Sugestões de Cacalo para a imprensa do país da meia verdade

marionetaEstá fazendo falta em alguma publicação um editorial com o título “O povo é que sempre acaba pagando”. Um governo federal arrasa com a economia do país, o seguinte anuncia cortes em áreas essenciais e aumento ou criação de impostos. Um governo estadual não faz as obras necessárias ou não toma as atitudes necessárias e a população sofre com saúde ruim, metrô superlotado, falta d’água, verbas desviadas. Mas, se esforça para impedir a punição dos culpados pelos desvios. Um governo municipal gasta mal o pouco dinheiro de que dispõe, não faz direito as licitações, que são barradas pelo TCM, os motoristas de ônibus fazem greve, a população, normalmente maltratada pelo péssimo transporte público, sofre mais ainda. Não cuida das árvores, tragédias acontecem (aliás, ocorrem, acontecimento é fato fortuito, queda de árvores, pela falta de cuidado, é fato anunciado). Troque-se “um”, com exceção do caso de governo federal , por “os”  – e se faça a concordância adequada – e o jornal que publicar mostrará o Brasil. E sem esquecer de que é o próprio povo que elege a cambada que o maltrata.

 Há muito a temer com Temer, com exceção do pessoal da área econômica, o resto é um desastre.

 É grande o número de comentaristas que mantiveram silêncio eloquente diante dos descalabros dilmescos, dos ministros de baixa qualidade e denunciados na Lava Jato que agora trombeteiam aos quatro ventos.

 É muita cara de pau fazer propaganda contra aumento de imposto sobre cigarros alegando que favorece o contrabando. Por que não mostram também o custo do cigarro para a saúde pública? A imprensa vai deixar batido para não desagradar um dos seus  grandes anunciantes? 

Teoricamente, é correto aumentar a idade mínima para aposentadoria, mas a imprensa bem que poderia  mostrar com que idade boa parte dos brasileiros é obrigado a começar a trabalhar – e começa a contribuir para a Previdência.  É por isso que tem gente que se aposenta com pouca idade.  E tem uma questão que nunca foi bem discutida, eu, por exemplo, comecei contribuindo sobre 20 salários mínimos, depois mudaram pra dez e acabei me aposentando com menos da metade disso e, hoje, por causa do fato de o reajuste de quem ganha mais de um salário mínimo ser menor, se continuas assim, já, já, estarei recebendo só um. Isto nunca entra na discussão. Vamos lá, chefes de reportagem, pautem, mostrem esta parte da Previdência, peçam pros repórteres questionarem em vez de agir como gravadores de declarações oficiais.

Infelizmente, no país, tudo é meia verdade.                                                      

(CACALO KFOURI)

                                                           ***************

 No Congresso em Foco

 Novo líder do governo é suspeito de tentativa de homicídio

 Barrado pela Ficha Limpa em 2014, André Moura é réu em três ações penais no Supremo Tribunal Federal por desvio de recursos públicos. Um inquérito apura participação dele em atentado contra um ex-aliado que virou seu inimigo político

Obs.: – Além disto, é cupincha do Cunha. Como publicou o jornal New York Times, o Congresso brasileiro é um circo; diz também que tem seu próprio palhaço. Neste ponto, errou, palhaços somos nós, que continuamos a eleger tipos como os que lá estão.

 No Blog do Gois

correndo pelado

 Gringo semi-peladão (semipeladão) na Praia de Copacabana é (chamado atenção por garda)(???) municipal

(???) O guarda levou um susto tão grande que perdeu o “u” e mudou o nome do cara pra atenção. Existe chamar a atenção, não existe o que seria ser “chamado à atenção”. Um título decente é, por exemplo, “Gringo semipeladão na Praia de Copacabana é advertido por guarda municipal”

                                                           ***************

A Tarde.com.br

 Val Marchiori é denunciada por falsidade ideológica

 Para fazer a alteração, Val teria tido a ajuda do irmão Adelino Marchiori e do gerente do Banco do Brasil Alexandre Canizella (*).

 (*) E, pelos indícios, de Ademir Bendini, então presidente do banco, a história está no jornais da época. E ele deve ser muuuuito competente, foi nomeado para a presidência da Petrobras por Dilma depois de todas as suspeitas de ilícitos e, agora,  recebeu pedido de Temer para que continue no posto.

 No UOL

 Novo líder do PMDB na Câmara é apontado como recebedor de propina de merenda em SP

 Obs.: – Repito, nem as moscas estão mudando, é só o lugar.

 Ausência de mulheres e negros em ministérios mostra descuidado(XXX)(descuido)(*) com país, diz Dilma

 (*) Tem de se apegar a esta bobagem, pois no seu (des)governo havia os dois e foi o desastre que se conhece, ao que tudo indica rombo de 200 bilhões de reais. E não pode criticar a escolha de ministros de má reputação porque havia aos montes em sua (indi)gestão.

 Record usa testa de ferro para produzir minissérie com dinheiro (*) público

 (*) Não, senhores, dízimo público…

                                                            ***************

N’Antagonista

 A EBC e os vagabundos

 É preciso investigar a fundo o papel da EBC petista na “guerrilha virtual”, composta por vagabundos que tentam sabotar as áreas de comentários de sites de informação independentes.

Ser vagabundo com o dinheiro público é vagabundagem dupla.

Obs.: – A EBC tem mil pecados, mas este não é dela, é da Secom, o aparelhamento lá não chegou a este ponto.

                                                            ***************

Na Folha

Bolsa de Nova York suspende negociação de ações da Eletrobras

 Obs.: Lula declarou que iriam fazer da Eletrobras uma nova Petrobras, fizeram, as duas estão quebradas.

 Maduro pode virar ‘ditadorzinho’, diz OEA

 “Negar a consulta ao povo, negar-lhe a possibilidade de decidir o transforma em mais um ditadorzinho, como tantos que o continente teve”.

Obs.: – Abaixo o McDonald’s!!! É culpa do Obama! A OEA está dominada!

                                                            ***************

No Estadão

 Janot vê ‘papel central’ de Lula em trama

Em denúncia relacionada à tentativa de comprar silêncio de Cerveró, procurador-geral destaca ação de ex-presidente, que nega acusação

Obs.: – Xiii… Mudança de Atibaia pra Curitiba a vista?

Serra dá passaporte diplomático a pastor sob investigação

 O dispositivo prevê a concessão do documento a pessoas que, embora não estejam relacionadas na lista de quem pode ter o passaporte, “devam portá-lo em função do interesse do país.”(.) O decreto 5.978, de 2006, não prevê a concessão desse tipo de passaporte a líderes religiosos.

Obs.: – Nenhum repórter teve a curiosidade de perguntar qual é o interesse do país no caso? Será um mimo para Cunha?

                                                              ***************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter