Quem nos desgoverna dia após dia na Mira do Cacalo

businessman_walking_tNão restam dúvidas, é só ler os jornais de hoje para ter certeza de que o país está entregue a meliantes que legislam em causa própria na tentativa de escapar das grades. E não adianta protestar, não dão a mínima para a opinião pública, em última análise, a dos que elegeram as “excelências”.

N’O Globo, Nelson Motta, “São os bandidos querendo julgar os xerifes”.

As notícias sobre o desastre aéreo que matou o time da Chapecoense e colegas jornalistas, além de dirigentes do clube e tripulantes, vão cada vez mais indicando que se tratou de procedimento irregular dos responsáveis pela empresa. De acordo com um áudio gravado por um perito e que viralizou na web, a companhia sempre abastecia o avião com pouca margem de segurança para que ficasse mais leve, assim podia carregar mais carga.

Não tenho meios para confirmar – porém os especialistas na área têm – mas, creio que nem 2% dos acidentes aconteceram por pane seca.

(CACALO KFOURI)

                                                        ***************

No G1

Procuradores ameaçam deixar a Lava Jato se Congresso(???) aprovar punição a juízes e MP

“A nossa proposta é de renunciar coletivamente caso essa proposta [sobre o abuso de autoridade] seja sancionada pelo presidente(!!!)

(???)(!!!) Caramba, que pessoal mais caprichoso o que faz o título, não? Não lê direito nem o que o próprio G1 publica.

Renan diz que proposta anticorrupção do MP só é defensável no fascismo

Obs.: – Mesmo que fosse verdade – e está longe de ser –  aprovar uma proposta defensável só na penitenciária, de madrugada, nas sombras, como fazem os criminosos, é a solução? E pensar que se o STF agisse como deveria nada disso estaria acontecendo. Aliás, agir nas sombras e de madrugada era o que faziam os nazistas e fascistas.

Médico(-)(*)legista diz que Elize degolou Marcos ainda vivo

(*) Tirem o hífen que põem em bem informado (está na capa do Globo.com) e apliquem aqui…        

                                                        ***************

No UOL

 Vice do Inter cita ‘tragédia particular’ e depois pede desculpas

“Além da consternação geral, temos a nossa tragédia particular que é fugir do rebaixamento. Estamos nos agarrando nas folhas da última árvore. Esse adiamento de rodadas certamente vai ser prejudicial. Nem estou falando nisso, a consternação é geral e a solidariedade é unânime. Mas esse adiamento certamente vai trazer embaraços que lá adiante vamos ter que comentar”, disse Fernando Carvalho à TV Pampa.

Obs.: – Pode ser colaborador do Catraca Livre (Mirando de ontem (30), “Catraca Livre é xingado por fazer “reportagens” sobre mortes e avião”).

                                                          ***************

No Estadão

 País não reduz morte e infecção por aids(?)

 (?) Pelo jeito, o jornal aboliu a padronização, dependendo do dia é Aids. Faz a mesma coisa com o nome de Marco Polo, o que não viaja, tem dia que é o certo, Del Nero, tem dia que é del Nero. No caso de Aids, desrespeita o Volp, que estabelece as regras para a escrita de siglas.

 PF aponta lobby envolvendo Pezão para nome no STJ

 “Tem um desembargador concorrendo na lista tríplice para o STJ. É um amigo. Ele é o favorito e queria pedir seu apoio”. Pezão pergunta quem é e o advogado responde se tratar de Fonseca, do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região (TRF-1). Ele é apoiado por “(José) Sarney, Renan (Calheiros), (Michel) Temer e Eduardo Cunha”, disse Cedraz.

Obs.: – Dá pra confiar em quem é apoiado por esta gente???

 Companhia tem raiz em negócios obscuros

Fundador da LaMia é ex-parlamentar da Venezuela que se tornou lobista de executivo chinês atualmente preso

Obs.: – A matéria pode ser lida no caderno especial, Chapecoense, publicado na edição de ontem (30) do jornal. A pergunta que faço não é caça às bruxas, mas nunca nenhum dirigente teve curiosidade sobre a história da LaMia?as_alt_transport

                                                           ***************

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter