Glasgow

A parte que nos toca na COP de Glasgow. Por Fernando Gabeira

…É importante que o mundo saiba em Glasgow que o Brasil quer se mover na direção correta e vai fazê-lo com mais eficácia assim que solucionar esse quadro absurdo que a democracia, é verdade, propiciou, mas tem todas as condições de devolver às trevas de onde surgiu.

glasgow - cop 26

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter