 10 anos e 2 meses de prisão por crime contra o Sistema Financeiro Nacional e pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa. A decisão é referente a uma denúncia de 2012 pela Procuradoria-Geral da República (PGR), acolhida pelo STF em 2015.

É meritório um evangélico no Supremo, diz juiz federal William Douglas, pastor admirador de Bolsonaro

Magistrado do TRF já foi cotado para a vaga; segundo ele, presidente é ‘um patriota, alguém que quer melhorar o país’

Mais um bocó de molas entre os “evangélicos”. Pastor? Está mais para pastador. O coiso, patriota? O defensor de torturadores? O amigão de milicianos assassinos? O corresponsável por mais de 375 mil mortos? Em que gráfica foi impressa sua edição da Bíblia?

A única coisa “meritória” que deve levar alguém a ocupar um posto no STF é o conhecimento jurídico e ser uma pessoa honesta acima de qualquer suspeita, religião ou crença não são e nunca foram credenciais. E tem mais, os “suspeitos” de serem indicados são servis, amestrados, não prestam nem como advogados de porta de cadeia.

Vila Madalena vive desmonte da boêmia(*) com bares fechados

Com ruas vazias e bares fechados, Vila Madalena, em SP, vive desmonte da boemia(*)

(*) O primeiro título está na versão impressa, o segundo, na digital, os caras-pálidas ficaram em dúvida e usaram as duas versões do substantivo, ambas corretas, estão no Volp, Aurélio e Houaiss, neste com uma observação, menos correto, mais usado.

Se está no Volp não há motivo para ser “menos” correto, certo? Noventa por cento das pessoas falam boemia, Nelson Gonçalves, em seu grande sucesso, canta “boemia, aqui me tens de regresso”, então, para que usar com chapéu? Por que os boêmios gostam da noite, para se defenderem do sereno? Boemia e estamos combinados.

                                                              ***************

Copiadas do UOL

 Novo CEO da Petrobras quer respeitar paridade de preços; ações disparam

Em um discurso de pouco mais de 15 minutos, no qual ressaltou que “deve chegar ouvindo mais e falando menos”, o general da reserva defendeu que é preciso conciliar “interesses de consumidores e acionistas”.

Xiii, mais um general a ser, em breve, humilhado pelo capitão de araque.

Morre de covid enfermeiro que criticava vacina e divulgava notícias falsas

 Será pecado dizer BEM FEITO, provou do próprio veneno?

                                                            ***************

Copiada da Revista piauí

É PRAIA, É PISCINA, É VIAGEM OFICIAL!

As equipes precursoras de Bolsonaro aumentam o número de dias das viagens e aproveitam para fazer turismo às custas(*) do dinheiro público

(*) Eta ferro, o pessoais não aprende mesmo, é à custa, cara-pálida, custas só em ações na Justitia.

Na ensolarada segunda-feira de 25 de janeiro deste ano, Marcelle Silverio Marques, segundo-sargento do Exército, foi à Praia do Mosqueiro, em Aracaju. De biquíni, boné e óculos escuros, posou para fotos no Duna Beach Club, um restaurante na orla, e passou a tarde bebericando drinques enfeitados com mini-guarda-chuvas. Tirou selfies na areia com uma dúzia de colegas, todos sem máscara, em trajes de banho, alguns segurando seus copos de cerveja. A militar publicou as imagens nos Stories do Instagram, com uma legenda comemorativa: “33 aninhos” – seu aniversário fora quatro dias antes, e o passeio na praia fez parte da celebração.

O presidente só chegou na quinta-feira, dia 28, mas a sargento Marques e seus colegas voaram para Aracaju no domingo, dia 24. Ficaram hospedados no Primme Hotel, localizado a uma quadra da praia, num bairro nobre da capital sergipana. Logo depois que chegaram, como de praxe, foram vistoriar o local da solenidade em Propriá. Cumpriram essa tarefa no próprio domingo.

Como não havia mais o que fazer nos dias seguintes, os integrantes do Escav, então, curtiram as praias e os restaurantes de Aracaju e fizeram um pouco de turismo na segunda e na terça-feira. Só voltaram a trabalhar na quarta, dia 27, na véspera da chegada de Bolsonaro, quando o protocolo determina que deve ser feito um ensaio geral do trajeto que será percorrido pelo presidente. Horas depois da inauguração da ponte, na quinta-feira, todos embarcaram de volta para Brasília.

Abaixo a corrupção, abaixo a velha política, vãs promessas de campanha, a situação ficou muito pior. Mas, justiça seja feita, agora tudo ficou bem mais democrático, civis, militares, “evangélicos”, filhos, Michele, que até hoje não explicou os 89 mil depositados por Queiroz, todos se locupletam igualmente, não é uma beleza?

                                                             ***************

Copiada da Coluna Rubens Valente

Às vésperas da Cúpula do Clima, postagem de Salles ridiculariza indígenas

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ridicularizou, em uma postagem na rede social Instagram na manhã desta terça-feira (20), indígenas que utilizam telefones celulares. No “story” da conta do ministro, que é seguida por 344 mil perfis, foram divulgadas três fotos de indígenas utilizando ou carregando telefones celulares. A primeira imagem tem como texto: “Recebemos a visita da tribo do iPhone”.

Pior do que ser medíocre é fazer questão de ser. Alguém tem explicação para o fato  de 344 mil seguirem o sinistro contra o Ambiente que seja diferente de ser por semelhança?

                                                             ***************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter