funai

A inoperante Funai ignora alertas graves, cada vez mais graves

A inoperante Funai, destruída pelo abjeto ser de espécie desconhecida que desgoverna o país, juntamente com a ineficiência das Forças Armadas e da Polícia Federal, são cúmplices do assassinato de Bruno Pereira e Dom Phillips. A Funai, atualmente, é presidida por Marcelo Augusto Xavier da Silva, delegado da PF, amigão da bancada ruralista. Sua atuação, como delegado, foi investigada em duas apurações internas da PF, e ele chegou a ser afastado de uma operação em terra indígena. Xavier foi rejeitado na primeira avaliação psicológica para o cargo de delegado da PF, foi aprovado em outra sabe-se lá como.

Além de nada fazer para proteger os indígenas, o indicado por ignaro ignóbil  está processando a Apib – Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – motivado pelo documentário “Maracá” em que estão registradas as violências que esses povos estão sofrendo.

O documentário tem oito capítulos, os links seguem abaixo:

Maracá – Emergência indígena

Episódio 1 – Plano de Cura

https://youtu.be/9lARwM_0hkg

 

Episódio 2 – A mãe do Brasil é indígena

https://www.youtube.com/watch?v=nWVvZ49sC74

Episódio 3 – Ancestralidade         

https://www.youtube.com/watch?v=7s1La749LSM

Episódio 4 – Antropoceno

https://youtu.be/JGm97_Z3Pvk

Episódio 5 – Demarcação Já

Episódio 6 – Genocídio

https://www.youtube.com/watch?v=i_BioJyaBe0

Episódio 7 – Sangue indígena: nenhuma gota a mais.

https://www.youtube.com/watch?v=HzfRaGIOM8o

Episódio 8 – O grande aldeamento

https://youtu.be/dFrqNI–Aho

Eles insistem no erro, querem mesmo é votos

E mentem. Aliados no que não deve ser feito, ignaro ignóbil e Arthur “Nero” Lira investem contra a Petrobras diante da recusa da empresa de manipular o preço dos combustíveis.

Não há como fazer isso legalmente, a empresa tem acionistas e estes vão processá-la ao ter perdas devido a manobras escusas. Não há como fugir da realidade, que é a Paridade de Preço Internacional (PPI), política de preços adotada pela Petrobras. Ela determina que a estatal cobre, ao vender combustíveis para as distribuidoras brasileiras, preços compatíveis com os do exterior.

Sem esquecer do fato de que quase R$ 9 bilhões do lucro da Petrobras foram para os cofres do governo que, em vez de usar o dinheiro para mitigar os efeitos dos reajustes sobre os pobres, gastou cobrindo os custos com motociatas, compras de bíblias, Viagra, próteses penianas, sobrepreços nas compras de tratores e ônibus, gastos indevidos com militares.

Infelizmente o brasileiro ainda tem de ouvir ataques à empresa originados por um dos responsáveis pela crise, Lula. Não se deve esquecer do desastroso conluio entre ele e o désposta Hugo Chavez para a construção da Refinaria Abreu e Lima (PE), iniciada em 2007 e até hoje uma piada de mau gosto.

por Benjamim Cafalli

 

Era o que estava faltando na comédia

Humildemente ajoelhado, dizendo “sim senhor”, um dos 10% do ignaro ignóbil no STF, André Mendonca, determinou na sexta-feira (17) que os estados passem a cobrar ICMS sobre o diesel levando em conta  uma base de cálculo menor a partir de 1º de julho.

Para completar a tragicomédia, requisitou da empresa minuciosas informações  no que se refere aos critérios adotados pela companhia em sua política de preços nos últimos 60 meses, como se ele fosse capaz de entender alguma coisa.

 Renan, o imoral eterno, menos para quem? Quem?

Foi ministro da Justiça de Fernando Henrique Cardoso, aliado de Fernando Collor e artífice dele como candidato à Presidência da República, comprovadamente envolvido em dezenas de falcatruas a ponto de haver renunciado ao mandato de presidente do Senado para não ser cassado e, agora, é elogiado pelo candidato à Presidência, Lula, cujas condenações foram anuladas, mas não foi inocentado pelo STF. Em evento no quintal de Renan, com a sua habitual caradura, declarou que “Renan foi presidente do Senado duas vezes, e eu devo muito ao Renan e ao José Sarney, que tem 92 anos. Tem muita gente vendo a história do Sarney pelo avesso. Mas foi o comportamento dele que garantiu que se recuperasse a democracia após 1985.”

Como miséria pouca é bobagem, incluíu Sir Ney…

 Quando dois abjetos se juntam

 Quem sofre é a população. Um acordo aprovado pelo Ministério da Economia para pôr em vigor um plano de recuperação das contas do governo gaúcho foi engavetado pelo ignaro ignóbil a pedido de seu ex-ministro ignóbil Onyx Lorenzoni, aquele que confessou ter recebido R$ 100 mil de caixa 2 da JBS para sua campanha em 2014. Ele é candidato ao governo do estado nas próximas eleições.

Pelo jeito, o eleitor – ou não se informa ou gosta de desonestos – não está preocupado com o prejuízo causado pelo engavetamento, ele está bem cotado segundo as pesquisas.

Depois, não adianta reclamar, elegeu, segura o rojão.

(CACALO KFOURI)

                               ***************

 Está aí uma solução de baixo custo para resolver o problema dos desarmados das Forças Armadas, chega de próteses penianas e Viagra, estímulo oral…

                                                                   ***************

Copiadas do Estadãozinho

Reprovação escolar: uma ideia condenada

Talvez por isso ou não, apesar das guerras incessantes, o país (cuja sua)(???) principal “riqueza natural” é meramente areia conseguiu em pouco mais de 70 anos criar um PIB per capita seis vezes o do Brasil e estar 65 posições à frente no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

(???) É mesmo, cara-pálida, reprovação escolar é um problema, mas, às vezes… Cuja sua é de lascar, hein? Cuja, sem acompanhamento, capisce?

 Célula política

Nada desmoraliza tanto uma Corte Suprema quanto a sua degeneração em célula política, e a prova está aí: (só 24% dos brasileiros respeita)(!!!) o STF. Esse número, obviamente, é um desastre.

(!!!) Uau, o cara-pálida inventou mais um tipo de concordância gramatical, tem a normal, a por proximidade e, a partir de agora, a adverbial! Fez a concordância com só! Será que existe algo que desmoralize mais um escriba? Realmente, um desastre.

 ‘Engenheiro se precipitou sobre máquina viva’

Eu já tive(?) na mesma situação que ele. Atualmente, a(!) máquina apenas regurgita texto escrito por outras pessoas – eles(!) não geram texto “do nada”.

(?) Já tive ou já estive, escriba?

(!) Caramba, cara-pálida, que disconcordância. A máquina, eles? Até pode ser no plural, mas tem de ser elas, capisce?

Medo reina na área onde Pelado agia

As Polícias Civil e Federal e os indígenas, contudo, têm informações de inteligência(*) de que ele está longe de ser um pescador pacato do Vale do Javari.

(*) Não acha que merece ir em alta, escriba? Se bem que o mais adequado seria chamar de “burrência”, pois apesar das informações nada fizeram.

                                                                  ***************

Copiada da Folha

Por que Lula carrega a culpa de ser ‘só inocente’?

 Que nós saibamos, apoiadores de Lula não se aproveitam de nenhuma sutiliza(eh eh eh) de termos jurídicos. Isto porque é possível demonstrar, cientificamente, que Lula é inocente e que foi inocentado.

Quem se aproveita da sutiliza(eh eh eh) de termos jurídicos (sic) é quem deseja tirar o mérito da inocência de Lula e com isso apagar os seus méritos no processo,

(eh eh eh) Lapso freudiano, hein, dupla de caras-pálidas? Quem se utiliza de  “sutiliza” – do verbo sutilizar: evaporar-se, tornar-se imaterial, roubar sem ser percebido, entre outros sentidos –  de argumentos falsos são vocês, os autores, pois os ministros do STF, os mesmos que anularam as condenações, já deixaram claro que Lula não foi inocentado, declararam que foram anuladas por problemas técnicos.

 Tem advogados que agem da mesma forma que Aras, aras, vejam só, os 20% do ignaro ignóbil no STF, especialistas em distorcer.

 Como bem disse Millôr Fernandes, “livre pensar é só pensar”, mas, para quem lê, muitas vezes, só resta lamentar, desmentindo uma citação no texto desonesto intelectualmente dos escribas na Folha: “Nada que alguém diz antes do ‘mas’ realmente conta”. Conta sim, e como conta, eles provaram!

                                                                  ***************

Copiadas do Blog do Ancelmo

 legenda
jefe: Ancelmo Gois
miss Caixa/mistake: Ana Cláudia Guimarães (editora)
errador/mister Crase: Nelson Lima Neto
Por que continuar lendo o blog se tem tanto erro e dá tanto trabalho? Porque, apesar da decadência no texto, continua sendo uma boa fonte de informações. E, afinal,  qual seria o sentido de fazer o “Mirando” sem mirar?
Em tempo: não mais será usado itálico nos adjetivos dos coleguinhas e em blog, perde-se muito tempo com isso.

Gatinho resgatado em Ipanema ganhará nome de bombeiro que o salvou

Sabe o gatinho que criou (!) maior confusão em Ipanema, depois de ficar em cima de árvore por três dias? O danadinho, que não tinha dono e era (!)limentado por moradores do bairro,

(!) Mistake, ele ficou três dias comendo “as”?

 Toffoli barra andamento da reclamação de Ciro Nogueira, ao STF, contra senador líder do PSDB

Por não ser de competência do STF, o ministro Dias Toffoli, do STF, decidiu extinguir a notícia(*)crime

(*) Errador, uma notícia gramatical, tem hífen ali.

 Em voto complementar ao relatório final da CPI, o senador tucado(?)

(?) Errador, tenha dó, vai, tucano, caramba.

Presente para o Rio: Granado restaura antiga fábrica para jovens empreendedores

(…),  que fica nas ruas do Senado, Lavradio até a Rio Branco, no centro(X) do Rio?

(X) Pô, jefe, por que deixa miss Caixa escrever em seu lugar, você está cansado de saber que é Centro quando se trata do Rio.

 Pois bem. A marca carioca, que já restaurou um dos prédio(X),

(X) Pois mal, agora entrou mistake com a cartilha dos menino que pesca os peixe… Prédios, né mermo?

Ex-diretor da ANP está pessimista com o debate da formação dos preços dos combustíveis

De Décio Oddone, ex-diretor(*)geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP):

(*) Jefe, tá difícil também imaginar que as coisas vão melhorar porraí.. hífen, escriba.

Faculdade de Arquitetura da UFRJ ganha associação para combater a degradação dos seus prédios

Acaba de ser criada a Associação dos (ex-estudantes, ex-professores, ex-técnicos administrativos e amigos)(XXX) da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (AMEAFAU)(X)

 (XXX)(X) Miss Caixa, a enigmática, indecifrável, ininteligível! Escriba, é o nome da associação, vai tudo em alta, caramba! E é Ameafau, dá leitura direta, capisce?

Entre os objetivos da associação, nos quais se incluem (melhorar a insegurança pública)(!!!) e combater o abandono do local

(!!!) Uau, mistake, como fez faz isto, levando mais criminosos para a área? Superou-se! Melhorar a SEGURANÇA pública, mein Got!

Com música inédita escrita por Dona Ivone Lara, o Movimento das Mulheres Sambistas prepara primeiro disco

Veja que legal. Será lançado agora em julho, que beleza, o disco do Movimento das Mulheres Sambistas, grupo que tem feito sucesso nas rodas de bamba(???) do Rio de Janeiro.

(???) Errador, então não são sambistas, são bambistas…

Também assinam a canção Abel Luiz e André Lara, neto da grande sambistas(!).

(!) Pro errador ela vale por duas…

 Associação de Moradores de Ipanema promete parar o TJ do Rio

A Associação dos Moradores e Amigos de Ipanema (AMAI)(X) agendou para segunda-feira, dia 20, um ato em frente ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A insatisfação é motivada pela demora, segunda(?) a associação, para que o Juiz(*) da Vara de Falências decida sobre o processo da massa falida da antiga Univercidade(???).

(X)(?)(???) Antigamente, havia um anuncio que dizia “Melhoral, Melhoral, é melhor e não faz mal”. Hoje, seria assim: “Errador, errador, é pior e faz mal!”. Caramba, meu, Amai, segundo, UniverCidade. Fora que não contou pro leitor do que se trata a UniverCidade.

 O conselheiro de Felipe Melo, do Fluminense, em uma ação judicial é… Wilson Witzel

Pois um dos conselheiros de Felipe no caso é… Wilson Witzel, o ex-governador do Rio de Janeiro, que sofreu impeachment após decisão do TJ do Rio junto a Alerj.

Witzel e Felipe se conheceram por meio dos pastores evangélicos da igreja que ambos frequentam no Rio.

Tá explicado! Ambos, com comportamento pra lá de reprovável, se guiam por “evangélicos” que entendem do que leem na Bíblia tanto como Witzel das leis que leu nos códigos. Falar de Felipe Melo é chover no molhado.

MP de SP pede arquivamento de inquérito contra humorista investigado por racismo contra judeus

“Uma vez eu fiz show na Alemanha e no teatro tinha acento(!!!) pra judeu, era o cinzeiro. Era pequeninho, mas cabia uns dezoito. Socando bem, cabia(!!!) uns dezoito.

(!!!) Juntando um energúmeno e o errador o resultado só poderia ser este, um desastre total: assento e cabiam.

                                                                  ***************

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter