robson

Robson voltou! Blog do Mário Marinho

DRAMA - brasileiro

 Robson é o motorista brasileiro que entrou numa tremenda fria ao viajar para a Rússia levando remédios para o sogro do jogador Fernando.

A história foi a seguinte.

Robson era o motorista do jogador Fernando, revelado pelo Grêmio e com passagem em diversos times pelo mundo a fora.

Fernando estava jogando no Spartak, de Moscou, e tinha o sogro e a sogra em sua companhia em Moscou.

A pedido de Fernando, Robson embarcou para Moscou para continuar prestando serviços ao jogador. Além de sua bagagem, recebeu no aeroporto uma maleta fechada.

Ao chegar em Moscou, a polícia russa contatou que ele levava um medicamento chamado Mytedon, legal aqui no Brasil (vendido com apresentação de receita médica), mas proibido na Rússia.

O remédio era destinado ao sogro do Fernando que o usava para combater dores.

Robson foi preso e processado por contrabando de droga.

Durante o processo, o sogro voltou para o Brasil e Fernando se transferiu para a China, onde está até hoje.

Robson ficou abandonado.

Processado, havia o risco de ser condenado até a 15 anos de prisão.

Imagina o sufoco que o Robson viveu lá: era sua primeira viagem ao exterior e ele não fala nenhuma outra língua além do português.

Ele ficou sozinho, abandonado.

Mas, com a grande divulgação do caso aqui no Brasil, Fernando acabou por assumir as despesas com a defesa de seu motorista e contratou um advogado lá na Rússia.

Robson foi condenado a 3 anos de prisão.

No último domingo, ele foi indultado pelo presidente Putin.

A Embaixada Brasileira em Moscou trabalhou bastante para conseguir que ele fosse colocado na lista dos indultados por ocasião das festividades da Páscoa Ortodoxa Russa.

Além da embaixada, claro, houve o trabalho do advogado contratado pelo Fernando.

Finalmente, na noite da última quarta-feira, ele pisou em solo brasileiro.

Foi recebido no aeroporto pelo presidente Jair Bolsonaro que, claro, não deixaria escapar a oportunidade.

 

Vida

De Parça.

Os jogadores brasileiros quando vão atuar no exterior, costumam levar amigos, empregados, cozinheira, parentes.

O primeiro caso que me vem à memória, foi do Paulo Roberto Falcão.

Falcão foi jogar na Roma em 1980.

Lá, fez um tremendo sucesso, levou a Roma ao título nacional que não conquistava há 40 aos e ficou conhecido como “o Rei de Roma” ou Il Re di Roma na língua pátria de Dante Alighieri.

Temendo a solidão, Falcão levou seu amigo e companheiros dos tempos de Porto Alegre, Pato, que não é o atual jogador, para lhe fazer companhia e atuar como espécie de secretário.

Atualmente, os jogadores que se transferem, levam verdadeira “troupe”.

Neymar que o diga.

Desde quando se transferiu para o Barcelona, Neymar se cercou de “amigos” que se tornaram inseparáveis.

Alguns trabalhavam para o craque como jardineiro, motorista, cozinheiro, cabeleireiro, manicure, fotógrafo, despachante…

Dizem que até havia um que olhava as horas para o Neymar… brincadeira.

O Gil Cebola é um dos parças mais famosos de Neymar.

Ele tem mais de 300 mil seguidores no Instagram. É amigo de Neymar desde a adolescência, quando frequentavam a mesma igreja em São Vicente, São Paulo.

Morou em Barcelona e depois de mudou para Paris para acompanhá-lo no PSG.

O pernambucano Jota Amâncio conheceu Neymar nas categorias de base do Santos.

Dispensado pelo time de Pelé, tentou a sorte em outros times, mas, não deu certo.

Foi acolhido por Neymar em Barcelona.

Gustavão de Almeida é outro que faz parte do grupo dos “Tóis”, uma variação de “nóis” que é como os amigos se tratam.

Também jogou com Neymar nas categorias de base, mas, não vingou. Hoje, é empregado da NJR Sports, empresa do craque brasileiro.

Outro dessa época é Cris Guedes. Chegou a morar com o craque em Barcelona, mas hoje atua como empresário de jogadores em Santos. É sempre convidado para as festas de Neymar onde quer que elas aconteçam.

Além desses desconhecidos, outros famosos estão sempre rodeando Neymar e aparecendo ao seu lado em fotos.

Como, por exemplo, o cantor Thiaguinho; Bruninho levantador campeão no vôlei; Caio Castro, ator global e também Luciano Huck.

E assim Neymar vai levando sua vida que não se pode dizer, seja solitária na Europa.

____________________________________________________________________

Mário Marinho – É jornalista. É mineiro. Especializado em jornalismo esportivo, foi FOTO SOFIA MARINHOdurante muitos anos Editor de Esportes do Jornal da Tarde. Entre outros locais, Marinho trabalhou também no Estadão, em revistas da Editora Abril, nas rádios e TVs Gazeta e Record, na TV Bandeirantes, na TV Cultura, além de participação em inúmeros livros e revistas do setor esportivo.

(DUAS VEZES POR SEMANA E SEMPRE QUE TIVER MAIS
 NOVIDADE OU COISA BOA DE COMENTAR)

_____________________________

1 thought on “Robson voltou! Blog do Mário Marinho

  1. MMARINHO. Está sobrando dinheiro no futebol. No caso da Rússia, por que não despachou os remédios? Será que sabiam dos riscos? Será que pensaram que a entrega pessoal seria mais segura? Felizmente tudo terminou bem. Abç

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter