Fernando Prass, 38 anos, um garotão. Coluna Mário Marinho

Fernando Prass, 38 anos, um garotão.

Coluna Mário Marinho

Aliás, começo com uma correção: Prass tem 37 anos e não 38 que só fará no próximo dia 9 de julho, semana que vem.

Prass nasceu em Viamão-RS, no dia 09-09-1978, quando eu já era jornalista há bastante tempo.

Na primeira entrevista a que assisti do goleirão, na TV Globo, parecia um meninão, adolescente, imberbe sorrindo de orelha a orelha com a primeira convocação para a Seleção Brasileira.

Aos 38, ou 37, Prass mostra em campo a agilidade de um garoto, a elasticidade de um jovem artista de circo, trazendo como a cereja do bolo a longa experiência acumulada por quase duas décadas.

Na verdade, o goleiro acumula mais experiência. Ao longo de uma carreira bem sucedida, são horas e horas de treinos a mais que os outros jogadores.

Se Prass não teve até hoje sua chance na Seleção Brasileira, nada mais justo que consertar o erro quando ele atravessa os melhores momentos de sua carreira.

Mais do que um grande goleiro, um grande especialista, a presença de Fernando Prass na Seleção será muito útil junto à garotada que participará da Olimpíada.

Não falo da experiência como jogador, mas como caráter, como profissional que ainda sente orgulho de vestir a camisa da Seleção Brasileira.

Essa chance, não trará a Prass nenhum outro benefício. Ele não será vendido para o exterior, não irá para o Barcelona, não ganhará bônus por ter sido convocado, como parece ser a aspiração de muitos dos nossos jovens jogadores.

Tenho certeza que ele passará esse orgulho para a molecada. Cada um dos convocados quando olhar para o companheiro

Fernando Prass o fará com respeito. E pensará: puxa, se esse cara tá orgulhoso assim, é porque essa camisa tem mesmo valor.

O gaúcho Prass começou sua carreira no Grêmio, onde ficou de 1998 a 2001. Teve passagens, por empréstimo no Francana-SP e no Vila Nova-GO. Depois, passou pelo Coritiba, três anos de Vaco da Gama até chegar a Palmeiras em 2013.

Confira no vídeo algumas das espetaculares defesa de Fernando Prass.

https://youtu.be/koCYt_MNF4s

Deu dó

Sentei-me ontem à noite frente à televisão para rever o meu América, rever o Estádio Independência onde assisti a muitos jogos do América, do Cruzeiro, do Atlético e até da Seleção Mineira numa tarde em que Zagallo foi o goleiro da Seleção Carioca.

O adversário era o Corinthians. Mas, poderia ser qualquer outro, pois só me interessava o América.

Rapaz, que tristeza! Como está ruim o meu time.

Apesar de ensaiar alguns toques de bola, como parece ser o desejo de seu treinador, Sérgio Vieira, o time é muito fraco. Mesmo esses momentâneos toques de bola só apareceram em toques laterais com os zagueiros e mesmo assim quando o Corinthians não apertou a marcação.

E como se não bastasse, o juiz ainda mete a mão no meu Ameriquinha e dá um pênalti que não existiu: a bola claramente escorreu pelo braço do Luciano antes de o zagueiro do América cometer a falta. Com se sabe, o que vale é a primeira falta.

É, não tem jeito: vamos voltar para a Série B.

Veja os melhores momentos.

https://youtu.be/J_uZs26Aq6U

Só para terminar: de bom mesmo, eu vi apenas o goleiro João Ricardo e o garoto Mateusinho que entrou e nem tocou na bola, mas que eu já vi jogar na Taça São Paulo de juniores.

______________________________________________________________________

FOTO SOFIA MARINHO

Mario Marinho É jornalista. Especializado em jornalismo esportivo foi durante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, nas rádios 9 de Julho, Atual e Capital. Foi duas vezes presidente da Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo). Também é escritor. Tem publicados Velórios Inusitados e O Padre e a Partilha, além de participação em livros do setor esportivo

A COLUNA MÁRIO MARINHO É PUBLICADA TODAS AS SEGUNDAS E QUINTAS AQUI NO CHUMBO GORDO

2 thoughts on “Fernando Prass, 38 anos, um garotão. Coluna Mário Marinho

  1. Excelente relato Mário Marinho, excelente vídeo! Justiça foi feita. Fernando Prass é mais que merecedor. Fica devendo algo assim do OBERDAN. Oberdan,Caeiras e Osvaldo..
    Uma dúvida, se o Prass nasceu em 9 de julho, festeja com o Túnel e o Fábio de Godoy, se foi dia 9/9, com Joel de Godoy. Brincadeirinha!!!abcs Gostei do símbolo de Chumbo Gordo!!!

  2. Outra boa coluna, caro Marinho. E tomara que o goleiro Fernando Prass seja mesmo, como você disse e eu acredito, o líder desse time olímpico do Brasil, para que a seleção finalmente “desencante” nessa competição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter